Blog Boi da cara preta

Era uma vez

10:19 PM, 21/12/2012

 Era uma vez

 

Era uma vez

um gato cotó:

fez cocô procê só.

 

E o gato zarolho

veio depois:

fez cocô procês dois.

 

Tinha também

um gato xadrez:

fez cocô procês três.

 

O gato seguinte

usava sapato

fez cocô procês quatro.

 

Quem não conhece

o gato Jacinto:

fez cocô procês cinco

 

Do gato azarado

chegou a vez:

fez cocô procês seis.

 

Ah, que beleza!

É o gato coquete:

fez cocô procês sete.

 

Boa dia! Banoite!

E o gato maroto:

fez cocô procês oito.

 

E o gato zebrado

também resolve:

fez cocô procês nove.

 

Viche! Vem chegando

o gato Raimundo:

Traz cocô pra todo mundo.

 

By Sérgio Capparelli

 

Gato da china

09:49 PM, 21/12/2012

 Gato da china

 

Era uma vez

um gato chinês

 

que morava em Xangai

sem mãe e sem pai,

 

que sorria amarelo

para o Rio Amarelo,

 

com seus olhos puxados,

um pra cada lado.

 

Era um gato mais preto

que tinta nanquim,

 

de bigodes compridos

feito mandarim,

 

que quando espirrava

só fazia "chin!"

 

Era um gato esquisito:

comia com palitos

 

e quando tinha fome

miava "ming-au!"

 

Mas lambia o mingau

com sua língua de pau.

 

Não era um bicho mau

esse gato chinês,

 

era até legal

quer que eu conte outra vez?

 

By José Paulo Paes

O ron-ron do gatinho

09:38 PM, 21/12/2012

 O ron-ron do gatinho

 

O gato curioso

09:28 PM, 21/12/2012

 O gato curioso

 

Era uma vez, era uma vez,

um gato siamês.

 

Por ser muito engraçadinho,

é chamado gatinho.

 

Nada se pode fazer

que ele não deseje ver.

 

Se alguém mexe na estante,

está lá no mesmo instante.

 

Se vão consertar a pia,

está ele lá de vigia.

 

E o resultado é que quando

viu seu dono consertando

 

a tomada da parede,

meteu-se com tanta sede,

 

a cheirar tudo que __ nhoque!

Levou um baita de um choque!

 

E pensa que ele aprendeu?

Mais fácil aprendia eu.

 

Mantém-se o mesmo abelhudo

que quer dar conta de tudo.

 

By Ferreira Gullar

 

Penélope

08:22 PM, 21/12/2012

 No Balanço

Nesse balanço gostoso,

vou pra lá, venho pra cá,

fico aqui e nem me movo,

ai que preguicinha me dá!

 

By Márcia Kaline

 

 

Penélope

A minha gatinha persa,

é exibida e charmosa,

seus pêlos são da cor cinza,

imagine se fossem rosa!

 

 By Márcia Kaline

 

 

Responda rapidinho

03:20 PM, 20/12/2012

 

Numa sala tem 4 cantos,

em cada canto tem 1 gato,

cada gato vê 3 gatos

quantos gatos são?

 

Quatro

A gataria da dona Maria

03:07 PM, 20/12/2012

 A gataria da Dona Maria


Na casa da dona Maria

tem uma gataria

é gato pra tudo que é lado

é gato que mia, mia.

 


É gato preto e branco,
brincando com meu tamanco.


É gato verde amarelo,
mexendo com o meu chinelo.



É gato cinza e anil,
entrando pelo barril.

 


É gato todo malhado,
descendo pelo telhado.



 

É gato vermelho, 
se penteando no espelho.

 

Tem um gato azul

que veio do Sul

 

Outro gato laranja,
que é fã de uma canja.


 

Tem  gato rosa,
que é todo prosa.

 

 

Um gato lilás

que anda pra trás

E até gato incolor,
nossa que horror!

 

by Márcia Kaline

 

 

Por que?

03:01 PM, 20/12/2012

 Por que a vaca dá leite?

Porque não sabe vender.

Vacas avacalhadas

02:40 PM, 20/12/2012

 Vacas avacalhadas

 

Vaca amarela

lambuzou a panela

Vaca preta

se escondeu na gaveta

Vaca azul

voou para o Sul

Vaca branca

beijou a mula manca

Vaca pintada

fez fora da privada

Vaca laranja

virou uma anja

Vaca incolor 

amassou meu amor

e só depois de muita avacalhação

dormiram em meus sonhos

para pastarem as estrelas

da constelação

 

Almir Corrêa

 

 


Passarinho fofoqueiro

11:51 AM, 20/12/2012

 Passarinho fofoqueiro

Um passarinho me contou

que a ostra é muito fechada,

que a cobra é muito enrolada,

que a arara é uma cabeça oca,

e que o leão marinho e a foca...

Xô, passarinho! Chega de fofoca!

 
José Paulo Paes
 

 

Lá vem

10:23 AM, 20/12/2012

 

 

Lá vem!

Quem?

Margarida mais o trem

e você também.

O trem maluco

10:18 AM, 20/12/2012

 O trem maluco

 

O trem maluco

quando vem de Pernambuco

vem fazendo vuco-vuco

até chegar no Ceará

rebola pai

rebola mãe

rebola filha

eu também sou da família

também quero rebolar

um pouquim de coca-cola

um pouquim de guaraná

(pra refrescar)

O trem

09:59 AM, 20/12/2012

 

O trem 

 

Vai que vem, vem que vem,

faz o balanço do trem.

A menina com o nariz

achatado na vidraça,

enlaça a paisagem com seu

olhar encantado.

 

Vem também, vem também,

faz o balanço do trem.

Na bolsa a menina leva

pérolas coloridas, girassóis e 

margaridas,

anões de voz fina e afinadas

flautas mágicas.

 

Você vem, você vem,

faz o balanço do trem.

É que a bolsa é cheia de sonhos,

alegres, tristonhos,

e ninguém sabe para onde leva

a menina

balançando no coração do trem.

 

vai e vem, vem que vem,

vem também, vem também,

você vem, você vem,

faz o balanço do trem.

 

Roseana Murray

O trem que já vem

09:49 AM, 20/12/2012

 O trem que já vem

O trem que já vem  

Quando eu era pequeno,
viajava de trem,
sentindo o balanço, 
do seu vai e vem.

Hoje não há mais trem,
não mais ele vem,
que saudade eu tenho,
do balanço do trem.

Mas, quando fecho os olhos,
na memória me vem,
parece real, 
que vem chegando o trem.

Na estação eu me vejo,
num banco a esperar,
ouço o apito do trem,
e já vou embarcar.

Vejo passando o sorvete,
o cafezinho também,
a tapioca com coco,
na janela do trem.

vejo passando o menino,
o poste e a boiada,
da janela do trem,
eu observo a estrada.

Vejo passando a ponte,
sobre as águas do rio,
e no escuro do túnel,
sinto forte arrepio.

Piuiii, piuiii!
É o trem a sair.
Piuiii! Piuiii!
Querendo partir.

Partindo ele vai,
partindo ele vai,
partindo ele vai...
Piuiiiiiiiiiiiiiiii...

 

 

By Márcia Kaline

 

 

 

 

 

 

O mosquito escreve

09:36 AM, 20/12/2012

 O mosquito escreve

 

O mosquito pernilongo
trança as pernas, faz um M,
depois, treme, treme, treme,
faz um O bastante oblongo,
faz um S.

O mosquito sobe e desce.
Com artes que ninguém vê,
faz um Q,
faz um U, e faz um I.

Este mosquito
esquisito
cruza as patas, faz um T.
E aí, 
se arredonda e faz outro O,
mais bonito.

Oh! 
Já não é analfabeto, 
esse inseto,
pois sabe escrever seu nome.

Mas depois vai procurar 
alguém que possa picar,
pois escrever cansa, 
não é, criança?

E ele está com muita fome.


 

 

 

 Cecília Meireles


 

 

Leilão de Jardim

12:51 AM, 20/12/2012

 

Leilão de Jardim

Quem me compra um jardim com flores?

Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?

Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?

Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?

(Este é o meu leilão.)

 

Cecília Meireles

 

 

O palhaço Pipoca

12:32 AM, 20/12/2012

 O palhaço Pipoca

 

 

O palhaço Pipoca

parece um boboca,

sua peruca coloca,

no seu carro se desloca

e numa freada ela invoca

a gargalhada da patota.

 

 

Manda ao público uma beijoca,

sua corneta ele toca,

depois come mandioca,

joga fora a paçoca,

pula feito pororoca,

seu colega ele provoca.

 

 

Salta dando cambalhota,

mata uma muriçoca,

dança feito carioca,

conta ao público uma fofoca

e depois de tanta palhaçada

vai dormir em sua maloca.

 

By Márcia Kaline

Metamorfose

11:57 PM, 19/12/2012

 Metamorfose

Dona lagartinha quando passa,

com seu passo miudinho,

vai comendo todas as folhas,

que encontra pelo caminho.

 

E depois de comer tudo,

tudo, tudo, tudinho,

se esconde em sua casquinha,

pra virar borboletinha.

 

E é assim enquanto o tempo corre,

que acontece a tal metamorfose.

 

No meu jardim

11:39 PM, 19/12/2012

 No meu jardim


Hoje, em meu jardim,

bem perto do canteiro dos jasmins,

encontrei uma joaninha

com seu casaco de bolinha,

ela estava parada,

pois estava resfriada.


Hoje, em meu jardim,

bem perto do canteiro das violetas,

encontrei uma borboleta,

ela estava voando

e também cantarolando.


 

Hoje, em meu jardim,

bem perto do canteiro da amélias,

encontrei uma libélula,

ela estava bebendo água,

pois estava com as asas ressecadas.

 


 

Hoje, em meu jardim,

bem perto do canteiro das bromélias,

encontrei a menina mais bela,

ela estava sorrindo,

e eu sorri para ela..


By Márcia Kaline

 

O Pipoca

10:59 PM, 19/12/2012

 O Pipoca


 

 

 

O palhaço Pipoca

foi dá uma volta

no seu calhambeque

mascando chiclete.


Com a sua buzina

ele fez bi-bi

espalhando alegria

e fazendo sorrir


Distribuiu balas e doces

a toda criançada

avisando que a noitinha

ia ter marmelada.


By Márcia Kaline