Vivendo o amor de Cristo

Ovelha I.

  • 28/7/2011
  • 08:11 PM

Então era uma vez um aprisco.

Cheio de ovelhinas, fofinhas, gordinhas e felpudas.

Mas uma delas era negra.

A ovelha negra desgarrou, fugiu...

Não se sabe se tinha um parafuzo a menos
ou estava tentando achar outras iguais para se sentir em casa.

Mas o fato e que ela sumiu.

E o pastor ficou doido.

Procura daqui procura dalí,
achou até uma copia de chaves
que tinha dado por perdida ,
mas a ovelha mesmo...Nada!

Então ele resolveu:

Ovelhada!
Comportem-se, vou buscar "carvãozinho".

Beé, beé, beé...

Ele entendeu que concordaram.

Deixou comida na geladeira, fechou as janelas e se foi.

Mas andou, andou...
Subiu , desceu .

Pegou a entrada errada  num cruzamento ,

teve que fazer um retorno medonho lá na frente...

Até que no caminho viu uma ovelhinha tosca.

Meio branca meio preta, era listrada a pobre.Coisa horroroza!

E pediu informação. Ela: Ah...

Conheço quem você está procurando.

Se enfiou num espinheiro aqui perto, faz um tempo.

Mas diz que não sai mais..

Você me leva lá?

Bom depende...Se o acaso é uma circustância imprevisível,

e a liberdade é individual e indeterminável;

 por quais os motivos eu alteraria a história e te levaria lá?

Tenho eu esse direito, interferir na liberdade de escolha?

Seria eu uma peça do acaso?

Existe acaso? Existe escolha?...

Aqui...

Disse o pastor: 

Me leva lá!

.

"Deixe seu pedido de oração em comentários,vamos orar! Deus te ama."


Comentários deixe um comentário


Página Anterior | Página 33 de 576 | Próxima Página