DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DE ITOBI/SP

APRESENTAÇÃO DO CORAL DA EMEB "PROF. WILSON JOSÉ RODRIGUES".

10:18 AM, 28/9/2012

0 comentários

 

ATIVIDADE DIA DA ÁRVORE 21/09/12.

11:36 AM, 21/9/2012

0 comentários

 

PROJETO MÚSICA.

10:05 AM, 20/9/2012

0 comentários

Em parceria com o Departamento de Cultura acontece na Escola Municipal Educação Básica Professor Wilson José Rodrigues a Oficina de Música da Professora Gabriela.

 

ATIVIDADE AMBIENTAL

10:03 AM, 20/9/2012

0 comentários

 

atividade no jardim da Escola 

ATIVIDADE AMBIENTAL

09:49 AM, 20/9/2012

0 comentários

 

Professores e alunos desenvolvem atividades sobre como cuidar das plantas no ambiente escolar.

 

PRIMEIRA FEIRA DO LIVRO DE ITOBI.

02:35 PM, 18/7/2012

0 comentários

PRIMEIRA FEIRA DO LIVRO MUNICIPAL

Acontecerá nos dias 10 e 11 de agosto de 2012, no Salão São Sebastião, a Primeira Feira do Livro de Itobi. Neste espaço acontecerão diversas atividades além da exposição de livros e revistas, como oficinas (dobradura, jogos teatrais etc), contadores de histórias, jogos a disposição do público, música... Aguardem!!!! Em breve disponibilizaremos a programação detalhada.

Confira a biografia e algumas obras dos ESCRITORES já confirmados:

 

 10/08/2012 (Sexta-Feira) – CÉSAR OBEID

Nasci na capital paulista no ano de 1974. Cresci em uma casa em frente a uma grande praça. Lá eu corri muito, empinei pipas, subi em árvores e aprendi a andar de bicicleta. O tempo passou... Quando eu tinha 21 anos comecei a estudar dramaturgia e fiquei encantado com o jeitão de contar histórias por meio de ações e diálogos. Escrevi peças, algumas delas foram encenadas. Depois conheci e me encantei com os poetas populares. Tornei-me contador de histórias, educador e escritor de livros infantojuvenis. Alguns dos meus livros foram premiados pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil – FNLIJ. Hoje em dia, eu escrevo matérias e artigos para jornais e revistas, como também participo de gravações de programas de televisão e rádio sobre leitura, literatura, poesia e cultura popular. Além de ler bastante e pesquisar os temas para os próximos livros, eu adoro comer pipoca, respirar ar puro, caminhar e beber água de coco.

Sou casado com a Renata e pai da Clara, uma linda menina. E é por ela, e por todos vocês, meus leitores, que eu luto diariamente por um mundo com mais amor e respeito ao planeta e a todos os seres.

Mando um abraço cheio de paz e alegrias,

César Obeid


Livros publicados pela Editora Moderna:

Brincantes Poemas

Autor: César Obeid

Ilustração: Avelino Guedes

Faixa etária: A partir de 08 anos

Área: Ficção

 

Para ler, ver e ouvir: Histórias indianas do Pantchatantra

Coleção Veredas

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: História, Português

Indicação de série: 7º Ano (EF2), 8º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

Aquecimento global não dá rima com legal

Coleção Viramundo

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: Ciências, Português

Indicação de série: 1º Ano (EF1), 2º Ano (EF1), 3º Ano (EF1), 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)

Área: Não Ficção

 

Minhas rimas de cordel

Coleção Veredas

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 6º Ano (EF2), 7º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

O cachorro do menino

Coleção Girassol

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)

Área: Ficção

 

Rimas animais

Saber em cordel

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 3º Ano (EF1), 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)

Área: Não Ficção

 

Minhas rimas de cordel

Coleção Veredas

Autor: César Obeid

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 6º Ano (EF2), 7º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

Livros publicados por outras editoras:

Editora Mundo Mirim:

Livros:

·         O patinho feio.

·         João e o pé de feijão.

Editora Salesiana:

·         Vida rima com cordel.

·         Nascimento de Jesus.

·         Mitos brasileiros.

·         ABC das rimas.

Editora FTD:

·         Desafios de Cordel.

Editora Scipione:

·         O valente domador.

Editora do Brasil:

·         A história de João Grilo e dos três irmãos gigantes.

·         O menino de muitas caras.

·         Criança poeta.

 

 

11/08/2012 (sábado) – WAGNER COSTA

Já ouviu falar em toco de enxurrada? Toco de enxurrada é aquele tronco de árvore que, nos rios da vida, apesar de toda a pressa da água, navega devagar: para aqui, enrosca ali, dá um tempo mais adiante. Proseia, bate papo, emociona-se de riso, de choro, de sonhos. E, ao seguir, de novo, nas águas, parte renovado de esperanças, deixando e levando frutos da amizade. Pois é, graças a Deus e à sabedoria do meu pai, o Zé Mineiro, naveguei e navego pela vida feito um toco de enxurrada. Foram muitas paradas. Conto algumas: parei um tempo nos cursos de Psicologia, de Pedagogia e de Psicanálise, enquanto ganhava o pão para sustento de meus filhos trabalhando como jornalista e repórter. Descobri que, por viver feito um toco de enxurrada, ouvindo, vivendo histórias e visitando os tesouros da amizade, foi que me tornei um escritor. Escritor para crianças e adolescentes. Gosto mais assim. Mas, voltando à história. Este toco de enxurrada nasceu na Lapa de Baixo, "molecou" no Moinho Velho e Freguesia do Ó e estudou no Anhanguera, no Gevi e no Zuleika de Barros, todos em São Paulo. Na estrada do Rio Verde, a molecada escondida, com estilingue, atirava pedra nas bundas dos bois só para ver o estouro da boiada. Um dia, um boiadeiro me deu um "pé-de-ouvido" que está zunindo até hoje! O toco de enxurrada bateu e apanhou muito nas "guerras" entre turmas, brigas que nasciam quando alguém arrumava uma namoradinha de outra vila. Então, o pau comia na base do "um por todos e todos por um" para que o Romeu e a Julieta ficassem juntos. Era briga de mão, ninguém puxava revólver. Não demorava muito, um carinha da outra vila arrumava uma garota da nossa turma; daí, então, em nome do amor, assinava-se a paz e nasciam grandes amizades. Engraçado, descobri agora, ao contar esses fatos, que foi nessa época que dei de cara com os segredos da amizade, que me fizeram escrever este livro. Falando nisso, aqui na Moderna, publiquei alguns contos na coleção Sete Faces Quando meu pai perdeu o emprego, pela coleção Veredas. Por acaso você já trocou correspondência com um toco de enxurrada? Não? Então, por favor, escreva para mim. Afinal, já somos amigos!

 

WAGNER COSTA

Wagner Costa nasceu em São Paulo, em 1950, é jornalista, e durante muito tempo atuou como repórter policial em grandes jornais diários de São Paulo. Atualmente, como escritor, percorre escolas em todo o Brasil, proferindo palestras, conversando com alunos e professores.

Diz: "Escrevo porque acredito naquilo que acontece quando a palavra se aninha no coração e na consciência das pessoas. Minha literatura nasce de/para crianças, adolescentes, aborrecentes".

Livros publicados pela Editora Moderna:

Palhaçaria - Lançamento

Coleção Girassol

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Al Stefano

Faixa etária: A partir de 06 anos

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 1º Ano (EF1)

Área: Ficção

 

A guerra do tênis nas ondas do rádio

Coleção Veredas

Autor: Wagner Costa

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

Eu, pescador de mim

Coleção Veredas

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Marina Nakada

Faixa etária: A partir de 13 anos

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 8º Ano (EF2), 9º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

Quando meu pai perdeu o emprego

Coleção Veredas

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Daniel Kondo

Faixa etária: A partir de 11 anos

Trabalho interdisciplinar: Geografia, História, Português

Indicação de série: 6º Ano (EF2), 7º Ano (EF2)

Área: Ficção

 

As mães e os pais da gente: A família é uma nave azul

Coleção Girassol

Autor: Wagner Costa

Trabalho interdisciplinar: Português

Indicação de série: 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)

Área: Ficção

 

O segredo da amizade

Coleção Girassol

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Marilda Castanha

Faixa etária: A partir de 09 anos

Trabalho interdisciplinar: Arte, Português

Indicação de série: 4º Ano (EF1), 5º Ano (EF1)

Área: Ficção

 

Os bigodes do palhaço

Coleção Girassol

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Ricardo Girotto

Faixa etária: A partir de 07 anos

Trabalho interdisciplinar: Arte, Português

Indicação de série: 2º Ano (EF1), 3º Ano (EF1)

Área: Ficção

 

Aí, Né... e E depois?

Coleção Girassol

Autor: Wagner Costa

Ilustração: Roberto Negreiros

Faixa etária: A partir de 09 anos

Trabalho interdisciplinar: Arte, Português

 

FESTA JUNINA NO DIA 28/06/12..

08:56 AM, 2/7/2012

0 comentários

A FESTA CONTOU COM A PRESENÇA DOS PAIS  A FESTA CONTOU COM A PRESENÇA DOS PAIS.

FESTA JUNINA EMEB 2012.

08:49 AM, 2/7/2012

0 comentários

 FESTA JUNINA MUITO ANIMADA.

SOBREMESAS NA SEMANA DA FESTA JUNINA.

02:23 PM, 26/6/2012

0 comentários

ATENÇÃO, ALUNOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS - MUNICIPAL E ESTADUAIS - NÃO FALTEM À ESCOLA AMANHÃ (QUINTA - FEIRA 28/06/2012), POIS ACONTECERÁ A FESTA JUNINA E SERÁ SERVIDO NA MERENDA:

 CACHORRO QUENTE, BOLO DE FUBÁ, PIPOCA e SUCO DE ABACAXI NATURAL. 

SERVIMOS NESTA SEMANA COMO SOBREMESA EM TODAS AS ESCOLAS ESTADUAIS E MUNICIPAL.

SEGUNDA-FEIRA - PAÇOCA

TERÇA-FEIRA - BOLO DE CENOURA COM CHOCOLATE

QUARTA-FEIRA - CANJICA


AÇÕES DE INCENTIVO A LEITURA

11:11 AM, 22/6/2012

1 comentários

  É com muita alegria que a Escola Municipal de Educação Básica “Prof. Wilson José Rodrigues” já desenvolveu várias ações de incentivo à leitura. No final de 2011 realizamos em parceria com o Departamento de Cultura com as voluntárias Ângela Bonate e Masé. Neste ano, em 22 de maio realizamos outra atividade com Contadores de Histórias e, em parceria com a Fundação Itaú Criança, a entrega de livros para nossas crianças.

Hoje, enviamos uma história como sugestão de leitura para pais e filhos – Os Duendes.

Confira!!!!!

Os Duendes

Era uma vez um sapateiro que ficou tão pobre, embora a culpa não fosse dele, que só tinha couro para um único par de sapatos.

Então, à noite, ele cortou o couro, para fazer os sapatos na manhã seguinte; e, por ter a consciência tranqüila, deitou-se calmamente, encomendou-se ao querido Deus e adormeceu.

De manhã cedo, depois de rezar sua oração, ele ia sentar-se para trabalhar quando encontrou o par de sapatos pronto em cima da mesa. Ficou tão admirado que não sabia o que dizer. Pegou os sapatos na mão para examiná-los mais de perto: estavam tão bem feitos, que nenhum ponto tinha sido dado errado, como se fosse mesmo uma obra-prima.

Pouco depois, apareceu um comprador. Gostou tanto dos sapatos que pagou por eles um preço acima do comum. Com esse dinheiro, o sapateiro pôde comprar couro para dois pares de sapatos.

Ele cortou o couro à noite e, cheio de disposição, ia começar a trabalhar de manhã cedinho, mas não foi preciso. Encontrou os sapatos já prontos, e não faltaram compradores que lhe dessem tanto dinheiro, que lhe foi possível comprar couro para quatro pares de sapatos.

De manhã cedo, encontrou esses sapatos também prontos; e assim a coisa continuou. O sapateiro cortava o couro à noite e, de manhã, os sapatos estavam prontos; de modo que sua situação voltou a melhorar e, por fim, ele se tornou um homem rico.

Ora, aconteceu que uma noite, não muito longe do Natal, depois de ter cortado o couro, antes de ir dormir, o sapateiro disse à sua mulher:

- Que achas de ficarmos esta noite acordados para ver quem nos ajuda?

A mulher gostou da idéia e acendeu uma luz; depois os dois se esconderam num canto da saleta, atrás das roupas que havia ali penduradas, e prestaram atenção.

Quando deu meia-noite, apareceram dois graciosos homenzinhos nus, que se sentaram diante da mesa do sapateiro, pegaram todo o couro cortado e, com seus dedinhos, começaram a furar, a costurar, a martelar. O sapateiro, maravilhado, não conseguia desviar os olhos. Os homenzinhos não pararam enquanto o trabalho não terminou, com os sapatos prontos em cima da mesa; então eles saíram dali saltitando depressa.

Na manhã seguinte, a mulher disse:

- Os duendes nos tornaram ricos, e nós deveríamos demonstrar a eles nossa gratidão. Eles andam por aí sem nada no corpo e devem ficar congelados. Sabes o que vou fazer? Vou costurar para eles uma camisa pequena, casaco, gibão e uma calça pequena, além de um par de meias; podes fazer para eles um par de sapatinhos.

O marido respondeu:

- Gostei muito dessa idéia.

E à noite, quando eles já haviam aprontado tudo, em vez de deixarem em cima da mesa o couro cortado, puseram ali os presentes e depois se esconderam para ver qual seria a reação dos duendes.

À meia-noite, chegaram eles saltitando e já iam começar o trabalho; mas, como não viram nenhum couro cortado e encontraram as pequenas peças de roupa, ficaram primeiro admirados, depois demonstraram grande alegria. Com a maior rapidez, vestiram as roupinhas, alisaram-nas no corpo e cantaram:

“Nós somos rapazes finos e elegantes.

Não seremos sapateiros de hoje em diante!”

E pularam. E dançaram, e saltaram sobre cadeiras e bancos. Por fim, saíram dançando pela porta afora.

 

AÇÕES DE INCENTIVO A LEITURA

10:22 AM, 22/6/2012

0 comentários

No final de 2011 realizamos em parceria com o Departamento de Cultura com as voluntárias Ângela Bonate e Masé. No final de 2011 realizamos em parceria com o Departamento de Cultura com as voluntárias Ângela Bonate e Masé. 

ALUNOS DA ESCOLA BAIRRO NOSSA SENHORA

02:16 PM, 21/6/2012

0 comentários

Alunos da Escola Bairro Nossa Senhora. 

ALUNOS DA ESCOLA RITA DE MACEDO

01:03 PM, 20/6/2012

0 comentários

.OS ALUNOS COMERAM E APROVARAM A SOBREMESA, QUE É DISPONIBILIZADA COM FREQUENCIA A TODAS AS ESCOLAS PÚBLICAS E MUNICÍPAIS.

SOBREMESA NA ESCOLA RITA DE MACEDO

12:46 PM, 20/6/2012

0 comentários

HOJE DIA 20/06/2012. NA MERENDA ESCOLAR PARA AS CRIANÇAS -

SALADA DE FRUTAS - (ABACAXI, MAÇÃ, BANANA, MAMÃO COM IOGURTE DE MORANGO).

 

 

 


Atividade de Artes

11:21 AM, 30/5/2012

0 comentários

 

ATIVIDADE DE ARTES FEITA PELOS ALUNOS DA PROFESSORA Pê.

DIA INTERNACIONAL DO DESAFIO.

11:08 AM, 30/5/2012

0 comentários

A EMEB "Professor Wilson José Rodrigues" participou junto com outras escolas da cidade do Dia do Desafio contra a cidade de Linha Nova - RS.

 

AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE VIVEM

10:09 AM, 28/5/2012

0 comentários

 

Se as crianças vivem em meio a críticas, aprenderão a condenar.
Se as crianças vivem em meio à hostilidade, aprenderão a brigar.
Se as crianças vivem sendo ridicularizadas, irão se tornar tímidas.
Se as crianças vivem com vergonha, aprenderão o sentimento de culpa.
Se as crianças vivem onde há incentivo, aprenderão a confiança.
Se as crianças vivem onde ocorre a tolerância, aprenderão a paciência.
Se as crianças vivem onde há elogios, aprenderão a apreciação.
Se as crianças vivem onde há aceitação, aprenderão a amar.
Se as crianças vivem onde há aprovação, aprenderão a gostar de si mesmos
.Se as crianças vivem onde há honestidade, aprenderão a veracidade.
Se as crianças vivem com segurança, aprenderão a crer em si mesmas e naqueles que as rodeiam.
Se as crianças vivem em um ambiente de amizade, aprenderão que o mundo é um lugar bom para se viver.
(Dorothy Law Nolte)

DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO DE ITOBI/SP

11:20 AM, 25/5/2012

0 comentários

 

DEPARTAMENTO EDUCAÇÃO

RUA: ANDRÉ CALDEIRÃO, S/Nº.

JARDIM CALDEIRÃO

ITOBI – SP

CEP. 13715 – 0000

FONE/FAX: (19) 3647-1552

 

ATUALMENTE O DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COMPREENDE UMA ÚNICA ESCOLA, A EMEB “PROF. WILSON JOSÉ RODRIGUES” QUE ATENDE CRIANÇAS DE 4, 5 E 6 ANOS, APROXIMADAMENTE 240 ALUNOS, NOS PERÍODOS MANHÃ E TARDE. À NOITE ATENDEMOS ALUNOS DA EJA (EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS) ENSINO FUNDAMENTAL CICLO I.

 

 

DIRETORA DA EDUCAÇÃO: FLÁVIA GIZZI.

 

DIRETORA DA EMEB “PROF. WILSON JOSÉ RODRIGUES”: ANA PAULA DA SILVA.

 

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO: ELOÍSA DE ANDRADE.

ESCRITURÁRIO: WILLIAM DE ASSIS.

INSPETOR: BENEDITO SIDNEY PORFÍRIO.

 

PROFESSORES:

CRISTIANE MARTINS FARIA

DANIELA AZNAR DOS SANTOS SERAFIM

MARCIA MARIA GONZAGA DA SILVA

MARIA LÚCIA PEREIRA BÁGGIO

MARIA MADALENA ARAÚJO

NEUSA MARIA GIACON SERAFIM

REGINA CÉLIA DE GODÓI

RENATA ELAINE PIOLTINI CARVALHO CALDEIRÃO

ROSANA TURNO 

ROSEMARY MARTINS

VALÉRIA DE CARVALHO

counter free