Engenharia Futebol Clube Home | Perfil | Arquivos | Amigos
Um espaço para a integração dos profissionais das empresas de engenharia amantes do futebol! A idéia é promover amistosos e campeonatos.

TECHNIP A TEM A FAIXA CARIMBADA!1/3/2011

Ontem, dia 21/02, aconteceu no campo do Agrião a entrega das faixas para a Technip A. Foi um jogo eletrizante e empolgante.

 A Technip A foi a campo com praticamente todo o time campeão e com todos seus medalhões como Bruno Vigoder e Leonardo Belaciano. Mas nada pode fazer e acabou perdendo sua invencibilidade de 15 jogos e teve sua faixa de campeão carimbada.

A Technip B levou a campo as revelações habilidosas da empresa, os melhores jogadores da última temporada e suas principais contratações para a temporada 2011, contratações pontuais. Com a experiência do xerife Roberto Lima, e toda a disposição do bi campeão Diegol ambos contratados junto a Techinip A,  a juventude de Leonardo Lins contratado junto a Chemtech, a TKP B se comportou de uma forma completamente diferente do que se viu ano passado. Um time de bom toque de bola e jogadas bonitas não deu chance aos atuais campeões da Engecopa. Mesmo sem entrosamento, colocou o adversário na roda e chegou aos gols com sucesso. Com certeza a Technip B  já se consolidou como um dos favoritos ao título da próxima Engecopa.

 

Diego Lopes, agora na Technio B contou assim o jogo. :

Após jogada de Roberto Lima, Diegol corta 2 zagueiros e tira do Goleiro para abrir o marcador TKP B 1x0. Pouco tempo depois Lima falha e deixa Vigoder Livre para empatar 1x1. Minutos depois Vigoder larga sua famosa bomba e o goleiro estreante Felipe bate roupa soltando aos pés de Léo Belaciano que só empurra pro gol TKP A 2X1. Após escanteio confusão na área Leonardo Lins sem deixar cair faz o gol do empate. Lima e Felipe falham e após escanteio TKP A fica a frente do placar novamente 3x2. Após outra falha da zaga Bruno Vigoder faz o quarto TKP A 4x2. Mesmo com esse balde de água fria a TKP B se organizou e começou a desenhar a virada após um gol de voadora de Alvinho. O habilidoso Dudu recebeu na entrada da área e fez o empate 4X4. A virada ficou reservada para o raça de Bruno Pereira que após a sobra na entrada da área, soltou a bomba para finalizar o placar.

1 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

TECHNIP CAMPEÃ22/12/2010

Na noite desta terça-feira o campo do agrião foi palco de mais uma decisão de ENGECOPA. Com direito a churrasco e cerveja, quem compareceu foi brindado com uma grande final. Mas antes de contar como foi a final, contarei a decisão de terceiro lugar que serviu de preliminar da grande partida.
Promon e KFW decidiram o terceiro lugar e a Promon com problemas de elenco começou o jogo com 1 jogador a menos na linha. O jogo se resumiu a KFW atacando e a Promon se defendendo. Aos 15min. do primeiro tempo Wallace Simor gira em cima da defesa e faz 1x0 KFW. No mesmo instante Ivan, o jogador da Promon que faltava chega e as equipes ficam em igualdade de condições. O jogo melhora e a Promon começa a sair mais para jogar. Numa jogada muito parecida, Wallace Simor faz 2x0 KFW. Fim do primeiro tempo.
Começa o segundo tempo e a Promon começa a buscar seu gol, logo no inicio,  num lance infeliz, Ivan pisa em falso torce o joelho, no mesmo momento Alan da KFW tambem sofre uma lesão no joelho do outro lado do campo. A Promon volta a ficar com 1 jogador a menos. A KFW começa a ter algumas oportunidades brilhantemente defendidas por Marcelo, a Promon tentava em alguns lances mas o goleiro Rogério Gomes também estava em um bom dia. Em passe de Raphael Freitas, Rafael Pina chuta cruzado e diminui. 2x1.  A KFW então passou a cadenciar o jogo e administrar sua vantagem. Já perto do fim do jogo Raphael Freitas recebe de frente para o goleiro, mas Rogério Gomes faz grande defesa, era a chance do empate. Fim de jogo, o bravo time da Promon perde outra vez e a KFW fica coma medalha de bronze.
 
Gols: Wallace Simor (2) para a KFW e Rafael Pina para a Promon
Destaque: Wallace Simor da KFW

 

 

Agora sim a Grande Final.
 
Daniel Godoy contou assim a decisão.
 
Após 2 meses de competição, é chegada a hora da grande final. De um lado, um time de chegada, Technip, que também protagonizara a final da 1ª edição da Engecopa, chega mais reforçada e contando com a excelente fase do artilheiro Bruno Vigoder. Do outro lado, a sempre credenciada favorita Engevix, com seu harmonioso conjunto EM CAMPO e destaques individuais. Na arquibancada, era difícil encontrar algum torcedor que não creditasse o título para os azuis, e dentro de campo, mostraram sua superioridade técnica no 1t. O maestro Renato Lopes simplesmente desequilibrava e coordenava as principais jogadas ofensivas da Engevix, e foi ele quem abriu o placar, e após outra chance tristou na trave. Não demorou muito para Renato armar outra jogada, lançando o ponta direita que encontrou Juninho debaixo da trave para empurrar para balançar mais 1x o barbante. 2x0 no placar, e a partida dava sinais de uma sonora goleada, até mesmo porque a Technip não se encontrava na partida, muito em virtude também de seu principal jogador estar fora de posição, e sua equipe perdendo assim sua principal caracteristica. As poucas chances de seu time eram os chutes de Bruno, que, distante da área, não exigiam muito de Luis Fernando.
 
Veio o 2t, um novo jogo e muitas emoções. Technip muda a estratégia, adianta a sua marcação e B. Vigoder assume sua posição no ataque. Alterações suficientes para em poucos minutos já estar empatado o placar. Bruno com seu potente chute na gaveta acorda a coruja, e, na sequência em jogada individual pela ponta esquerda, joga a bola para área, quando parecia já lance morto, Leonardo Belaciano se estica todo para deixar a partida empatada, aumentando a temperatura do jogo. Nesta altura, agora era a Engevix que se desencontrou, a estratégia de jogo do adversário desarticulou o poderio engevixiano. Bruno ia aproveitando as facilidades encontradas na defesa adversária para bombardear o gol de L. Fernando, e por mais 2x parou na trave, antes de colocar seu time à frente. 3x2. Engevix precisava buscar o resultado e se lançou ao ataque. E ai veio o tiro de misericórdia. Em contra-ataque, o craque do campeonato vence de Tacitus na disputa, e com apenas o goleiro à frente tabelou com o companheiro para o seu 3º score da noite. O time de Sidnei tentava diminuir o placar, mas somente nos acréscimos conseguiu com Regviano. A partida ganha contornos dramáticos, o banco da Technip pedia o fim da partida...Apito final, Technip não morre na praia e leva quase todos os troféus para o escritório. Engevix peca em não suportar a principal jogada adversária.
 
Gols:
Bruno Vigoder (3) e Leonardo Belaciano para a Techip e Renato Lopes, Juninho e Regivano para a Engevix.
 
Destaque:
Bruno Vigoder da Technip
 

3º COLOCADO - KFW

 

VICE CAMPEÕES - ENGEVIX

 

 

MELHOR GOLEIRO - LUIS FERNANDO - ENGEVIX

 

ARTILHEIRO E MELHOR JOGADOR - BRUNO VIGODER - TECHNIP

 

CAMPEÃ - TECHNIP

 

O UNICO BI-CAMPEÃO - DIEGO LOPES

 

 
CLASSIFICAÇÃO FINAL

TECHNIP
ENGEVIX
KFW
PROMON
TECHNIP B
CHEMTECH
QUIP
ESTALEIRO MAUÁ
TAESA
10º
HEMISUL.SCET/TECHINT
11º
IESA
12º
CONSÓRCIO PMP

 
 
Seleção do Campeonato
 
Goleiro: Luis Fernando - ENGEVIX
Ala Direita: Rafael Pina - PROMON
Zagueiro: Tacitus - ENGEVIX
Ala Esquerda: Rogério Abreu - TECHNIP
Meia Esquerda: Renato Lopes - ENGEVIX
Meia direita: Renato Silva - KFW
Atacante: Bruno Vigoder – TECHNIP
 
Algumas menções honrosas:
- Outros 3 excelentes goleiros da Engecopa, Rogério Gomes (KFW), Jorge Souza (Technip) e Diego Silva (Technip B)
- Wallace Simor da KFW que só não foi seleção do campeonato porque joga na mesma posição do craque do campeonato.
 - A surpreendente Technip B que com um time montado as pressas fez uma excelente competição.
- Ivan Curvello da Promon que mesmo trabalhando em Itaboraí compareceu na maioria dos jogos se destacando em todos eles, infelizmente sofreu uma lesão no ultimo jogo. Estamos torcendo por uma rápida recuperação.
 
Abaixo alguns videos da grande final:

4 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

GRANDE FINAL17/12/2010
 
Finalmente chegou a hora, a II ENGECOPA será decidida nessa terça-feira dia 21 de dezembro de 2010 a partir das 19:30. Os deuses do futebol foram justos e premiaram as equipes que mais se prepararam para essa competição e a valorizaram em todas as suas partidas. O evento será uma grande festa, os atletas de todas as equipes participantes estão convidados para ver um grande jogo e comer um churrasco oferecido pelo nosso amigo Alan da KFW.
Duas potencias da Engecopa, já haviam se destacado na primeira mas se encontraram antes da final. Das duas edições da Engecopa, cada uma só perdeu 1 jogo. Nesta edição as duas estão invictas, a Engevix está 100%.
 
A Engevix tem um elenco muito forte começando pelo excelente goleiro Luis Fernando, uma sólida defesa com Rogério e Tacitos, No meio campo, carregando piano o Marcelo e a criatividade de Renato Lopes, Juninho com seu excelente poder de finalização e Leonardo Mynssen que vem fazendo uma excelente Engecopa e foi o responsável pelo gol mais bonito da competição, de bicicleta. Do lado de fora o paizão Sidnei comanda essa máquina. Um time pronto para ser campeão. Uma campanha com 5 vitórias em 5 jogos, 19 gols a favor e 9 contra.
A Technip que já contava com uma boa base e com contratações pontuais ficou muito forte. Bruno vigoder achou em Jorge Souza um goleiro em quem pode confiar, a defesa com Rogério Abreu e Ricardo Costa é muito forte. Victor Duarte faz o trabalho sujo no meio campo e deixa para Leonardo Belaciano, Diego Lopes e Bruno Vigoder a função de criatividade da equipe. Uma campanha de 4 vitórias e um empate em 5 jogos, 23 gols a favor e 12 contra.
 
Façam suas apostas!
 
Abaixo um Video feito pelo Diego Lopes da Technip.

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

FINAL DEFINIDA15/12/2010

 

 

A Final da Engecopa está difinida, Engevix e Technip se enfrentarão numa revanche da primeira edição onde no jogo mais emocionante já disputado por essa competição, a Technip venceu a Engevix. Agora, 6 meses depois a chance da revanche. Parada duríssima sem favoritos.
 
No jogo de ontem, a Engevix venceu a KFW e Marcelo Fonseca da Engevix contou assim o jogo.
 
Em uma noite de grandes emoções a Engevix travou uma batalha com a KFW, isso mesmo uma batalha as duas equipes jogaram muita bola!
Aos 10 minutos do Primeiro tempo a Engevix sai na frente com Junior, a KFW não se abateu com o gol e veio com tudo para cima da Engevix até conseguir empatar aos 20 minutos do primeiro tempo com Alan. Começou o segundo tempo e a Engevix mais uma vez sai na frente da KFW em uma bela jogada pela linha de fundo, Marcelo rolou para Leonardo tocar de letra e guardar. O jogo ficou tenso e as duas equipes estavam errando muitos toques de bola a Engevix conseguiu armar um bom contra ataque e Junior marcou mais uma vez deixando o placar em 3x1, a KFW acertou seu toque de bola e cadenciou o jogo, por sua vez a Engevix abusou do direito de fazer faltas e por conseqüência levou dois cartões amarelos ficando apenas com 4 jogadores em campo...isso mesmo apenas 4 contra 6, a KFW sentiu o bom momento e após um belo lançamento de Alan da KFW, (“ Me diz três coisas que param no ar: Beija-flor, helicoptero, Dadá Maravilha e agora Walace da KFW”) Walace foi no terceiro andar e parou no ar ao estilo Dadá Maravilha e deu uma bela cabeçada seguida de uma defesa espetacular de Fernando da Engevix mais de nada adiantou sua defesa pois o mesmo Walace conseguiu fazer o gol no prosseguimento da jogada para a KFW, o jogo ficou ainda mais tenso pois a Engevix chutava tudo quanto era bola para frente por estar apenas com 4 jogadores em campo enquanto a KFW tentava o gol de empate de qualquer maneira. Até que falta a favor da KFW e como a Engevix tinha estourado o limite de faltas, Shoot out. Momentos de tensão, a KFW colocou seu jogador mais rápido e abilidoso para bater, 3x2 no placar, o juiz apita ele corre com a bola chuta e o Goleirão Fernando defende. Com isso a KFW começa a chutar tudo para o gol da Engevix até que nos acréscimos consegue um escanteio a torcida pressiona o Juiz para acabar a partida a KFW bate o escanteio consegue cabecear e acerta o travessão e o Juiz apita o final da partida.
 
Gols:
Juninho (2) e Leonardo Mynssen para a Engevix e Alan Goes e Wallace Simor para a KFW.
Destaque:
Leonardo Mynssen da Engevix
 
1 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

NOVO CAMPEÃO15/12/2010
 
 
Technip vence a Promon e é a primeira finalista da Engecopa. A Engecopa terá um novo campeão. O tricolor franco brasileiro é o único a estar na final das 2 edições da competição e Diego Lopes o único atleta que pode ser bi campeão. A Promon sofre sua primeira derrota em jogos de engecopa e dá adeus ao sonho do Bi.
 
O jogo tinha ares de revanche, as equipes se olhavam de rabo de olho e sabiam o que o outro tinha para oferecer e assim foi boa parte do jogo. No inicio o jogo foi muito estudado e as equipes não queriam arriscar muito, a Technip tinha nos chutes de Bruno sua principal arma e a Promon tentava trabalhar jogadas sem muito sucesso. Num escanteio, Rafael Pina entra no meio a zaga para fazer 1x0 Promon de cabeça. Pouco tempo depois Rafael Sloboda faz linda jogada pela esquerda e deixa Raphael Freitas em excelentes condições para fazer 2x0. Parecia um repeteco da final de 6 meses atrás. A promon ainda teve oportunidades para ampliar mas esbarrou no bom goleiro Jorge Souza. Rogério Abreu, num  chute de fora, diminui. 2x1. A Technip forçava as bolas em seu pivô, Bruno, que estava muito bem na partida. Numa dessas bolas, Bruno deixa Leonardo Belaciano livre para empatar o jogo. Pouco depois, Rogério Abreu vira o jogo em outro chute de fora, desta vez contando com a colaboração do goleiro Marcelo. Numa, jogada que parecia um replay do segundo gol, Bruno deixa Leonardo Belaciano novamente de frente para fazer 4x2.
Vem o segundo tempo e a Promon troca a marcação em Bruno Vigoder e coloca o time a frente. As modificações fazem efeito e a equipe volta melhor. Mas a pontaria não estava sendo um ponto forte dos cinzas. Num chute forte, Raphael Freitas diminui.4x3. O jogo melhora e ganha em emoção. Num lançamento pra frente, Sérgio raspa de cabeça e a bola sobra para Bruno Vigoder limpar e bater no canto. 5x3. Esse gol foi um balde de água fria na equipe Promoniana que via a vaga na final se afastando. Em outro lançamento, Bruno Vigoder raspa de cabeça e a bola morre no ângulo do goleiro Marcelo.6x3. A pá de cal na equipe da Promon.
Gols:
Bruno Vigoder (2), Rogério Abreu (2) e Leoonardo Belaciano (2) para a Technip e Raphael Freitas (2) e Rafael Pina para a Promon.
Destaque:
Bruno Vigoder da Technip
 
A outra semifinal acontece hoje as 19:30.
8 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

SEMIFINAIS DEFINIDAS10/12/2010

No fechamento das quartas de final, o primeiro jogo trouxe a campo 2 boas equipes, a Chemtech que havia começado muito bem a competição mas perdeu gás e a Promon que vem mantendo uma certa regularidade.
No primeiro tempo o jogo foi muito truncado, sem muitas chances de gol, a Promon ainda perdeu algumas oportunidades mas ficou mesmo no 0x0.
O segundo tempo foi mais agitado, logo no inicio, Alan Severo recebe lançamento na frente e bate por baixo do goleiro Chemtechiano. 1x0. Logo depois , Ivan faz 2x0 em bela jogada de Alan pela linha de fundo. A Promon mantinha uma postura sólida defensiva e não deixava a Chemtech armar as jogadas que passavam sempre pelos pés de Bruno Gomes. Novamente Ivan recebe na área e bate forte no canto do goleiro 3x0 Promon. A Chemtech tentava pressionar mas parava na marcação promoniana. Em belo lançamento, Hildo, sempre deixando o seu, sobe mais que o goleiro e escora para o gol vazio.3x1 A partir daí a Promon passou a administrar o jogo, a Chemtech ainda acertou o travessão, mas ficou nisso. Promon 3x1 Chemtech.
Gols:
Ivan Curvello (2) e Alan Severo para a Promon e Hildo Muniz para a Chemtech.
 Destaque:
Ivan Curvello da Promon
 
O segundo jogo foi um jogão, a Quip que ainda não havia mostrado um futebol convincente enfrentou a sempre muito forte Technip. O jogo começou eletrizante e aos 5 min. Já estava 2x1 para a Technip. No primeiro gol, Diego Lopes deixou Leonardo Belaciano de frente para o gol para fazer 1x0. A Quip empatou em seguida com Gulherme Lima em boa jogada de Gilberto Junior. Logo depois, Bruno Vigoder ganhou na frente e bateu rasteiro.2x1. A Quip passou a procurar o gol e perder oportunidades. O Goleiro Jorge Souza estava num dia inspirado. Já no fim do primeiro tempo, Leonardo Belaciano , numa bela arrancada fez 3x1 para a Technip.
Veio o segundo tempo e a Quip continua sua pressão, Gulherme Lima chutou, a bola bateu na zaga e entrou. 3x2. As duas equipes tiveram oportunidade de estar em superioridade numérica devido a cartões amarelos mas não aproveitaram. Jorge Souza continuava fazendo milagres e a Quip acertou a trave em 3 oportunidades, Gilberto fazia uma bela partida mas o gol não saía. Até que Wallace Fabiano empatou o jogo que ganhou emoção. Aí veio o lance polemico da partida, a zaga da Quip tentou rifar a bola que bateu no braço de Bruno Vigoder e sobrou na frente pra ele mesmo que desempatou a partida. 4x3. A Technip passou a utilizar a experiência de sua equipe para cadenciar o jogo e deixa o tempo passar. Fim de jogo. Technip 4x3 Quip. E a grande final da ultima Engecopa será reeditada desta vez nas semifinais.
Gols:
Bruno Vigoder (2) e Leonardo Belaciano (2) para a Technip e Guilherme Lima (2) e Wallace Fabiano para a Quip.
 Destaque:
Jorge Souza da Technip

Para 3 dos 4 semifinalistas chegar a essa fase não é novidade. Engevix, Technip e Promon já jogaram as semifinais da primeira edição e chegaram novamente, a estreante KFW também chegou. As 4 melhores campanhas da Engecopa fizeram jus ao favoritismo e passaram das quartas de final, agora tudo pode acontecer, impossível apontar um favorito. Engevix e KFW já se enfrentaram na primeira fase e a Engevix venceu apertado, Promon e Technip são velhos conhecidos e se enfrentarão pela 4ª vez, o retrospecto é de 1 vitória pra cada lado e um empate, mas a Technip quer devolver a derrota na final da 1ª edição.
As premiações já foram encomendadas e dessa vez a surpresa ficará para o dia da final.

 

RESULTADOS:
 
ENGEVIX 4X3 KFW 
PROMON 3X1 QUIP 
TECHNIP 5X5 CHEMTECH 
TECHNIP B 1X1 IESA 
ESTALEIRO MAUÁ 2X3 TAESA 
HEMISUL.SCET/TECHINT 2X0 CONSÓRCIO PMP
PROMON 5X4 TECHNIP B
QUIP 3X2 IESA
CHEMTECH 4X1 TAESA
ENGEVIX 4X2 HEMISUL.SCET/TECHINT
TECHNIP 6X1 ESTALEIRO MAUÁ
KFW 2X0 CONSÓRCIO PMP
ENGEVIX 2X0 CONSÓRCIO PMP
KFW 8X0 HEMISUL.SCET/TECHINT
PROMON 4X4 IESA
QUIP 4X6 TECHNIP B
ESTALEIRO MAUÁ 4X2 CHEMTECH
TECHNIP 2X0 TAESA 
 
CLASSIFICAÇÃO:
 
GRUPO 1
1º - ENGEVIX – 9 PTS
2º - KFW – 6 PTS
3º - HEMISUL.SCET/TECHINT – 3 PTS
4º - CONSÓRCIO PMP – 0 PT 
 
GRUPO 2
1º - TECHNIP – 7 PTS
2º - CHEMTECH – 4 PTS
3º - ESTALEIRO MAUÁ – 3 PTS 
4º - TAESA – 3 PTS
 
GRUPO 3
1º - PROMON – 7PTS
2º - TECHNIP B – 4 PTS
3º - QUIP – 3 PTS
4º - IESA – 2 PTS
 
 
QUARTAS DE FINAL
ENGEVIX 6X2 ESTALEIRO MAUÁ
KFW 4(3) X 4(2) TECHNIP B
PROMON 3X1 CHEMTECH
TECHNIP 4X3 QUIP
 
ARTILHARIA

Renato Silva
KFW
8
Bruno Vigoder
TECHNIP
8
Wallace Simor
KFW
6
Ivan Curvello
PROMON
5
Eduardo Molinari
TECHNIP B
5
Leonardo Lins
CHEMTECH
4
Hildo Muniz
CHEMTECH
4
José Antonio Junior
ENGEVIX
4
Diego Lopes
TECHNIP
4
Leonardo Costa
TECHNIP B
4
Tacitos Gomes
ENGEVIX
3
Leonardo Mynssem
ENGEVIX
3
Renato Lopes
ENGEVIX
3
Tiago Marques
KFW
3
Leonardo Malafaia
MAUÁ
3
Rafael Pina
PROMON
3
Gilberto Junior
QUIP
3
Guilherme Lima
QUIP
3
Leonardo Belaciano
TECHNIP
3
Leandro Tavares
TECHNIP B
3
Uanderson Brandão
HEMISUL.SCET/TECHINT
2
Ailton Nascimento
IESA
2
Vitor Raja
IESA
2
Pedro Voto
IESA
2
Rafael Paiva
IESA
2
André Vieira
KFW
2
Tonho
MAUÁ
2
Jonathan Guerra
MAUÁ
2
Daniel Reis
PMP
2
Pedro Henrique
PMP
2
Rafael Sloboda
PROMON
2
Raphael Freitas
PROMON
2
Patrick Costa
QUIP
2
Rodrigo Silva
TAESA
2
Rafael Quinto
TECHNIP B
2
Luiz Gustavo
CHEMTECH
1
Agaci Pereira
CHEMTECH
1
Buno Gomes

5 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

AFUNILOU!9/12/2010
 
 
Depois de alguns dias sem postar aqui no blog, venho com os últimos resultados da Engecopa.  Estava muito enrolado e não tive tempo para atualizar. Ainda hoje vou dar um acabamento melhor a essa postagem. As resenhas vou ficar devendo pois não estava presente. Se alguém quiser fazer a resenha de seu jogo pode me mandar que eu posto aqui.
 
O Estaleiro Mauá venceu a Chemtech por 4x2 e se beneficiou da vitória por WO da Technip em cima da Taesa que se apresentou para o jogo com 50 minutos de atraso. Depois de muita polemica, o delegado do jogo Bruno Vigoder tomou a decisão baseado no regulamento.
Com a vitória, o Mauá consegue a ultima vaga e passa para a próxima fase.
A classificação geral da primeira fase ficou assim:
1º - Engevix
2º - Technip
3º - Promon
4º KFW
5º Technip B (sorteio)
6º - Chemtech (sorteio)
7º - Quip
8º - Estaleiro Mauá
Technip B e Chemtech terminaram empatados em todos os quesitos e a posição foi definida por sorteio
Os confrontos definidos para as quartas de final são os seguintes:
Engevix x Mauá
Technip x Quip
Promon x Chemtech
KFW x Technip B
 
QUARTAS DE FINAL
 
Pelas quartas de final a Engevix mostrou mais uma vez que não está a passeio na Engecopa e que não é por acaso que é a maior pontuadora da história da competição. 6x2 em cima do Mauá com exibição de gala de seu Maestro Renato Lopes.
No outro jogo, segundo o delegado do jogo Leonardo Malafaia do Estaleiro Mauá, as equipes protagonizaram um super jogo com os 2 goleiros se destacando. A partida terminou empatada em 4x4 e a KFW venceu nos pênaltis por 3x2.
KFW e Engevix se enfrentam nas semifinais.
 
PROXIMA RODADA
Hoje a noite, Promon e Chemtech se enfrentarão num clássico da Engenharia. Os 2 times se conhecem e o jogo promete.
Technip e Quip farão o outro jogo. A Quip ainda não fez um grande jogo na competição e a experiente equipe a technip não é fácil de ser batida.
Os vencedores se enfrentarão nas semifinais.
0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

SÓ RESTA 1 VAGA!1/12/2010

 

Noite de decisão do grupo 3 da Engecopa. No campo 1 a Technip B surpreendeu e venceu a Quip por 6x4 garantindo sua classificação. A Quip, mesmo com a derrota, e beneficiado pelo empate em 4x4 entre Promon e Iesa também se garantiu na próxima fase pois tem saldo de gols melhor que o Hemisul.Scet/Techint. Com o empate a Iesa deu adeus a competição, a Promon se garantiu como primeiro do Grupo e a Engevix já garantiu o primeiro lugar geral. Assim sendo, 7 classificados já estão definidos, restando apenas 1 vaga. Taesa, Hemisul.Scet e Estaleiro Mauá tem chances de preencher essa vaga.
 
O jogo valia muito para a Iesa e os azuis estavam dispostos a apagar as más atuações nos 2 primeiros jogos que os deixaram em uma situação difícil no campeonato. A Iesa tomou a iniciativa do jogo e teve as primeiras oportunidades para abrir o placar, obrigando Marcelo a intervir em algumas oportunidades. Logo depois o Goleiro da Iesa, Cleber, voltou a sentir a mesma contusão que o tirou do jogo anterior e deixou o campo. Numa cobrança de lateral, a defesa da Iesa cochilou e Rafael Pina abriu o placar. A Iesa, precisando do resultado, teve que partir pra cima e teve aí seus melhores 10 min. do campeonato. Em jogada pela direita, Vitor Raja, ganhou na velocidade e chutou forte cruzado para empatar o jogo. Logo depois foi a vez de Pedro Voto desferir um potente chute que desviou na defesa e entrou. A Promon não se encontrava no jogo. Numa bola alçada, a zaga da Promon rebateu mal e a bola sobrou para Rafael Paiva fazer 3x1. Soa o gongo e a Promon tem tempo para respirar.
Vem o segundo tempo e a Promon adianta sua marcação para não deixar a Iesa jogar,a estratégia dá certo, Raphael Freitas deixa Ivan de cara pro gol para diminuir. 3x2. Freitas recebe pela esquerda e fuzila o goleiro para empatar o jogo, incendiando a partida. No minuto seguinte em falha de Ivan a bola sobra para Rafael Paiva desempatar. 4x3. Esse resultado classificava a Iesa e eliminava a Quip que perdia o jogo ao lado. Rafael Sloboda acertou um lindo chute na trave, logo depois Pedro Voto foi travado na hora da conclusão. De falta, Leo Puerari acertou a trave. Num lançamento milimétrico do “mago” Ivan, Pina sobe mais que a defesa e cabeceia forte, o goleiro faz linda defesa mas Raphael Freitas, oportunista, confere para gol, era o empate da Promon. A Promon ainda tentou frustradamente fazer um goleiro-linha para tentar a vitória mas o jogo ficou nisso. 4x4.
Gols:
Raphael Freitas (2), Ivan e Pina para a Promon e Rafael Paiva (2), Vitor Raja e Pedro Voto para a IESA.
Destaque:
Rafael Paiva da IESA
 
Gostaria de pedir a algum atleta de Technip B ou Quip que escreva a resenha do jogo e me mandar por e-mail para postarmos aqui no blog. Não esquecendo de eleger o destaque do jogo.
Quip 4x6 Technip B
Gols: Gilberto Junior (2), Marco Mesquita e Fabricio Pires para a Quip e Eduardo Molinari (2), Leonardo Costas (2), André Silva e Rafael Quinto para a Technip B

 

 

Nesta Quinta o grupo 2 será decidido. A rodada que iria acontecer dia 25 mas em consequência do caos na cidade foi adiada. Technip e Chemtech estão em sitação muito confortável, já estão classificadas e só precisam escolher seus adversários. A Technip enfrenta a Taesa que precisa em patar para se garantir ou então não pode levar uma goleada e tem que olhar o jogo do lado para ver se o Mauá não vence a Chemtech. Não acredito em surpresas mas elas podem acontecer. O primeiro lugar do grupo deverá ser decidido no saldo de gols.

 

2 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

GUERRA NO RIO29/11/2010

Na ultima rodada do grupo 1 a Engevix enfrentaria o Consórcio PMP, na tarde antes do jogo o capitão do PMP avisou que sua equipe não compareceria e deu tempo para promovermos uma pelada no horário. Conforme item 7.7 do regulamento, no caso de WO, todos os jogos desta equipe, inclusive os que já aconteceram serão considerados 2x0. Isso para retirar qualquer influencia desta equipe no campeonato, pois o saldo de gols poderia ser favorável a alguma das equipes. Nos preparativos para a próxima Engecopa em 2011 os representantes das equipes decidirão a punição a ser aplicada ao Consórcio PMP.
No outro jogo a KFW passou o carro por cima do Hemisul.Scet/Techint, com um time renovado a galera de Belford Roxo não encontrou problemas para aplicar uma sonora goleada, garantindo assim sua classificação e deixando ao Hemisul.scet/Technt a tarefa de secar seus outros concorrentes as vagas de terceiro lugar. KFW 8x0 Hemisul.scet/Techint
Gols:
Renato Silva (3), Thiago Almeida (2), Bertolino, Luiz Américo e Wallace
Destaque:
Renato Silva da KFW

 

 

Devido ao clima de guerra que se instalou na cidade do Rio de janeiro e visando manter a integridade física dos atletas, a rodada decisiva do grupo 2 nesta quinta-feira dia 25/11 foi adiada para o dia 02/12.

 

Amanha o grupo 3 será decido. Promon e IESA fazem um jogo onde a Promon visa a primeira colocação geral e a IESA precisa vencer para se garantir na próxima fase, o jogo promete ser tenso. No outro jogo QUIP e Technip B duelam por 1 vaga. 1 dos 2 sairá classificado do Agrião e a QUIP joga pelo empate, se a IESA não vencer a Promon, a QUIP só não pode levar goleada.
 
No dia 19/11 coloquei um contador de acessos para saber se a galera visitava mesmo o blog.  Surpreendentemente em 10 dias o Blog teve mais de 600 acessos como podem conferir lá na parte de baixo da página. Então só ta faltando a galera comentar.

 

5 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

FIM DA SEGUNDA RODADA19/11/2010

 

 

 

Fim da segunda rodada e a partir de agora é só decisão. 2 equipes matematicamente classificadas e nenhuma eliminada. A última rodada promete. Ontem foram 2 goleadas no Alto da Boa Vista.
  
Bruno Vigoder, capitão da Technip e artilheiro da Engecopa, contou assim os jogos de ontem.   
 
Noite de artilharia pesada no Alto da Boa Vista. 
 
No primeiro jogo da noite a Technip bateu o Estaleiro Maua por 6 x 1 e deu um grande passo rumo a 2ª. Desde o inicio, a Technip assumiu o controle do jogo, no primeiro lance de perigo, Rogério Abreu acertou o travessão. Logo depois, Diego "Val Baiano" Lopes em noite insprirada (comemorando 2 meses de casamento) abriu o placar e como prometeu não comemorou o gol contra seus ex-companheiros. A Technip continou dominando as ações e não demorou muito para fazer o 2º e logo depois o 3º em cobrança de falta. Fim do Primeiro tempo Technip 3 x 0 Estaleiro Maua. 
 
A Technip parece ter aprendido e dessa vez não cochilou, voltou determinada a ampliar o placar e aumentar o saldo de gols. Logo no inicio do 2º tempo, Leonardo Belaciano marcou o 4º. O Estaleiro Maua ainda tentou esboçar alguma reação mas Diego Lopes marcou o 5º e praticamente decretou a vitória. A Technip passou a administrar. O Estaleiro Maua ainda desperdiçou um penalti mas logo depois marcou o gol de honra em bonita jogada do atacante Tonho. Quando o estaleiro ameçou voltar novamente ao jogo, Diego Lopes não perdoou os ex-companheiros e fez o terceiro dele e deu números finais a partida. Fim de jogo Technip 6 x 1 Estaleiro Maua 
 
Gols :
 
Technip - Diego Lopes (3), Bruno Vigoder (2), Leonardo Belaciano / Estaleiro Maua - Tonho 
 
Destaque :
Diego Lopes da Technip   
 
No 2º jogo da noite a KFW mostrou que não está a passeio e derrotou o consórcio PMP por 7 x 2. Apesar do placar, o jogo foi marcado pelo equilibrio na maior parte do tempo. A KFW muito bem organizada, tomou a inciativa da partida e abriu 2 x 0. Quando parecia que a KFW tinha assumido o controle da partida, O PMP assimilou o golpe e descontou com Pedro Herique ainda no primeiro tempo.
 
No 2º tempo, a KFW voltou com tudo, e logo marcou o 3º porém o PMP não desanimou e fez o 2º. Após o 2º, o PMP partiu para cima para buscar o empate e até mesmo a vitória mas esbarrou no excelente goleiro da KFW, Rogério Gomes, que além de excelente goleiro, tem uma das melhores reposições de bola do campeonato, armando vários contra-ataques e principalmente na noite inspirada do atacante Wallace da KFW, apelidado de "Ronaldo" pelo presentes que marcou 2 gols em menos de 1 minuto e freou a reação do PMP. A KFW ainda marcou mais 2 e a excelente partida acabou virando goleada. Fim de jogo KFW 7 x 2 PMP. 
 
Gols :
 
KFW - Wallace (2), Renato Silva (2), André Vieira, Alan Costa e Tiago Marques / PMP - Pedro Henrique (2)  
 
Destaque :
Renato Silva da KFW
 
 
 
RESULTADOS:
ENGEVIX 4X3 KFW 
PROMON 3X1 QUIP 
TECHNIP 5X5 CHEMTECH 
TECHNIP B 1X1 IESA 
ESTALEIRO MAUÁ 2X3 TAESA 
HEMISUL.SCET/TECHINT 3X2 CONSÓRCIO PMP
PROMON 5X4 TECHNIP B
QUIP 3X2 IESA
CHEMTECH 4X1 TAESA
ENGEVIX 4X2 HEMISUL.SCET/TECHINT
TECHNIP 6X1 ESTALEIRO MAUÁ
KFW 7X2 CONSÓRCIO PMP 
 
CLASSIFICAÇÃO:
 
GRUPO 1
1º - ENGEVIX – 6 PTS
2º - KFW – 3 PTS
3º - HEMISUL.SCET/TECHINT – 3 PTS
4º - CONSÓRCIO PMP – 0 PT 
 
GRUPO 2
1º - TECHNIP – 4 PTS
2º - CHEMTECH – 4 PTS
3º - TAESA – 3 PTS
4º - ESTALEIRO MAUÁ – 0 PTS 
 
GRUPO 3
1º - PROMON – 6PTS
2º - QUIP – 3 PTS
3º - TECHNIP B – 1 PT
4º - IESA – 1 PT 
 
ARTILHARIA

Bruno Vigoder-TECHNIP-6GOLS
Leonardo Lins-CHEMTECH-4GOLS
José Antonio Junior-ENGEVIX-4GOLS
Wallace Simor-KFW-4GOLS
Hildo Muniz-CHEMTECH-3GOLS
Diego Lopes-TECHNIP-3GOLS
Ivan Curvello-PROMON-2GOLS
Rafael Pina-PROMON-2GOLS
Rafael Sloboda-PROMON-2GOLS
Daniel Reis-PMP-2GOLS
Patrick Costa-QUIP-2GOLS
Leandro Tavares-TECHNIP B-2GOLS
Tacitos Gomes-ENGEVIX-2GOLS
Leonardo Mynssem -ENGEVIX-2GOLS
Uanderson Brandão-HEMISUL.SCET/TECHINT-2GOLS
Ailton Nascimento-IESA-2GOLS
André Vieira-KFW-2GOLS
Renato José-KFW-2GOLS
Pedro Henrique-PMP-2GOLS
Rodrigo Alves-PROMON-1GOL
Gutemberg Júnior-PROMON-1GOL
Vitor Raja-IESA-1GOL
Roberto Lima-TECHNIP-1GOL
Tonho-MAUÁ-1GOL
Alan Damasceno-MAUÁ-1GOL
Alexandre-TAESA-1GOL
José Pedro-TAESA-1GOL
Thiago Monteiro-TAESA-1GOL
Luis Samensato-TAESA-1GOL
Rodrigo Dias-HEMISUL.SCET/TECHINT-1GOL
Luciano Mendonça-HEMISUL.SCET/TECHINT-1GOL
Julio-HEMISUL.SCET/TECHINT-1GOL
Rafael Quinto-TECHNIP B-1GOL
Eduardo Molinari-TECHNIP B-1GOL
Leonardo Costa-TECHNIP B-1GOL
Gilberto Junior-QUIP-1GOL
Guilherme Lima-QUIP-1GOL
Luiz Gustavo-CHEMTECH-1GOL
Agaci Pereira-CHEMTECH-1GOL
Leonardo Belaciano-TECHNIP-1GOL
Tonho-MAUÁ-1GOL
Alan Goes-KFW-1GOL
 Tiago Marques-KFW-1GOL

 

 

  Se a primeira fase acabasse hoje estariam classificadas as seguintes, equipes na ordem de colocação. PROMON, ENGEVIX, TECHNIP, CHEMTECH, KFW, QUIP, HEMISUL.SCET/TECHINT E TAESA e os confrontos seriam os seguintes:
 
PROMON X TAESA
ENGEVIX X HEMISUL.SCET/TECHINT
TECHNIP X QUIP
CHEMTECH X KFW 

 

O QUE FAZER PARA SE CLASSIFICAR?
Com 5 pontos a classificação é garantida, com 4 é provável, com 3 é possível e com 2 é impossível.
 
ENGEVIX – Classificada
 
KFW – Um empate no ultimo jogo garante.
 
HEMISUL.SCET/TECHINT – Precisa vencer o último jogo
 
CONSÓRCIO PMP – Não depende só de si, precisa vencer por boa margem e torcer para que os outros terceiros colocados não passem dos 3 pontos. Situação muito difícil
 
TECHNIP – Precisa empatar com a Taesa
 
CHEMTECH – Precisa empatar com o Mauá
 
TAESA – Precisa vencer a Technip
 
MAUÁ – Precisa vencer por boa margem e torcer para que os outros terceiros colocados não passem dos 3 pontos. Situação muito difícil
 
PROMON – Classificada
 
QUIP – Precisa vencer a Technip B
 
TECHNIP B – Precisa vencer a Quip e torcer para a IESA não vença a Promon
 
IESA – Precisa vencer e torcer para que a Quip não vença de qualquer maneira terá que tirar a diferença no saldo de gols. 
 
PRÓXIMOS JOGOS

 

A classificada Engevix enfrenta o desesperado Consórcio PMP e deve garantir sua primeira colocação no grupo eliminando os meninos liderados por Américo Braga, na minha opinião o PMP foi a decepção do torneio não conseguindo jogar completo até agora na competição. No outro jogo é decisão. 2 equipes que vem fazendo uma boa competição e brigarão por 1 vaga, o outro terá que secar os rivais para se garantir entre os 2 terceiros que se classificarão. A KFW mostrou um futebol mais vistoso e deve garantir a segunda colocação do grupo.

 

2 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

MAIS UMA EQUIPE CLASSIFICADA!17/11/2010

No primeiro jogo a Chemtech não tomou conhecimento da Taesa e venceu por 4x1, um detalhe, Hildo Muniz da Chemtech é o único jogador que fez gol em todos os jogos das 2 Engecopas que participou e já entrou na briga pela artilharia desta 2ª edição. No segundo jogo vimos uma Engevix com sorte de campeão, foram nada menos que 7 bolas na trave chutadas pelo time do Hemisul.scet/Techint, mas o azulão venceu mais uma e garantiu vaga na próxima fase.
 
Waldenir Monteiro, zagueiro da Chemtech contou assim o primeiro jogo da noite.
 
 
    ABRINDO OS TRABALHOS DA NOITE DE TERÇA-FEIRA, 16/11, CHEMTECH E TAESA SE ENFRENTARAM NUMA NOITE CHUVOSA NO CAMPO DO AGRIÃO. A CHEMTECH COMEÇOU A PARTIDA TENTANDO IMPOR SEU RITMO E LOGO NO INÍCIO DO JOGO AGACI LAVOR, BEM POSICIONADO NA ÁREA, APROVEITOU UM CRUZAMENTO RASTEIRO DE BRUNO GOMES E ABRIU O PLACAR DA PARTIDA A FAVOR DA CHEMTECH. O TIME DA TAESA SE ABATEU COM O GOL SOFRIDO E ACABOU SE DESORGANIZANDO TATICAMENTE, O QUE RESULTOU EM ESPAÇOS NO MEIO-CAMPO BEM APROVEITADOS PELA EQUIPE CHEMTECHEANA E EM MAIS 3 GOLS PARA A CHEMTECH, SENDO DOIS DE HILDO MUNIZ E UM DO ASSISTENTE DA NOITE, BRUNO BARBOSA. APROVEITANDO UMA COBRANÇA DE LATERAL INVERTIDA POR TER ESTOURADO O TEMPO LIMITE PARA A COBRANÇA, E UM APAGÃO DO TIME DA CHEMTECH, A TAESA FEZ SEU GOL DE HONRA COM LUIS SAMENSATO, AINDA NO PRIMEIRO TEMPO, E CRIOU UMA BOA EXPECTATIVA PARA A SEGUNDA ETAPA .
A ETAPA FINAL DO JOGO NÃO TEVE BOLA NA REDE, ENTRETANTO A PARTIDA CONTINUOU SENDO JOGADA EM BOM NÍVEL, RESUMINDO-SE NA CHEMTECH TENDO MAIOR INICIATIVA E POSSE DE BOLA E A TAESA APROVEITANDO OS CONTRA-ATAQUES. 
 
GOLS:
HILDO MUNIZ (2), AGAGI LAVOR E BRUNO GOMES PARA A CHEMTECH E LUIS SAMENSATO PARA A TAESA 
 
DESTAQUE:
HILDO MUNIZ DA CHEMTECH
 
 
Numa análise imparcial, Renato Lopes, capitão, camisa 10 e craque do time da Engevix, contou assim o segundo jogo da noite.
 
Mais um grande jogo no campo de agrião, agora duas equipes que já haviam ganho seus primeiros jogos mediram força para ver quem se posiciona melhor a caminho do primeiro lugar do grupo, o jogo começa bem equilibrado as duas equipes se estudando e ao mesmo tempo gerando alguns lances de perigo mas nada determinante ate aquele momento, eis que em um ataque perigoso da Engevix surge uma falta ao lado da area em uma “jogada ensaiada” Renato Lopes rola para Tacitus bater firme e abrir o placar, o jogo começa a esquentar Hemisul.Scet/Techint se lança ao ataque mas Engevix apresenta sua maior arma o “contra ataque” e novamente Renato Lopes serve a Junior que toca com categoria na saida do Goleiro 2x0, Engevix encontra seu melhor futebol manda no jogo e mais uma vez junior em jogada individual amplia o placar, Hemisul.Scet/Techint não consegue encaixar o seu jogo a forte marcação surte efeito a favor da Engevix, mas neste momento surge com certeza a jogada mas bonita deste campeonato em uma bola espirrada la na frente Leonardo da Engevix emplaca nada mas nada menos que uma linda bicicleta sem chances de defesa para o goleiro...lindo, lindo, lindo gol...esse merecia uma placa!!! Fim do primeiro tempo Engevix 4x0 no placar, começa o segundo tempo e o fantasma do apagão voltou aterrorizar o time da Engevix, erros sucessivos, sequência de faltas, cansaço trouxeram  o time da Hemisul.Scet/Techint de volta para o jogo, inacreditável o segundo tempo foi pura pressão  os caras pareciam o Bope dando blitz, pressão total, alugaram o meio de campo e chegaram ao primeiro e segundo gols e meteram uma sequencia incrível de bolas na trave, perderam um shoot-out.....A Engevix não conseguia se acertar de jeito nenhum e torcia para que o jogo acabasse o mas rápido possível, parecia mas uma vez que entregaríamos a “paçoca” mas sabe come é a verdadeira Tropa de Elite e o time da Engevix, faca na caveira, não tempo ruim...lá é assim “Missão dada, Missão cumprida” Engevix 4x2 e fim de papo, rumo a liderança do grupo!!  
 
Gols:
José Antônio Junior (2), Leonardo Mynssen e Tacitos para a Engevix e Uanderson Brandão para o Hemisul.Scet/Techint
 
Destque:
Leonardo Mynssen da Engevix
 
                PRÓXIMOS JOGOS!
 
Nesta quinta-feira teremos o fechamento da segunda rodada da Engecopa e uma boa noção do que cada equipe precisa fazer para se classificar. No primeiro jogo Technip e Estaleiro Mauá duelam por uma reação na Engecopa, as duas equipes precisam vencer para não entrar na última rodada no desespero. O jogo é cercado de muitas expectativas, pois o atacante da Technip Diego Lopes enfrentará seus antigos companheiros de empresa e peladas que prometeram não dar espaços para o camisa 10, que por sua vez prometeu não comemorar os gols marcados em cima de sua antiga empresa. Uma derrota do Mauá significa uma provável eliminação do torneio.
Se no primeiro jogo as equipes precisam vencer, imaginem no segundo. Consórcio PMP e KFW saíram derrotados na primeira rodada e outro resultado negativo poderá significar uma eliminação precoce. Se o PMP comparecer com seu time completo teremos um excelente jogo e sem prognóstico, se forem com a equipe desfalcada como na primeira rodada serão presa fácil para a forte equipe da KFW.
3 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

JÁ TEM EQUIPE CLASSIFICADA!13/11/2010

 
 
 
Na abertura da segunda rodada Promon e Technip protagonizavam um jogo lento e sem muita movimentação até Leonardo Costa alçar uma bola na área e numa indecisão da defesa a bola entra direto. 1x0 Technip B. O jogo ganhou em dinamismo mas não em qualidade. Em boa jogada, Rafael Sloboda tabelou com Alan e empatou o jogo. Num chute de fora da área Rafael Pina fez 2x1. A Technip B implementava uma correria no jogo e a Promon não conseguia encaixar seu jogo. Numa falha da marcação da defesa da Promon, Rafael Quinto empatou o jogo 2x2. O Pivô, André Oliveira dava muito trabalho para Leo Puerari, o beck da Promon. Numa bobeira incrível de Rafael Pina, Eduardo Molinari rouba a bola e faz 3x2. A Promon sentiu o gol e caiu muito de produção enquanto a Technip B tentava aproveitar sua superioridade no jogo. Fim do primeiro tempo. No intervalo o treinador Diego Lopes, integrante da Technip “A”, instruíaos jogadores para a vitória enquanto Rafael Pina promovia mudanças na equipe para tentar a virada.
Começa o segundo tempo e a Promon volta melhor, com uma marcação mais avançada, assumindo os riscos de jogar para a frente. Rafael Pina rouba uma bola, tabela com Alan que deixa sem goleiro para o próprio Pina empatar o jogo. Neste momento a Promon tomava as rédeas da partida. Numa jogada de escanteio a defesa falha e Guto acerta um chutaço virando o jogo pra Promon. 4x3. O técnico da Technip B promovia constantes alterações para tentar mudar o jogo, e tem muitos méritos por organizar um time que nunca jogou junto e estava fazendo um jogo duríssimo. O clima ficou quente quando Bruno Pereira e Alan severo se estranharam em campo. Algumas jogadas mais ríspidas começaram a aparecer e o jogo ganhou um clima tenso. Em boa jogada de pivô, André Oliveira encontra Leandro  Tavares que empata o jogo mais uma vez com um chute no canto 4x4. A Technip B cresceu no jogo mais uma vez e passou a acreditar na vitória, várias jogadas foram criadas, principalmente por Leandro Tavares, numa delas ele recebeu na entrada da área, deu um chapéu e bateu pra fora. Já nos acréscimos, escanteio para a Promon cobrado pra dentro da área e mais uma vez o iluminado Sloboda deu a vitória para a equipe cinza. 5x4 e os atuais campeões são os primeiros a garantir a classificação.
 
Gols:
 
Rafael Pina (2), Rafael Sloboda (2) e Gutemberg Junior para a Promon e Leonardo Costa, Rafael Quinto, Eduardo Molinari e Leandro Tavares para a Technip B
 
Destaque:
Alan Severo da Promon. 
 
No segundo jogo já se esperava um jogo disputadíssimo e não foi diferente, precisando da vitória, as 2 equipes não tiveram escolhas a não ser buscar a vitória.
Marcelo Barbosa, o goleiro da Promon e mesário da partida contou assim:
 
 
O jogo começou muito tenso e pegado, pois ambas equipes estavam em busca da primeira vitória na competição. Não demorou muito e a QUIP fez 1 a 0 numa jogada individual do camisa 7 Guilherme. A partir daí a QUIP recuou e a IESA fez o que se esperava dela, partiu para cima e logo foi premiada o gol do camisa 14 Aílton, num chute despretensioso que teve uma boa colaboração do arqueiro Leonardo. Aos 15 do primeiro, porém, aconteceu o lance mais inusitado da partida, o goleiro da IESA se machucou sozinho e teve que deixar o campo sendo substituído por um jogador de linha. A QUIP então novamente cresceu na partida e em mais um lance individual, só que desta vez do habilidoso Gilberto, fez 2 a 1 e fechou a primeira etapa.
A segunda etapa teve início com a IESA pressionando e num destes momentos de pressão o camisa 9 Vitor chutou uma bola que bateu na trave, correu sobre a linha e saiu. Pouco tempo depois Leandro fez uma grande defesa colocando a bola para escanteio, mas no lance seguinte falhou na saída do gol e o baixinho, porém oportunista, Aílton empatou a partida. Com o jogo empatado as duas equipes se lançaram querendo a vitória, mas foi a QUIP quem foi mais feliz e conseguiu o gol num chute cruzado de Patrick, 3 x 2, placar final.
 
Gols:
 
Guilherme, Gilberto Junior e Patrick para a QUIP e Ailton (2) para a IESA.
 
Destaque:
Gilberto Junior da QUIP

 

PRÓXIMOS JOGOS

 

 

 

Hoje, mais 2 equipes podem garantir classificação para a segunda fase da Engecopa. As 19:30 Chemtech e Taesa se enfrentam, a Taesa que vem de vitória e com outro êxito garante passagem para a próxima fase, eles enfrentarão a forte chemtech que arrancou um empate da Technip na primeira rodada e se credenciou a disputar a classificação dentro do grupo. No segundo jogo Engevix e Hemisul.Scet/Techint duelam num jogo onde o vencedor garante classificação, os 2 venceram na primeira rodada e a primeira colocação do grupo deve sair daí.

3 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

EQUILBRIO TOTAL10/11/2010

 

A Primeira rodada da Engecopa chega ao fim, 1 vitória por 2 gols de diferença, 3 por 1 gol e 2 empates, equilíbrio total.

 

 
Américo Braga, capitão do Consórcio PMP contou assim os jogos de ontem
 
3º dia da ENGECOPA II ... o que falar sobre ele?!
Se você acha que ela começou de freio de mão puxado se engana ! Ontem no campo do Agrião rolaram 2 jogos muito bons.
Primeira partida começa 19:30 e muito bem movimentada, mas com um esquema de jogo claramente definido. Um time, que no primeiro tempo estava de verde (TAESA), esperando o laranja (Estaleiro Mauá) atacar, mas ia com tudo para o contragolpe e outro time tomando as redeas do jogo sendo liderado pelo seu camisa 10! Alias jogador responsável pela maioria dos lances de destaque da laranja mecanica, então faça-se nota: nosso amigo André Brito! Esse logo no início cria uma boa jogada e bate de frente com o que pra mim foi o nome do jogo – Ronald – o camisa 1 do Mauá, eu até falaria em gol perdido do amigo André, mas depois de pelo menos 3 chances claras terminarem nas mãos do arqueiro, a gente começa a considerar o fato de que Ronald não está ali para fazer hamburgueres!
Estou aqui falando dos dois, mas quem foi o produtivo foi o companheiro camisa 5 da TAESA: Alexandre anota o dele aos 9 minutos do primeiro tempo e aproveitou para fazer o Estaleiro navegar para o jogo, e não demorou muito para emergir o primeiro gol laranja, aos 10 minutos Alan Damasceno honrando a 11 do baixinho deixa o dele, creio eu em uma jogada projetada pelo Estaleiro!
Pronto jogo empatado a laranja sendo mecanica, e mesmo o Ronald estando de verde, quem entregou o MC Chiken foi o arqueiro laranja! Aos 14 minutos Thiago Monteiro camisa 8 e capitão ganha o dele!
Mas para fechar com chave de ouro o primeiro tempo, nosso companheiro desbravador das zagas alheias José Pedro, mais conhecido como Zeca, marca um GOLAÇO, passou como bem entendeu pelos zagueiros driblou o goleiro e empurrou para o barbante! Fim da primeira etapa!
Quem achou que os “Mauás” tinham naufragado enganou-se ... não se entregaram em momento algum, no segundo tempo só deu os caras, tanto que conseguiram um gol logo aos 5 minutos Tonho!! Maaaaas como havia dito e não foi de brincadeira o nome do jogo foi Ronald, parou todos os proximos tentos do adversário!
Encerrando o jogo com o placar nesse estado: Estaleiro Mauá 2 x 3 TAESA.
Excelente jogo que ao meu ver teve como destaque seguintes jogadores:
 
 
Gols
Alexandre, Thiago Monteiro e José Pedro pela TAesa e Alan Damasceno e Tonho pelo Estaleiro Mauá.
Destaque:
Ronald da Taesa

 

 

Agora vem o segundo jogo: HEMISUL/TECHINT x PMP
Um jogo marcado pelo cansaço dos garotos do PMP e pela boa estrategia montada pelo time adversario. Os meninos de Vitor Lira se apresentaram em campo sem suplentes para enfrentar um time que tinha pelo menos mais meio time no banco. O mais novo consórcio esportivo não sendo bobo aproveita o fato no desenrolar da partida!
Mas vamos começar do início, até porque pelo fim é meio complicado! O PMP que não fez uma boa pré-temporada foi a campo decido e querendo a vitoria, tanto que abriu o placar logo no início com o velho conhecido Daniel Reis e um pouco depois em bela jogada individual do já citado deixa uns 3 zagueiros para trás, 1 goleiro no chão e uma bola no barbante! Pronto será massacre?! Ingenuidade crer nisso, como já dizem tantos técnicos hoje não existe mais time bobo! HEMISUL/TECHINT acorda para o jogo parte para cima e desconta rapidamente num sao cosme damião fora de época, falha defensiva do PMP que presenteia o camisa 9 com uma saborosa paçoca! E, assim como no início do jogo, não demora muito para sair mais um, desta vez num petardo de fora da área do camisa 3 que o goleiro do PMP nem viu passar, e ainda desfez meu topete recem feito ... vou cobrar!!!!
Pronto 2x2 e o momento perfeito para um time com muitos suplentes começar a usar de sua maioria numérica! Foi o que rolou na segunda etapa, um jogo de xadrez, pacientemente os mais experientes casavam os meninos do PMP, e sabiam que uma hora chegaria ao terceiro! E essa hora ficou evidente quando o camisa 55 recebe o amarelo e desfalca o já desfalcado PMP, 5 minutos suficientes para o terceiro gol aparecer! Numa jogada individual na linha de fundo o jogador, que não tenho anotado o numero, sai do meio de dois zagueiro cruza na área para o companheiro livre empurrar para as redes ... 3x2 !! pronto a partir daí foi só administrar o folego e esgotar ainda mais os PMPnianos, que até seguiram tentando o empate, que ha muito tempo já era um excelente resultado, mas esbarravam na falta de pernas para finalizar!
Fim de papo ... HEMISUL/TECHINT 3 x 2 PMP
Gols:
Aguardando dados do Hemisul.Scet e Daniel Reis (2) pelo PMP.
 
Destaque:
Aguardando.
 
Fim de resenha, peço desculpa se faltou algo, mas é que já são 2am !
Efusivo abraço e até a proxima!!

 

 

 

 

 

 

 

 

RESULTADOS
 
 
 
ENGEVIX 4X3 KFW
 
PROMON 3X1 QUIP
 
TECHNIP 5X5 CHEMTECH
 
TECHNIP B 1X1 IESA
 
ESTALEIRO MAUÁ 2X3 TAESA
 
HEMISUL.SCET/TECHINT 3X2 CONSÓRCIO PMP
 
 
 
CLASSIFICAÇÃO
 
 
 
GRUPO 1
 
 
 
1º - ENGEVIX -  3 PTS
 
2º - HEMISUL.SCET/TECHINT – 3 PTS
 
3º - KFW – 0 PT
 
4º - CONSÓRCIO PMP – 0 PT
 
 
 
GRUPO 2
 
 
 
1º - TAESA – 3 PTS
 
2º - CHEMTECH – 1 PT
 
2º - TECHNIP – 1 PT
 
4º - ESTALEIRO MAUÁ – 0 PT
 
 
 
  GRUPO 3
 
 
 
1º - PROMON – 3 PTS
 
2º - IESA – 1 PT
 
2º - TECHNIP B – 1PT
 
4º - QUIP – 0 PT
 
 
 
ARTILHARIA
 
 
 
Bruno Vigoder (TECHNIP) – 4 gols
 
Leonardo Lins (CHEMTECH) – 4 gols
 
Daniel Reis (PMP) – 2 gols
 
 José Antônio Junior (ENGEVIX) – 2 gols
 
Wallace (KFW) – 2 gols
 
Ivan Curvello (PROMON) – 2 gols

 

 PRÓXIMOS JOGOS!

 

 

 

Amanha começa a 2ª rodada da Engecopa II. Promon e Tchnip B jogam as 19:30. A Promon vem de vitória e pode garantir a classificação, a Technip B promete vir reforçada pois no 1º jogo contou com muitos desfalques.Promon favorita.

O 2º jogo eu não perderia. Quip e IESA fazem um duelo equilibradíssimo onde os 2 precisam da vitória. Pelo que mostraram na primeira rodada eu apostaria na QUIP, mas como meu aproveitamento anda baixo...

 

2 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

FECHANDO A PRIMEIRA RODADA9/11/2010

Os últimos a estrear entram em campo hoje. Estaleiro Mauá e Taesa fazem o primeiro jogo da noite. A equipe de Leonardo Malafaia quer melhorar a imagem deixada na primeira Engecopa onde entrou como um dos favoritos e caiu na primeira fase, o Mauá conta com um time experiente e muito competitivo. A Taesa de Daniel Tinoco é uma incógnita, temos noticias de apenas 1 amistoso realizado por eles. O Mauá é favorito.
No segundo jogo eu espero um grande jogo. O Hemisul.Scet/Techint que nos últimos amistosos encontrou o caminho das vitórias e conta com reforços da Techint, entre eles Felipe Lois que era o capitão da Intertechma na ultima Engecopa enfrentará o fortíssimo time do Consórcio PMP e seu trio de ataque infernal, Pedro Henrique, Daniel Reis e Luis Felipe. Acho que o entrosamento do time do PMP pode fazer a diferença.
 
Palpites?

 

 

 

4 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

TUDO IGUAL5/11/2010

Tudo igual ontem no Alto da Boa Vista, no primeiro jogo a Chemtech surpreendeu a Technip e arrancou um empate no fim do jogo. 5x5. No segundo jogo, outra surpesa, a Technip B, time montado as pressas para suprir uma desistência no campeonato fez jogo duro com a IESA e vencia até o fim do jogo quando a IESA empatou.
 
Desse primeiro jogo saíram os artilheiros da Engecopa até agora. O experiente Bruno Vigoder e a revelação Leonardo Lins, filho do nosso amigo Antonio Lins aqui da Promon, com quem brinquei hoje dizendo: “O Garotão já é o artilheiro da Engecopa!!”  e tive a seguinte resposta: “É genético!”. Não mete essa Lins.
 
Bruno Vigoder contou assim o jogo.
 
O jogo começou bastante equilibrado, com as equipes se respeitando muito.
Quando parecia que o 1º tempo terminaria empatado, a Technip fez 1 x 0 no numa arrancada do zagueiro Lima. No incio do 2º tempo, Bruno Vigoder fez 2 x 0 de falta numa jogada tipica de futebol americano, entrou somente para bater a e saiu. Quando parecia que a Technip ia deslanchar, a Chemtech partiu para cima e passou a dominar completamente a partida, conseguindo uma virada espetacular . O jogo pegou fogo. Nesse momento, a Chemtech estava com a partida nas mãos, e a Technip acusou o golpe mas quando parecia morta, conseguiu 3 gols em 5 min (5 x 3) e parecia ter dados numeros finais a partida, porém a Chemtech correu atrás e buscou o placar, empatando (5 x 5) no último minuto.
 
Gols:
Bruno Vigoder (4) e Roberto Lima para a Technip e Leonardo Lins (4) e Hildo Muniz para a Chemtech.
Destaque:
Leonardo Lins da Chemtech
 
 
 
 
A segunda partida parecia que seria uma covardia. A IESA, com um retrospecto invejável nos amistosos e um batalhão de jogadores contra a Technip B com o plantel contado, 1 reserva e nunca haviam jogado juntos. Bem, mas dentro de campo são 7 contra 7. O que se viu foi um jogo nervoso, muita disposição e chances perdidas, os goleiros Diego Silva e Cleber Ronaldo foram com sobras os destaques da partida. Operaram verdadeiros milagres, pararam os atacantes. A IESA tomou a iniciativa da partida o tempo todo, suas principais peças eram Pedro Voto, que empregava muita disposição e arriscava alguns chutes fortes de fora da área e Rafael Paiva sempre que entrava dava qualidade ao toque de bola da IESA. Pelo lado da Technip B, Rafael Quinto e Leandro Tavares criavam as principais jogadas. A IESA perde alguns gols incríveis no primeiro tempo e Rafael Paiva acerta uma bola no travessão com muita categoria. A Technip B se limitava a alguns chutes de fora da área, 2 deles obrigaram Cleber Ronaldo a fazer excelentes defesas. Veio o segundo tempo e o 0x0 insistia em continuar no placar, a IESA, cada vez mais pressionava a Technip B e obrigava Diego Silva a se desdobrar lá atrás, eram chances atrás de chances. Até que aquela velha máxima do futebol se mostrou verdadeira, a IESA não fez e a Technip B num contra com Leandro Tavares que partiu no mano a mano, driblou o zagueiro  e chutou de canhota, fez 1x0. Um balde de água fria na equipe da IESA. Daí pra frente foi ataque contra defesa, a Technip B ainda teve uma chance cara a cara que Eduardo Molinari perdeu e só. A IESA era todo ataque e a Technip abdicou de jogar, eles se limitavam a defender e quando tinham a bola devolviam para a defesa da IESA. Pecado grave do heroico time da Technip B, já no fim jogo, em boa troca de passes, a bola sobra para Vitor Raja, jogador do União Carioca, equipe da primeira divisão do Society Carioca. Ele apenas empurrou para o gol para delírio dos atletas da IESA. Fim de papo. 1x1. E uma batalha se anuncia. IESA x QUIP, 2 boas equipes precisando vencer no campeonato. Quinta que vem.
 
Gols:
Leandro Tavares para a Technip B e Vitor Raja para a IESA.
Destaque:
Diego Silva da Technip B

 

1 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

MAIS ESTREIAS3/11/2010

 

 

Mais estreias amanha na Engecopa. A favorita ao título Technip encara uma parada dura contra a Chemtech, os franco-brasileiros conseguiram resultados expressivos nos amistosos e tem um time muito bem comandado por Bruno Vigoder que segundo informações começará no banco. A Chemtech teve seu time reformulado e conta com o zagueirão Monteiro que orienta bastante a defesa. Um jogador de destaque na primeira Engecopa foi o zagueiro Marcos Werneck que não costuma dar espaço para os atacantes adversários. A Technip é favorita.
No outro jogo a Technip B vai tentar surpreender a forte equipe da IESA. Ainda não tive a oportunidade de ver nenhuma das equipes atuando mas pelos resultados dos amistosos colocaria a IESA como grande favorita.
Vamos palpitar no bolão galera!!
4 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PRIMEIRA RODADA29/10/2010

Primeira rodada em grande estilo na Engecopa. Na primeira partida a Engevix fez jus ao favoritismo e venceu a KFW por 4x3. Cercado de expectativas, a equipe da KFW apresentou um time com muita disposição e habilidoso. O “Fenomeno” Wallace fazia um bom trabalho de Pivô, Luiz Américo, um meia liso e habilidoso criava as principais jogadas de ataque. O jogo começou muito corrido e pegado porém sem muitas chances de parte a parte. A primeira chance foi num contra ataque da Engevix onde Juninho perdeu o gol de frente, fato raro. A KFW tentava alguns arremates mas não conseguia penetrar a forte marcação da Engevix. Foi aí que a KFW cometeu um erro fatal, num escanteio deixaram Juninho livre e o artilheiro da 1ª ENgecopa não perdoou. 1x0. O jogo ficou um pouco mais truncado e as chances de gols raras. Vem o segundo tempo e a KFW veio disposta a reagir, com amplo domínio da posse de bola a equipe de Alan não conseguia traduzir em gols sua superioridade. O Wallace já estava ficando irritado com a implacável marcação do zagueirão Tacitos. A KFW não aprendeu com o erro no 1º tempo e deixou novamente Juninho livre que marcou o segundo. 2x0. A KFW partia de qualquer maneira e abria os espaços para os contra ataques. Em 2 bolas roubadas Leonardo Mynssem e Tacidos, agora jogando mais adiantado, fizeram 4x0. Um placar a meu ver injusto com o que estava sendo o jogo. Parecia fatura liquidada, parecia. Apoiado por sua torcida, a KFW botou a faca nos dentes e foi pra cima, a Engevix dava sinais de cansaço. Wallace, o fenômeno, entrou em ação e com muita raça fez 2 gols. 4x2. O jogou ficou tenso. André Fernandes fez o terceiro da KFW, coroando uma bela atuação. 4x3. No ultimo lance da partida, André Fernandes chutou e a bola caprichosamente bateu na trave. Não houve tempo para mais nada e o placar ficou mais parecido com o que foi o jogo.
Gols:
Juninho (2), Tacitos e Leonardo para a Engevix e Wallace (2) e André Fernandes para a KFW.
Destaque:
Tacitos da Engevix
 
 
 
No segundo jogo a esperança era de uma partida bem disputada e foi isso que se viu. Promon e QUIP protagonizavam um jogo chato e sem grandes jogadas até a QUIP encaixar um contra ataque e fazer 1x0 com Patrick batendo no canto do goleiro Marcelo que nada pode fazer. A Promon teve que avançar um pouco mais porém tinha dificuldades na criação de jogadas. Num lateral ofensivo a Promon acha um gol com Ivan de cabeça na falha do goleiro Leonardo. O jogo permaneceu equilibrado. O habilidoso capitão Gilberto armava as principais jogadas da QUIP, que contava com o implacável Mesquita que além de ajudar muito a defesa apoiava com qualidade o ataque sempre que solicitado. Vem o segundo tempo e a Promon faz algumas alterações para dar dinamismo ao time. Os cinzas exageram nas faltas e dão muitas chances a QUIP que as desperdiça. Numa linda jogada, Rodrigo Alves recebe na meia esqueda, ameaça o chute, corta pro meio e manda um chutaço na gaveta, o gol mais bonito da noite. 2x1 para a Promon. A QUIP se lança ao ataque e a Promon tinha em Ivan seu principal jogador e armador de jogadas. Em jogada pela direita, Ivan recebe na área e sofre Pênalti, ele mesmo bate e faz 3x1. A Promon recua demais, traz a QUIP a frente e não consegue encaixar seus contra ataques para matar o jogo. Em jogada pelo meio Gilberto se desvencilha da marcação e reclama de falta clara não marcada pelo arbitro, ele reclama asperamente com arbitro e recebe o cartão Azul. Com 1 jogador a menos a QUIP teve seu ímpeto contido pela Promon que passou a tocar a bola e perder gols. Já com o time recomposto, a QUIP teve um shoot-out a seu favor onde o goleiro da Promon, Marcelo fez excelente defesa. Fim de jogo. 3x1 para a Promon.
Gols
Ivan (2) e Rodrigo Alves para a Promon e Patrick pela QUIP.
Destaque:
Ivan Curvello da Promon

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

VAI COMEÇAR!27/10/2010

Finalmente chegou o grande dia. Vai começar a II Engecopa.
Amanha as emoções voltam ao campo do Agrião. Alegria, frustração, tensão, o futebol nos convida a um mergulho num mundo de heróis e vilões, companheiro e “inimigo”, numa batalha onde os vencedores e os vencidos se dão as mãos ao final do embate, e o suor ao final de cada partida é a tradução física do esforço feito pela vitória. O gol de placa, a bola na trave, o frango do goleiro, a bola que vai entrando e o zagueiro aparece para tirar em cima da linha, fazem parte do espetáculo em que nós somos os protagonistas. Todos nós brasileiros amantes do futebol somos jogadores de futebol frustrados e nesse momento nos tornamos “Romário”, “Kaká”, “Dunga”. Jogadores implacáveis, imarcáveis e imparáveis. Pois bem, o show vai começar!
No primeiro jogo Engevix e KFW devem fazer um bom jogo, o time da KFW ainda não é familiar e pode surpreender, mas a Engevix de Renato, Juninho e Marcelo é favorita. Apesar de Renato, o cérebro do time estar fora do país a trabalho e desfalcará os Rubro Anis.
O segundo jogo promete ser mais equilibrado, a Promon entra para defender o título com um time mais fraco que o anterior porém competitivo. É de se esperar um respeito grande entre as equipes e um jogo duríssimo. Leve favoritismo para a Promon.
Vamos inaugurar o Bolão da ENgecopa com os palpites para os jogos nos comentários, vamos ver se as previsões se concretizam.
3 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

II ENGECOPA É DETAQUE NO JORNAL DA IESA27/10/2010

 

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

II ENGECOPA11/10/2010

 

 

 

DIVISÃO DOS GRUPOS:

 

Grupos aparentemente equilibrados, muitas equipes ainda desconhecidas para a maioria. A II Engecopa promete fortes emoções e um nível técnico acima do apresentado na primeira, isso porque as equipes levaram a sério a fase de preparação e conseguiram melhorar seu padrão de jogo.
Grupo 1
A Engevix entra como favorita, como sempre. Renato Lopes comanda um meio campo habilidoso junto com Marcelo e conta com a precisão de Juninho nas finalizações, o artilheiro da 1ª Engecopa com o dobro de gols do 2º colocado.A equipe conta ainda  Tacitus na defesa, além do bom goleiro Luis Fernando. A equipe venceu todos os amistosos que disputou até hoje e conta com apenas 1 derrota em seu cartel, a Histórica semifinal contra a Technip .  A KFW é uma incógnita pois ainda não jogou nenhum amistoso, o capitão Alan faz questão de manter em sigilo sua equipe . O Hemisul.Scet está com dificuldades para montar o elenco, depois de uma fraca participação na primeira Engecopa quando perdeu os 3 jogos, a equipe continuou sua série de derrotas nos amistosos preparatório até semana passada que venceu os 2 jogos e ganhou gás, Luciano Mendonça está fazendo das tripas coração para formar um elenco competitivo. O Consórcio PMP conta mais uma vez com uma equipe habilidosa e muito veloz, Américo Braga comanda a equipe com mais recursos técnicos, que conta com grandes jogadores como Luiz Felipe, Pedro Henrique e Daniel Reis, mas os meninos precisam transformar a técnica em resultados.
Grupo 2
A Technip foi a empresa que mais se preparou para essa Engecopa, os Franco Brasileiros reforçaram o elenco que já era muito bom, vão para os jogos com muitos suplentes e conseguem manter o jogo acelerado o tempo todo. Bruno Vigoder conta com a boa técnica de Leonardo Belaciano na armação de jogadas e ele próprio, Bruno como Pivô na distribuição de bolas e finalização. A equipe conta ainda com Rogério Abreu e toda a vitalidade do zagueirão Lima no auge dos seus cinquenta de tantos anos. A Chemtech promete um time renovado, com uma campanha ruim na 1ª Engecopa a equipe foi toda remodelada inclusive seu comando, Hildo deixou o cargo e agora a gestão do futebol chemtechiano é dupla, Carlos Pereira e Waldenir Monteiro dividem a tarefa. O Estaleiro Mauá que entrou como um dos favoritos da 1ª Engecopa mas foi eliminado precocemente, desta vez quer fazer bonito, Leonardo Malafaia manteve sua equipe em segredo e deve vir forte. A Taesa é uma equipe nova, fez apenas 1 amistoso e não sabemos o que esperar deles.
 
Grupo 3
A atual campeã Promon sofreu com a janela e conta com compromissos pessoais de alguns de seus principais jogadores, porém pretendem manter a tradição e lutar pelo bicampeonato. Rafael Pina permanece a frente dos Cinzas que mantiveram a base da equipe com modificações apenas no ataque, Leo Puerari e Ivan Curvello que se destacaram na ultima conquista continuam na equipe. A Quip realizou jogos amistosos e fez jogo duro com os principais candidatos ao título, Gilberto Carneiro comanda  uma equipe que vai dar trabalho. A Projectus fez apenas um amistoso e não sabemos o que esperar da equipe de Diego Lopes. A Iesa foi a sensação dos primeiros amistosos com vitórias muito convincentes, a equipe perdeu gás com a derrota contra a Engevix, mas se reencontrou no últimos amistoso quando venceu a Quip, pra mim a equipe de Pedro Voto é uma das favoritas ao título.
 

 

 

8 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

CARTOLA FC27/8/2010

CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DA LIGA ENGENHARIA FC

16ª RODADA

1º -   Rio Roma F.C. - Rafael Pina - 920,86

2º -   E. C. KLOH - Edu Rabello - 876,64

3º -   L.D.GUGA - Gustavo Costa - 803,5

4º -   Weares FC - Mestre dos Magos - 414,79

5º -   Siol FC - Felipe Lois - 413,39

 

 

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

MERCADO DA BOLA13/8/2010
 
 
Com a proximidade da Engecopa II o mercado começa a aquecer, as equipes começam a se estruturar para mais uma competição. Alguns amistosos já estão sendo marcados.
A Promon promoveu um campeonato interno para revelar jogadores para sua campanha do BI. O time sofreu com a janela de transferências perdendo 2 jogadores importantíssimos. Diego Lopes e André Ribeiro.
A Technip abriu os cofres e contratou Diego Lopes, polêmico atacante que se destacou no título Promoniano. Além disso os Franco-Brasileiros estão fazendo uma maior divulgação interna para captação de craques.
A Engevix está mudando de comando, Renato Lopes  assumiu a equipe  prometendo o título.
A Quip contará com Mesquita que disputou a ultima Engecopa pela Intertechma.
Felipe Lois deixou a Intertechma e promete trazer uma equipe de “Hermanos” da Techint.
Vitor Lira se afastou temporariamente do comando do PMP e deixou com Américo Braga a incumbência de revelar ou contratar um goleiro.

 

6 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PROMON CAMPEÃ!!23/6/2010
 
 
 
Noite de grandes emoções no alto da boa vista, em uma grande final a Promon superou a Technip e se sagrou campeã da Engecopa 2010. Parabéns aos campeões!
 
Debaixo de chuva fina e frio no alto da boa vista a Promon venceu a Technip por 3x1 num jogo muito estudado. A Technip começou melhor tendo as melhores oportunidades para abrir o placar, porém a Promon foi quem inaugurou o marcador, em bola disputada na área ela sobra para Rafael Pina que coloca a bola na cabeça de Diego Lopes que abre o marcador. As equipes não abriam brechas em suas defesas e o craque technipiano, Leonardo Belaciano estava muito bem marcado. Bruno Vigoder, muito bem marcado por Leonardo Puerari mas sempre desferindo seus potentes chutes, não conseguia vazar a meta defendida pelo goleiro Marcelo. Ivan tabelou com Rafael Pina e deixou Raphael Freitas de cara para fazer o segundo gol Promoniano levando a loucura os muitos torcedores da Promon (uma van) que lotaram o Campo do Agrião. Veio o segundo tempo e a Technip continuava tendo as melhores oportunidades, porém a defesa da Promon estava num dia muito feliz. Num contra ataque, Raphael Freitas pega no mano a mano com o marcador, se enrola, mas mesmo assim finaliza no cantinho para fazer 3x0. Parecia que a fatura estava liquidada. Numa bobeira Promoniana que pedia um escanteio, a Technip encaixa o contra ataque e Rafael Quinto diminui o marcador. A partir daí foi pura pressão da Technip, Faltando 5 min. Para acabar o jogo, Leo Puerari faz falta frontal a área e recebe o amarelo, com menos 1 a Promon teve que se virar para segurar o marcador a seu favor. Bruno Vigoder chamou a responsabilidade já que Belaciano não consegui os espaços. Com 3 faltas frontais a meta, 2 tiradas em cima da linha por André Ribeiro e uma brilhantemente defendida por Marcelo, a Technip teve suas melhores chances para diminuir e empatar o jogo. Fim de jogo, festa cinza no alto e a 1 primeira Engecopa chega ao fim com a Promon levantando o caneco!
 
A Engevix ficou com o terceiro lugar após uma constrangida presença incompleta da equipe da Intertechma. No horário reservado para a partida foi jogada uma pelada. Conforme havia deixado claro aqui no blog, a INtertechma está punida com a exclusão de futuras competições organizada por esse blog, a punição não se entende aos atletas que estiveram presentes ontem no Campo do Agrão que caso saiam da empresa podem atuar por outra.
 
RESULTADOS 1ª FASE:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓRCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓRCIO PMP
 ESTALEIRO MAUÁ 4 X 6 INTERTECHMA
HEMISUL.SCET 2 X 7 ENGEVIX
CHEMTECH 3 X 6 CONSÓRCIO PMP
PROMON 1 X 1 TECHNIP
ESTALEIRO MAUÁ 2 X 4 ENGEVIX
IHEMISUL.SCET 3 X 4 INTERTECHMA
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 5 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 5 pts – SG+1
3º - PMP – 4 pts – SG +2
4º - CHEMTECH – 1 pt – SG-5
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 9 pts – SG +10
2º - INTERTECHMA – 6 pts – SG  0
3º - MAUÁ – 3 pts – SG -3
4º - HEMISUL.SCET – 0 pts – SG -7
 
SEMIFINAIS:
PROMON 6 X 2 INTERTECHMA
ENGEVIX 4 X 5 TECHNIP
 
DECISÃO DE TERCEIRO LUGAR
INTERTECHMA 0 X 2 ENGEVIX (WO a favor da Engevix)
 
FINAL
PROMON 3 X 1 TECHNIP
 
COLOCAÇÃO FINAL
1 - PROMON
2 - TECHNIP
3 - ENGEVIX
4 - INTERTECHMA
5 - CONSÓRCIO PMP
6 - ESTALEIRO MAUÁ
7 - CHEMTECH 
8 - HEMISUL.SCET
 
ARTILHARIA:
José Antonio - ENGEVIX - 12 GOLS
Raphael Freitas - PROMON - 6 GOLS
Evandro da Silva - INTERTECHMA - 6 GOLS
Renato Lopes - ENGEVIX - 5 GOLS
Rafael Sloboda - PROMON - 5 GOLS
Diego Lopes - PROMON - 4 GOLS
Hildo Muniz - CHEMTECH - 4 GOLS
Bruno Vigoder - TECHNIP - 4 GOLS
Leonardo Belaciano - TECHNIP - 3 GOLS
Rogério Abreu - TECHNIP - 3 GOLS
Pedro Magalhães - PMP - 3 GOLS
Marco Mesquita - INTERTECHMA - 3 GOLS
Geovani Coutinho - CHEMTECH - 2 GOLS
Felipe Lois - INTERTECHMA - 2 GOLS
Eldo da Silva - INTERTECHMA - 2 GOLS
Fábio Ribeiro - INTERTECHMA - 2 GOLS
Vitor Gabaglia - INTERTECHMA - 2 GOLS
Marcio Fiorani - HEMISUL.SCET - 2 GOLS
Vladimir Carvalho - MAUÁ - 2 GOLS
Leonardo Malafaia - MAUÁ - 2 GOLS
André Luiz - MAUÁ - 2 GOLS
Marco Aurélio - PMP - 2 GOLS
Daniel Reis - PMP - 2 GOLS
Luis Fernandes - PMP - 2 GOLS
Everton Novaes - PMP - 2 GOLS
Marcelo Fonseca - ENGEVIX - 2 GOLS
Leonardo Augusto - ENGEVIX - 2 GOLS
Jorge Souza - TECHNIP - 1 GOL
Rafael Quinto – TECHNIP – 1 GOL
Alan Damasceno - MAUÁ - 1 GOL
Gleison Batista - MAUÁ - 1 GOL
Marcone - MAUÁ - 1 GOL
Thiago - MAUÁ - 1 GOL
Danilo Gonçalves - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Luciano Aragão - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Alexandre Faccini - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Júlio Tavares - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Daniel Uemoto - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Rodrigo Dias - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Américo Braga - PMP - 1 GOL
Vitor Lira - PMP - 1 GOL
José Carlos - ENGEVIX - 1 GOL
Gustavo Teixeira - ENGEVIX - 1 GOL
Leonardo Puerari - PROMON - 1 GOL
Ivan Curvello - PROMON - 1 GOL
André Ribeiro - PROMON - 1 GOL

 

 

Videos da Premiação:

http://www.youtube.com/watch?v=yvz15B00OS8

http://www.youtube.com/watch?v=gJtSxtjnxcU

http://www.youtube.com/watch?v=M5aWXsTO9d8

http://www.youtube.com/watch?v=1MQedXUXd_I

 http://www.youtube.com/watch?v=dr3jgCcD3Hg

http://www.youtube.com/watch?v=m82NdSSt0uU

 


 

Final
 
 
Artilheiro – José Antônio (ENGEVIX)
 
 
Melhor jogador – Leonardo Puerari (PROMON)
 
 
Terceiro colocado – ENGEVIX
 
 
Segundo Colocado – TECHNIP
 
 
Campeã – PROMON
 
 
O Artilheiro do campeonato e o melhor jogador, um atacante e um zagueiro, pena eles não terem se enfrentado. Detalhe para o Radamés (Jogador do Fluminense e namorado da Viviane Araújo) de "Robert" querendo aparecer aqui no blog. 

 

 
 
 
SELEÇÃO DO CAMPEONATO

 

6 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PRÉ JOGO - FINAL16/6/2010

 

Chegamos a parte mais importante da Engecopa, a grande final. Promon e Technip, que já se enfrentaram na primeira fase, 1x1, se encontrarão novamente para decidir a Engecopa.
As duas equipes tem as melhores defesas da competição, com apenas 9 gols sofridos. A Promon tem um ataque mais eficiente que seu adversário com 15 gols marcados enquanto a Technip marcou 11. Ao que tudo indica teremos um jogo bastante truncado e que poderá ser decidido em detalhes. Curiosamente, contando os jogos da Engecopa e amistosos, os 2 finalistas só foram derrotados apenas uma vez, e o Consórcio PMP foi o algoz dos 2. Como eu previ antes do inicio da competição, o grupo 1 era realmente o grupo da morte, as duas equipes classificadas nesse grupo farão a final.
 
O blog Engenharia FC entrevistou os 2 capitães das equipes, Rafael Pina, camisa 5 da Promon e Bruno Vigoder camisa 21 da Technip, para saber um pouco mais sobre suas equipes.
Como fez a seleção dos seus jogadores?
Rafael Pina: Temos uma pelada as quartas-feiras no leme, a base do time saiu de lá. Alguns jogadores eu sabia que jogavam bem e chamei mesmo sem freqüentar a pelada.
Bruno Vigoder: A base veio do pessoal da pelada semanal (que tínhamos acabado de criar) com algumas contratações pontuais dentro da empresa.
Qual foi o jogo mais difícil?
RP: Tivemos 3 jogos muito difíceis da primeira fase onde começamos perdendo nos 3. Acho que o jogo contra a Technip foi o mais complicado, pois ficamos durante 10 min. atrás no placar e esse resultado nos eliminaria. Foi bem tenso.
BV: Apesar dos dois empates e da semi-final terem sido muito disputados, acho que o primeiro jogo (x PMP) foi o mais complicado até agora.

De uma breve descrição de como seu time joga.
RP: Um time de muita marcação, com posições bem definidas, muita disciplina e toque de bola.
BV: Considero nosso time bem organizado na defesa e tranquilo nos momentos decisivos.

Quais as funções dos jogadores dentro da empresa?
RP: Temos Engenheiros de tubulação, civis, de produção, administrador e projetistas.
BV: Temos 2 engenheiros de instrumentação, diligenciador, desenhista, estagiário, projetistas, coordenador de logística, arquivista, coordenador de procurement e engenheiro de planejamento.
O que está achando da organização da Engecopa?
RP: Acho que está atendendo as expectativas.
BV: Excelente !! Todos os assuntos, por mais que polêmicos, são amplamente
debatidos entre todos os representantes e jogadores.

Pra vc quem está sendo o destaque do campeonato?
RP: Leonardo Belaciano (TECHNIP), Leonardo Puerari (PROMON) e José Antônio (Júnior) (ENGEVIX).
BV: Acho dificil responder pois não vi a maioria dos jogos.

Quem você considera o favorito ao título?
RP: Não tem.
BV: Pelo primeiro entre as equipes finalistas, acho que a final não tem favorito. Considerando os resultados dos amistosos e da 1ª fase, incluiria a Engevix, PMP e Mauá.

Quando inscreveu sua equipe, até onde esperava chegar?
RP: Esperava e ainda espero ser campeão.
BV: Sinceramente sempre achei que nosso time não faria feio porém como foi o 1º campeonato e não conhecíamos os participantes, não tinha como arriscar qualquer palpite.

 
 

 

4 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

GRANDE FINAL9/6/2010

 

 
As 2 melhores defesas do campeonato se deram melhor em cima dos 2 melhores ataques, em jogos onde não faltaram emoções. Promon e Technip farão a grande final da Engecopa.
No primeiro jogo semifinal, Promon e Intertechma se enfrentaram em um jogo cercado de tensões, algumas provocações feitas semanas antes vieram a tona e o jogo começou com clima tenso. Mantendo seu estilo dentro do campeonato, a Promon tentava tocar a bola e buscar as jogadas de Pivô. A Inter com jogadores habilidosos, buscava mais as jogadas individuais para chegar ao gol. De falta, Rafael Soloboda abriu o placar para a Promon. A Inter buscava as oportunidades, mas esbarrava na boa atuação do arqueiro Marcelo da Promon. A Promon usava seu Pivô Diego como válvula de escape, este estava conseguindo levar vantagem sobre seus marcadores. Em um certo momento o jogo ficou tenso, Diego e Mesquita trocaram empurrões e ofensas e o arbitro deu amarelo para os 2 que continuaram os estranhamentos do lado de fora. Os ânimos esfriaram e o jogo prosseguiu normalmente. Veio o segundo tempo e em linda jogada, Leonardo Puerari, o destaque em campo, fez o segundo em linda jogada individual. Além do gol, este foi muito eficiente nos desarmes defensivos. De falta, Evandro da Silva diminuiu para a Inter e botou fogo no jogo. Nesse momento a Inter estava melhor no jogo e parecia que conseguiria o empate. Porém a Promon tinha o iluminado Sloboda, sempre fazendo os gols em momentos difíceis, este fez o terceiro da Promon. Ivan bateu falta e André escorou para o gol, marcando o quarto. Mesquita, em bonita jogada, driblou o marcador e fez o segundo da Inter. Aí veio o lance capital da partida, Promon no ataque Raphael Freitas gira em cima do zagueiro mas o juiz marca falta de ataque, como era a sexta falta, a Inter teve um Shoot-out a seu favor. Evandro tomou distancia e quando o juiz apitou a defesa Promoniana partiu para cima da bola impossibilitando a conclusão de Evandro, este argumentando que os Promonianos teriam partido antes do apito, se descontrolou e tomou cartão amarelo. Com um a mais a Promon aproveitou e marcou o quinto gol com Freitas, com muita frieza tocando por cima do goleiro. Já no fim, Ivan, em belo chute fez sexto selando a vitória Cinza. 6x2.
Destaque: Leonardo Puerari (Promon)
Gols:
Promon: (2) Rafael Sloboda, Leonardo Puerari,  Raphael Freitas, Ivan Curvello e André Ribeiro
Intertechma: Marco Mesquita e Evandro da Silva.
 
 O segundo jogo foi assim contado por Daniel Godoy.
 
Na 2ª semi-final, enfretaram-se Technip e Engevix, equipe com a melhor campanha na 1ª fase e, até então, favorita ao título. Technip contava com sua equipe completa, Bruno Vigoder (21) no ataque e goleiro titular (lembrando que Bruno precisou demonstrar suas habilidades no gol no último jogo da 1ª fase), e a Engevix com ausência de nada mais, nada menos que o zagueirão Tacitus, sem condições de jogo.
 
O placar foi inaugurado e encerrado pelo mesmo jogador, mas vamos à seqüência dos fatos. Parecia que o frio deixou em estado de dormência os vermelhos da Engevix, e, aos 30segundos de jogo, Léo Belaciano (7) pressiona o zagueiro que entrega o bronze (prata e ouro foram guardados para mais tarde) e deixa Bruno Vigoder apenas para empurrar pro gol e deixar a Technip já à frente do placar. Os minutos de digestão da adversidade foram longos, e os vermelhos demoraram a por em prática o futebol que os levou à condição de favoritos ao título, a pontaria não estava no prumo de outrora. Renato Lopes(10), Thiago Bagatoli(9) e Léo Augusto(14) precisaram perder 3 gols e até acertar a trave, para o artilheiro José Antonio Jr. (7) marcar o primeiro da noite num belo meio voleio e deixar tudo empatado. A etapa prosseguiu com a Engevix tentando imprimir sua melhor qualidade técnica e desperdiçando gols de tudo que é jeito (e que fariam falta no final) e a Technip explorando as jogadas de pivô com Bruno. E deixa-lo chutar é meio gol, Bruno marca o 2º para os brancos com um petardo que nem Luis Fernando(1) conseguiu evitar. Antes de acabar a 1ª etapa, Bruno, mais uma vez, e com inveja do adversário, acerta um voleio também, mas não teve a mesma sorte, e dessa vez o nº 1 “engevixiano” se mostrou presente.
 
Nos 25min complementares, as duas equipes deixaram de lado a tipicidade de um jogo decisivo, truncado e respeitoso, e se lançaram ao ataque. Belaciano, de quem pode se esperar sempre uma jogada de efeito, gira em cima da defesa vermelha e amplia o placar. Technip 3x1. Na saída de bola, Engevix se vê com seus sistemas de comunicação desligados, e Bruno garimpa a prata. Com 4x1 no placar, estaria o jogo encerrado? Ainda não, faltava o ouro. Engevix atordoada e nitidamente desanimada. Rogério Gonçalves(16) teve oportunidade de liquidar a partida num lance cara a cara com o goleiro. Sem a mesma inspiração de outros jogos e totalmente desconcentrada, a equipe da Engevix encontra um gol e volta ao jogo com Renato Lopes,  4x2. O centésimo gol da Engecopa. Na sequência da partida, o técnico Sidnei viu seus jogadores repetirem os erros de finalização, e em muitas jogadas parecia até ação do azar. Em jogada de escanteio, a Technip se desguarnece defensivamente, e no contra-ataque puxado em velocidade, Juninho conduz da defesa ao ataque e finaliza. 4x3. Quem disse que os vermelhos estavam mortos? O gol de empate parecia que sairia a qualquer momento. Juninho, praticamente em cima da linha, ainda acerta inacreditavelmente a trave. O duelo da noite era José Antonio Jr. X Bruno Vigoder. Juninho empata o jogo e o duelo a 30 segundos do fim e leva ao delírio os jogadores da Engevix...Fogo no frio Alto da Boavista. Quando já íamos encaminhando para o final da partida, organizadores revendo o regulamento para a fórmula do desempate, eis que o dourado brilha e o ourives Vigoder não perdoa a falha do grande goleiro Luis Fernando, que vinha tendo atuações impecáveis na competição. Technip 5x4. Fim da batalha digna de uma semi-final. O resultado foi justo, no futebol vence quem erra menos. E Bruno nos próximos meses abrirá o empreendimento “Joalheria Vigoder”.
Destaque: Bruno Vigoder da Technip
Gols:
Engevix: (3) Júnior e Renato Lopes
Technip: (4) Bruno Vigoder e Leonardo Belaciano
 
 
RESULTADOS 1ª FASE:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓRCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓRCIO PMP
 ESTALEIRO MAUÁ 4 X 6 INTERTECHMA
HEMISUL.SCET 2 X 7 ENGEVIX
CHEMTECH 3 X 6 CONSÓRCIO PMP
PROMON 1 X 1 TECHNIP
ESTALEIRO MAUÁ 2 X 4 ENGEVIX
IHEMISUL.SCET 3 X 4 INTERTECHMA
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 5 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 5 pts – SG+1
3º - PMP – 4 pts – SG +2
4º - CHEMTECH – 1 pt – SG-5
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 9 pts – SG +10
2º - INTERTECHMA – 6 pts – SG  0
3º - MAUÁ – 3 pts – SG -3
4º - HEMISUL.SCET – 0 pts – SG -7
 
SEMIFINAIS:
PROMON 6 X 2 INTERTECHMA
ENGEVIX 4 X 5 TECHNIP
 
ARTILHARIA:
José Antonio - ENGEVIX - 12 GOLS
Evandro da Silva - INTERTECHMA - 6 GOLS
Renato Lopes - ENGEVIX - 5 GOLS
Rafael Sloboda - PROMON - 5 GOLS
Hildo Muniz - CHEMTECH - 4 GOLS
Raphael Freitas - PROMON - 4 GOLS
Bruno Vigoder - TECHNIP - 4 GOLS
Leonardo Belaciano - TECHNIP - 3 GOLS
Rogério Abreu - TECHNIP - 3 GOLS
Diego Lopes - PROMON - 3 GOLS
Pedro Magalhães - PMP - 3 GOLS
Marco Mesquita - INTERTECHMA - 3 GOLS
Geovani Coutinho - CHEMTECH - 2 GOLS
Felipe Lois - INTERTECHMA - 2 GOLS
Eldo da Silva - INTERTECHMA - 2 GOLS
Fábio Ribeiro - INTERTECHMA - 2 GOLS
Vitor Gabaglia - INTERTECHMA - 2 GOLS
Marcio Fiorani - HEMISUL.SCET - 2 GOLS
Vladimir Carvalho - MAUÁ - 2 GOLS
Leonardo Malafaia - MAUÁ - 2 GOLS
André Luiz - MAUÁ - 2 GOLS
Marco Aurélio - PMP - 2 GOLS
Daniel Reis - PMP - 2 GOLS
Luis Fernandes - PMP - 2 GOLS
Everton Novaes - PMP - 2 GOLS
Marcelo Fonseca - ENGEVIX - 2 GOLS
Leonardo Augusto - ENGEVIX - 2 GOLS
Jorge Souza - TECHNIP - 1 GOL
Alan Damasceno - MAUÁ - 1 GOL
Gleison Batista - MAUÁ - 1 GOL
Marcone - MAUÁ - 1 GOL
Thiago - MAUÁ - 1 GOL
Danilo Gonçalves - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Luciano Aragão - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Alexandre Faccini - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Júlio Tavares - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Daniel Uemoto - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Rodrigo Dias - HEMISUL.SCET - 1 GOL
Américo Braga - PMP - 1 GOL
Vitor Lira - PMP - 1 GOL
José Carlos - ENGEVIX - 1 GOL
Gustavo Teixeira - ENGEVIX - 1 GOL
Leonardo Puerari - PROMON - 1 GOL
Ivan Curvello - PROMON - 1 GOL
André Ribeiro - PROMON - 1 GOL
 
 
A FINAL e a decisão de terceiro lugar serão realizadas no dia 22 de junho as 19:30 no Alto da Boa Vista, a ideia da organização era fazer num domingo para que os familiares pudessem participar das comemorações, mas alguns atletas das equipes tem compromisso aos domingos e não seria justo uma final com times desfalcados. Ao término da Final entregaremos as premiações nesta ordem: Equipe terceira colocada, equipe segunda colocada, Artilheiro (chuteira de ouro), Melhor jogador (Bola de ouro) e equipe campeã.
Gostaríamos de contar com a presença da galera, vamos tentar fazer os jogos no campo 1 para o público ficar na parte coberta, nas mesas perto do bar. Avisar a quem for de levar casaco, pois lá é bem frio.
Que vença o melhor!

 

 

 

17 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

SEMIFINAIS DEFINIDAS2/6/2010

 

 
A ENGECOPA afunilou de vez, das 8 equipes que iniciaram a competição sobraram apenas 4. Engevix e Intertechma se juntam a Promon e Technip e vão brigar pelo título. Ontem, numa noite chuvosa no Alto da Boa Vista, o Grupo 2 foi definido. Eu não pude estar presente por problemas pessoais, porém, Daniel Godoy fez a seguinte leitura dos jogos.
Em jogo válido pela terceira e última rodada da competição, as equipes da Engevix e Estaleiro Mauá se enfrentaram numa noite gélida e chuvosa. Os laranjas de Niterói estavam incumbidos da difícil tarefa de vencer o forte time adversário, líder do grupo, por uma diferença mínima de 5 gols para não depender de seu outro concorrente pela vaga, a Intertechma. Os vermelhos, comandados pelo técnico Sidnei, no início da partida, já mostraram seu cartão de visitas, Juninho, José Antonio Jr, de calcanhar desvia a bola e tira as chances de defesa. Parecia que as coisas estavam encaminhadas para mais uma vitória tranquila da Engevix, a equipe de Nikity não encontrava brechas na defesa firme formada por Tacitus e Rogério.  Malafaia, pelo Mauá, tentava incomodar o adversário com chutes de longe, mas esbarraram todas no confiante guarda-redes. Em vacilo do zagueiro, Vladimir empata o jogo, incendiando a disputa.  Para controlar os ânimos, o árbitro distribuiu 3 cartões amarelos (2 para Engevix e 1 para Mauá). Ainda com 1 a menos, a Engevix encaixa um contra-ataque e Juninho marca mais um para sua equipe.
Na 2ª etapa, os vermelhos mostraram iniciativa para decidir logo e garantir os 100% na 1ª fase. Com a afobação, Mauá voltou a criar oportunidades, mas estava lá Luis Fernando para evitar, um dos grandes nomes do campeonato até o momento. Em tabelinha Renato-Juninho, o artilheiro marca seu terceiro tento. Mauá não se entregou e queria a classificação, Vladimir mais uma vez, desconta, 2x3. E a dupla infernal não deixou por menos, Renato dá mais um gol pra Juninho, este deixa seus concorrentes para trás na disputa pela “chuteira de ouro” e aquele pede: “quero metade do troféu pra mim!”. Esse resultado em nada agradava a equipe do Estaleiro Mauá e com as últimas forças que restaram se lançaram ao ataque...PENALTI !. Era a chance de voltar ao jogo. Vladimir, nome da equipe laranja na partida, de um lado, Luis Fernando do outro. Em péssima cobrança da penalidade máxima o arqueiro se sai melhor. Fim da batalha. Juninho 4x2 Estaleiro Mauá.
Destaques: José Antônio e Luis Fernando da Engevix
Gols:
Mauá: (2) Wladimir Carvalho
Engevix: (4) José Antônio
 
No segundo jogo da noite, mesário e reservas sofreram com o frio e a chuva que apertaram. Mas os ares da Granja Comary não inspiraram muito os bravos jogadores da Hemisul.Scet e Intertechma que não fizeram tantas jogadas de efeito, mas nem por isso foi tão disputado e emocionante. Só sobrava uma opção para a equipe de Luciano Aragão, golear por 4 gols seu adversário para não depender dos demais critérios de desempate. Para a equipe de Felipe Lois, o objetivo já estava quase concluído com o resultado favorável do jogo anterior, poderia perder por até 2 gols que chegaria à 2ª fase. Mas a equipe de azul não queria dar chance para o azar e começou logo marcando, em jogada individual de Eldo, o goleiro dá rebote e Alexandre Faccini, marca o seu 1º gol na partida, mas contra. Luciano Aragão empata o jogo para o time de branco e amarelo com um canudo. Na jogada seguinte, o mesmo comete uma falta e deixa sua equipe com 1 a menos. Quando parecia que a Inter não iria aproveitar a vantagem numérica, a recomposição já tinha sido autorizada pelo árbitro, o onipresente Evandro põe sua equipe novamente na frente. Mas jogo de campeonato valendo vaga é isso mesmo, a Hemisul.Scet aproveita o lance de bola parada e o grandalhão Julio Viana, de cabeça, iguala o placar novamente. Felipe Lois e o técnico vêem sua equipe se descontrolar emocionalmente, e jogadores trocam elogios e afetos. E antes de encerrar a 1ª etapa, o zagueiro-armador-atacante Evandro balança a rede pela 2ª vez e acalma os ânimos do azulão.
No tempo complementar, o time da Intertechma não queria correr risco e passou a administrar o resultado, a Hemisul.Scet tentava batalhar pelo resultado, mas as energias de um time mais pesado fisicamente e com apenas 1 reserva foram aos poucos descarregadas. Alexandre Faccini, o jogador mais experiente do torneio e com um vigor físico invejável, com oportunismo aproveita o escorregão do zagueiro e empata mais uma vez o placar. A partir daí, o jogo ficou concentrado no meio de campo, com muitos desarmes e pouco evolução de jogadas. Felipe queria conquistar a vitória e classificar sem quaisquer dúvidas. Para isso, apresentou-se ao ataque para ajudar sua equipe, e num chute aparentemente inofensivo, a bola encobre o goleiro para o desânimo da equipe adversária, que batalhou bravamente até o fim para se despedir do campeonato com ao menos 1 ponto. Fim da partida, Intertechma 4x3 Hemisul.Scet.
 
Destaques: Evandro da Silva da Intertechma
Gols:
Hemisul.Scet: Luciano Aragão, Alexandre Faccini e Julio Tavares
Intertechma: (2) Evandro da Silva, Felipe Lois,  e Eldo da Silva
 
 
RESULTADOS:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓRCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓRCIO PMP
 ESTALEIRO MAUÁ 4 X 6 INTERTECHMA
HEMISUL.SCET 2 X 7 ENGEVIX
CHEMTECH 3 X 6 CONSÓRCIO PMP
PROMON 1 X 1 TECHNIP
ESTALEIRO MAUÁ 2 X 4 ENGEVIX
IHEMISUL.SCET 3 X 4 INTERTECHMA
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 5 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 5 pts – SG+1
3º - PMP – 4 pts – SG +2
4º - CHEMTECH – 1 pt – SG-5
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 9 pts – SG +10
2º - INTERTECHMA – 6 pts – SG  0
3º - MAUÁ – 3 pts – SG -3
4º - HEMISUL.SCET – 0 pts – SG -7
 
ARTILHARIA:
José Antônio – ENGEVIX – 9 GOLS
Evandro da Silva – INTERTECHMA – 5 GOLS
Renato Lopes – ENGEVIX – 4 GOLS
Hildo Muniz – CHEMTECH – 4 GOLS
Raphael Freitas – PROMON – 3 GOLS
Diego Lopes – PROMON – 3 GOLS
Rafael Sloboda – PROMON – 3 GOLS
Rogério Abreu – TECHNIP – 3 GOLS
Pedro Magalhães – PMP – 3 GOLS
 
 
Assim sendo, teremos os seguintes confrontos nas semifinais.
 
 
 Com o término da primeira fase, acho legal destacar a quantidade de gols do torneio,  foram 86 em 12 jogos, o que dá uma média de mais de 7 gols por partida. A equipe da Engevix se destaca como a melhor campanha e o melhor ataque da competição, já a Technip tem a melhor defesa, duelo interessante na semifinal. Já temos alguns jogadores despontando como favoritos a bola de ouro. Depois de assistir a todos os jogos, eu, Godoy e o arbitro Marcelo, entendemos que os seguintes jogadores tiveram destaque na primeira fase:
Daniel Reis (Consórcio PMP)
Evandro da Silva (Intertechma)
Ivan Curvello (Promon)
José Antônio (Engevix)
Leonardo Belaciano (Technip)
Leonardo Puerari (Promon)
Luis Fernando (Engevix)
Renato Lopes (Engevix)
Rogério Abreu (Technip)
 
Em primeira mão eu lhes apresento a cobiçada premiação da Engecopa.
 
 
Bola de Ouro e Chuteira de Ouro
  
 
 
Medalhas de Campeão, Vice e terceiro colocados
 
 
Troféu de campeão
 
 
Gostaria de comunicar aos representantes que o pagamento da segunda fase da competição no valor de 200,00 (2 jogos) deverá ser realizado impreterivelmente no dia da semifinal.
E agora? Quem leva essa?

 

7 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

OMISSÕES NO REGULAMENTO1/6/2010

Galera, identifiquei algumas omissões no regulamento e estou esclarecendo antes que aconteça algum caso.

I - W.O. - Se houver W.O em qualquer partida, será dado o placar de 2x0 em desfavor da equipe faltante em TODAS as partidas. Eliminando assim qualquer influencia desta equipe na classificação. Os gols para a artilharia continuam contando.

II - Chuteira de Ouro - Foi comprado apenas 1 troféu "chuteira de ouro" para o artilheiro do campeonato, portanto se houver um empate entre 2 jogadores, os critérios de desempate serão:

1º - Jogador da equipe que tiver a melhor colocação final.

2º - Se os jogadores forem da mesma equipe, receberá a chuteira de ouro aquele que fizer o ultimo gol entre os 2. Adotando o critério de que quanto mais aguda a fase do campeonato mais importante é o gol.

 III - Suspensões

O critério para suspensões por cartões é o seguinte para todo o campeonato, não "zerando" em hipótese alguma.

São necessários 3 pontos para uma suspensão,  cada cartão vale os seguintes pontos:

Amarelo - 1 ponto

Azul - 2 Pontos

Vermelho - 3 pontos

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

TERCEIRA RODADA - GRUPO 126/5/2010

 

 

Promon e Technip são os primeiros semifinalistas da Engecopa!
Última rodada do grupo 1 da Engecopa, Chemtech e PMP precisavam vencer e torcer para que houvesse um vencedor no jogo seguinte. O PMP venceu, mas Promon e Technip ficaram no empate.
O PMP começou arrasador, num piscar de olhos ganhava por 3x0, Vitor Lira conseguiu motivar seus jogadores e ainda contou com um Daniel Reis inspirado, com esse placar já tinham o saldo necessário. Os Chemtechianos estavam apáticos sem entender o que acontecia, nem o excelente goleiro Carlos Mari estava num dia feliz. O zagueirão Marcos a toda hora se via sozinho contra os rápidos atacantes do PMP. A Chemtech conseguiu diminuir com Hildo, mas o PMP estava realmente decidido a golear e fez mais 2. 5x1. Segundo tempo e o PMP passava a administrar a vitória e botar todo o seu elenco para jogar, a Chemtech cresceu no jogo, descontou para 5x2, o PMP fez mais 1 e a Chemtech diminui mais uma vez. 6x3.
Destaque: Daniel Reis do PMP
Gols:
Chemtech: (2) Hildo e Geovani Coutinho
Consórcio PMP: (2) Marco Aurélio, Daniel Reis, Vitor Lira, Luiz Fernandes e Pedro Magalhães.  
 
No segundo jogo Promon e Technip entraram em campo sob suspeita de que haveria armação de resultado, o empate classificava as 2 equipes. Mas o que se viu foi um grande jogo de 2 candidatos ao titulo, 2 defesas fortíssimas, um jogo onde os espaços não eram encontrados. Logo no inicio, o goleiro da Promon, Marcelo, foi obrigado a fazer uma excelente defesa. A Promon criava e Rafael Pina perdeu uma oportunidade de frente para a meta. Por 2 oportunidades a Promon acertou a trave adversária. Veio o segundo tempo e a tensão aumentava, um gol para qualquer um dos lados poderia eliminar o outro do campeonato. Numa jogada de escanteio, Rogério Abreu subiu no meio da defesa Promoniana e fez 1x0 Technip. Os jogadores da Promon não acreditavam no que acontecia, foram 10 minutos de angustia e tentativas de empate a qualquer custo. Rafael Sloboda num chute improvável de perna direita, que não é a boa, empatou o jogo para delírio de toda a equipe. A Promon ainda colocou mais 1 bola na trave e Bruno Vigoder, que atuou no gol, ainda foi obrigado a fazer 2 importantes intervenções. Marcelo, da Promon, também foi solicitado por 3 vezes. Já chegando o fim da partida as equipes desaceleraram e administraram o resultado que beneficiava as 2. 1x1
Destques: Leonardo Puerari da Promon e Leonardo Belaciano da Technip.
Gols:
Promon: Rafael Sloboda
Technip: Rogério Abreu
 
Detalhe que em nenhuma das 2 partidas tivemos punições com cartões, não sei se já foi efeito da mudança de postura da arbitragem que buscou marcar mais as faltas e evitou-se os revides ou se foi uma mudança de postura das equipes. Outro detalhe foi o equilibrio desse grupo. As 4 equipes tinham condições de se classificar. E uma ultima observação é que enquanto o grupo 2 tem uma média de quase 10 gols por partida, o grupo 1 terminou com uma média de menos de 6.
 
RESULTADOS:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓROCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓROCIO PMP
 ESTALEIRO MAUÁ 4 X 6 INTERTECHMA
HEMISUL.SCET 2 X 7 ENGEVIX
CHEMTECH 3 X 6 CONSÓRCIO PMP
PROMON 1 X 1 TECHNIP
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 5 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 5 pts – SG+1
3º - PMP – 4 pts – SG +2
4º - CHEMTECH – 1 pt – SG-5
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 6 pts – SG+8
2º - INTERTECHMA – 3 pts – SG-1
3º - MAUÁ – 3 pts – SG-1
4º - HEMISUL.SCET – 0 pts – SG-6
 
ARTILHARIA:
José Antônio – ENGEVIX – 5 GOLS
Renato Lopes – ENGEVIX – 4 GOLS
Hildo Muniz – CHEMTECH – 4 GOLS
Raphael Freitas – PROMON – 3 GOLS
Diego Lopes – PROMON – 3 GOLS
Rafael Sloboda – PROMON – 3 GOLS
Evandro da Silva – INTERTECHMA – 3 GOLS
Rogério Abreu – TECHNIP – 3 GOLS
Pedro Magalhães – PMP – 3 GOLS
6 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PRÉ-JOGO – TERCEIRA RODADA – GRUPO 124/5/2010
Amanha saem os 2 primeiros semifinalistas da Engecopa. Promon e Technip são favoritos para a classificação, porem Chemtech e Consórcio PMP também têm chances. No primeiro jogo Chemtech e PMP duelarão para ter alguma chance na competição. Jogo sem prognóstico,  o time de Hildo Muniz, quando completo, é muito difícil de ser batido. Já os meninos de Vitor Lira, alternam bons e maus momentos em seus jogos e ninguém sabe o que esperar deles. Quem vencer este jogo ficará na torcida para que haja um vencedor no jogo entre Promon e Technip.
Quem espera um jogo de compadres se engana, os 2 times jogarão pela vitória, assim como fizeram até aqui no campeonato e por isso estão em uma posição confortável. Não passa pela cabeça de nenhum dos 2 times subir o Alto da Boa Vista para fazer um teatrão e marcar o campeonato, porém os resultados possíveis no futebol são 3 e o empate é um deles. Lembrando que a classificação pode ser decidida nos critérios de desempate que segundo o regulamento da Engecopa são respectivamente:
1º - Maior Número de vitórias
2º - Maior Saldo de gols.
3º - Ataque mais positivo
4º - Menor numero de cartões vermelhos
5º - Menor numero de cartões azuis
6º - Menor numero de cartões amarelos
7º - Sorteio
Por problemas técnicos, os jogos começarão 30 min. após o marcado, esse fato já foi comunicado aos representantes.
Segundo o clima tempo, previsão do tempo para a hora dos jogos é de céu nublado com algumas nuvens, porem não chove. Temperatura entre 17 e 20ºC.
13 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

FAZENDO AS CONTAS19/5/2010

 

Vamos para a ultima rodada com as 8 equipes com chances de classificação. O que a sua equipe precisa fazer e pra quem torcer para se classificar? 5 equipes dependem de suas próprias forças, as outras 3 precisam fazer o seu resultado e torcer por outros.
O matemático Rafael Pina calculou as possibilidades de classificação de cada equipe.
Lembrando que o descrito abaixo é o que as equipes devem fazer para se classificar SEM depender de outro resultado, alguns podem se classificar até antes de jogar, basta que o outro resultado seja favorável.
 
GRUPO 1
Chemtech: Não depende somente de suas forças, precisa vencer o PMP, torcer para que haja vencedor no jogo Promon x Technip e tirar uma diferença de saldo de 4 gols para a Promon ou 3 para a Technip. 12% de chances.
Promon: Precisa empatar com a Technip. 88% de chances.
Technip: Precisa empatar com a Promon. 85% de chances.
PMP: Não depende somente de suas forças, precisa vencer a Chemtech, torcer para que haja vencedor no jogo Promon x Technip e tirar uma diferença de saldo de 3 gols para a Promon ou 2 para a Technip. 15% de chances.
GRUPO 2
Mauá:  Precisa vencer a Engevix por 5 gols de diferença. 33% de chances
Hemisul.Scet: Não depende somente de suas forças, precisa vencer a Intertechma por 5 gols de diferença e torcer para que a Engevix vença o Mauá. 2% de chances.
Intertechma: Precisa vencer o Hemisul.Scet por 5 gols de diferença. 66% de chances
Engevix: Pode até perder para o Mauá por até 4 gols de diferença. 98 % de chances

 

Aí galera, o blog foi feito para comentarem hein. Para pelo menos eu saber que alguem lê...rs

Eu sei que as equipes leêm, pois tem sempre alguem comentando nos jogos.

To pensando em fazer a votação para craque da galera aqui pelo Blog...

41 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

SEGUNDA RODADA - GRUPO 219/5/2010
A segunda rodada do Grupo 2 da Engecopa teve 2 jogos ontem de muita importância para a classificação.
No primeiro jogo que parecia ser barbada, o Mauá enfrentou a Intertechma. Franco favorito, o Mauá, foi surpreendido por uma atuação acima da média da equipe da INtertechma. A Inter, que trajava outro uniforme, o quarto utilizado por eles em 5 jogos, fez uma partida sencasional. Felipe Lois, que num trabalho de peneira dentro da empresa, conseguiu um goleiro e um zagueiro de qualidade e deu outra cara ao time.  Mesmo assim foi o Mauá que saiu na frente com um gol de cabeça de André Luiz. A Inter pecava muito nas finalizações e não conseguia transformar seu domínio em gols. Nesse momento comecei a ouvir os jogadores do banco da Inter pedindo: “Bota o Imperador!”. O treinador atendeu e Fábio Ribeiro entrou para mudar a partida. Com um porte físico ao estilo Ronaldo, Fabio chamou o jogo pra si e em 2 lances virou o jogo. Vitor fez 3x1. A Inter tomava a iniciativa do jogo e o Mauá não conseguia se organizar. Também de cabeça, Malafaia diminuiu para o Mauá. Já no fim do primeiro tempo, um lance infeliz, O “Imperador” Fabio driblou pro meio e quando ia marcar o quarto gol ele torceu o pé de apoio e caiu se contorcendo de dor. Depois do Jogo ele foi levado para a Tijutrauma e foi constatado fratura e rompimento de ligamento. Toda a comunidade do Engenharia FC está torcendo por sua rápida recuperação.
Veio segundo tempo e Gleison, para mim o melhor jogador do Mauá mas que ficou no banco boa parte do jogo, empatou o jogo numa falha incrível da defesa da Inter. O jogo ganhou em dramaticidade, só a vitória interessava a Inter, Evandro fez 4x3 e Mesquita 5x3. A vibração era intensa nos bancos de reservas. O Mauá tentava atacar e tomava contra ataques, nesse momento A inter meteu uma bola na trave e perdeu um gol incrível debaixo dos paus. O Mauá diminuiu com Alan, mas Evandro, muito bem na partida, fechou o caixão. 6x4.
Destaque: “Imperador” Fábio Ribeiro da Intertechma.
Gols:
Mauá: Alan, Malafaia, Gleison e André Luiz
Intertechma: (2) Evandro, (2) Fabio Ribeiro, Mesquita e Vitor.
 
No segundo jogo, um jogo tenso. O Hemisul.Scet jogava sua continuidade contra a até agora imbatível Engevix. Em seu primeiro tempo o jogo foi muito equilibrado, a ENgevix com José Antõnio fez 1x0 num erro de passe do Hemisul.Scet, mas logo depois Danilo empatou. A Engevix fez 2x1 com Marcelo, em bela finalização de calcanhar. Os times não tinham muito espaço para jogar e a marcação estava muito dura. Veio o segundo tempo e Marcelo fez 3x1 para a Engevix num chute de longe. Leonardo fez 4x1 escorando um escanteio. O Hemisul.Scet tentava atacar mas era bloqueado pela boa atuação da defesa da Engevix. Marcio Fiorani diminui para 4x2. O Hemisul.Scet passou a atacar desordenadamente e a experiente equipe da Engevix se aproveitava disso e encaixava seus contra ataques. Joseé Carlos, Renato Lopes e Gustavo Teixeira fecharam a goleada. 7x2.
Destaque: Marcelo da Engevix.
Gols:
Hemisul.Scet: Marcio Fiorani e Danilo
Engevix: (2) Marcelo, José Antônio, Leonardo, Renato Lopes, José Carlos e Gustavo Teixeira.
 
RESULTADOS:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓROCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓROCIO PMP
 ESTALEIRO MAUÁ 4 X 6 INTERTECHMA
HEMISUL.SCET 2 X 7 ENGEVIX
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 4 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 4 pts – SG+1
3º - PMP – 1 pts – SG -1
4º - CHEMTECH – 1 pts – SG-2
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 6 pts – SG+8
2º - INTERTECHMA – 3 pts – SG-1
3º - MAUÁ – 3 pts – SG-1
4º - HEMISUL.SCET – 0 pts – SG-6
 
ARTILHARIA:
José Antônio – ENGEVIX – 5 GOLS
Renato Lopes – ENGEVIX – 4 GOLS
Raphael Freitas – PROMON – 3 GOLS
Diego Lopes – PROMON – 3 GOLS
Evandro da Silva – INTERTECHMA – 3 GOLS
2 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PRÉ-JOGO - SEGUNDA RODADA - GRUPO 218/5/2010
Rodada importante pelo grupo 2 da Engecopa. No primeiro jogo, O Estaleiro Mauá enfrentará a equipe da Intertechma que busca a reabilitação, uma vitória deixa o Mauá praticamente classificado, a Inter precisa da vitória para se manter com boas chances de classificação, caso perca o jogo ela terá que torcer por uma vitória do Hemisul.Scet na segunda partida para continuar viva na competição.
Na segunda partida da noite entre Hemisul.Scet e Engevix, eu espero um grande jogo. Jogo importantíssimo para os 2. A Engevix por ter vencido o primeiro jogo entra com mais tranquilidade, porém eles sabem que enfrentarão na última rodada a forte equipe do Mauá, portanto uma derrota complicaria muito seus planos, ao Hemisul.Scet somente a vitória interessa. Oportunidade para vermos em ação os 2 artilheiros do campeonato que atuam pela Engevix, José Antonio e Renato Lopes.
Previsão de tempo bom hoje no Alto da Boa Vista segundo a clima tempo, nuvens carregadas, porem não chove. Temperatura entre 17 e 20ºC.

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

SEGUNDA RODADA GRUPO 112/5/2010
Em dia de convocação da seleção e decepção da maoria dos torcedores brasileiros que não terão nunhum jogador para pedir a entrada no inervalo do jogos e terão que se contentar em pedir para o Dunga colocar no segundo tempo. Grafite! Grafite! Grafite! Júlio Baptista! Júlio Baptista! Júlio Baptista!, mas ele não estará nos ouvindo, ainda bem pra ele.
Rodada decisiva no grupo 1 da Engecopa. Porém nada ficou decidido, ninguém está classificado e ninguém eliminado, todos na briga por 2 vagas nas semi-finais.
No primeiro jogo Chemtech e Technip entravam em campo em situações muito destintas, a Technip que vencera o primeiro jogo garantiria a classificação com uma vitória, já a Chemtech precisava da vitória a qualquer custo para se manter com boas chances de classificação.
A Chemtech veio a campo bastante modificada, com desfalques importantes como Carlos MAri, goleiro e destaque da equipe e Hildo Muniz, capitão e artilheiro. Já a Technip veio com força máxima, com seu padrão de jogo imutável e jogando tudo pela classificação antecipada.
A Chemtech, mesmo desfalcada, conseguia atacar e fazia com que o goleiro Diogo Oliveira fizesse importantes intervenções, a Technip buscava mais os contra ataques e os lançamentos para seu Pivô Bruno Vigoder em noite não tão inspirada. Num desses contra ataques, Leonardo Belaciano tabelou com Bruno Vigoder e fez 1x0 para a Technip. O jogo deu uma acelerada, a Chemtech tentava as jogadas e não conseguia o empate. No segundo tempo Geovani Coutinho empatou para a Chemtech e deixou o jogo tenso. A Technip pressionou muito o 2ºT em busca do gol da vitória mas esbarrou numa atuação irrepreensível do goleiro improvisado da Chemtech, Isael. Final 1x1 e nada definido.
Destaque: Isael da Chemtech
Gols:
Chemtech: Geovani Coutinho
Technip: Leonardo Belaciano.
 CHEMTECH
 
No jogo de fundo, Consórcio PMP e Promon duelaram por 3 pontos importantíssimos. Estilos de jogo completamente diferentes, porem 2 grandes times. O PMP era envolvente com dribles rápidos e ótimo toque de bola, a Promon com um futebol mais comedido, com posições muito bem definidas e muita força. O PMP fez 1x0 num chutaço de fora da área onde a bola fez uma curva impressionante. A Promon não se abateu e se manteve em seu esquema, as jogadas foram saindo e os Promonianos viraram para 2x1. Veio o segundo tempo e o jogo ficava tenso, a derrota eliminaria os consorciados da competição e estes tentavam fazer pressão dentro do campo da Promon. Logo veio o empate. A Promon fez 3x2 e mandou a pressão pro lado do PMP que novamente empataram. Já perto do fim do jogo a Promon fez 4x3 e começou a tentar administrar a partida, o PMP precisando do resultado partiu com tudo para o ataque. No finalzinho numa confusão dentro da área a bola sobrou para Américo que empatou a partida em manteve o PMP vivo no torneio.
Destaques: Ivan da Promon e Daniel Reis do PMP
Gols:
Promon: (2) Raphael Freitas e (2) Diego Lopes
PMP: (2) Everton Novaes, Luiz Fernandes e Américo.
 
PROMON
 
 
RESULTADOS:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓROCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX
CHEMTECH 1 X 1 TECHNIP
PROMON 4 X 4 CONSÓROCIO PMP
 
  
CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 4 pts - SG+2
2º - TECHNIP – 4 pts – SG+1
3º - PMP – 1 pts – SG -1
4º - CHEMTECH – 1 pts – SG-2
 
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 3 pts – SG+3
2º - MAUÁ – 3 pts – SG+1
3º - HEMISUL.SCET – 0pts – SG-1
4º - INTERTECHMA – 0pts – SG-3
 
ARTILHARIA:
José Antônio – ENGEVIX – 4 GOLS
Renato Lopes – ENGEVIX – 3 GOLS
Raphael Freitas – PROMON – 3 GOLS
Diego Lopes – PROMON – 3 GOLS
Rafael Sloboda – PROMON – 2 GOLS
Everton Novaes – PMP – 2 GOLS
Pedro Magalhães – PMP – 2 GOLS
Leonardo Belaciano – TECHNIP – 2 GOLS
Rogério Abreu – TECHNIP – 2 GOLS
Hildo Muniz – CHEMTECH – 2 GOLS
0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

PRIMEIRA RODADA5/5/2010
Rodada de muitas expectativas em um dia de 3 jogos pela Engecopa no campo do Agrião. Numa revanche do ultimo confronto realizado a menos de 1 mês, Technip e Consórcio PMP protagonizaram um jogaço ontem.
As equipes vieram a campo com força máxima, o Consórcio PMP com um time bem mais jovem e leve com jogadores extremamente habilidosos. A Technip com um time mais experiente, com alguns jogadores em torno dos 40. O primeiro tempo foi todo do PMP, a equipe de Vitor Lira atacava impiedosamente a Technip com um volume grande de jogo, Pedro Magalhães fez 1x0. Em um belo chute no ângulo, Daniel Reis fez o segundo. O trio ofensivo do PMP fazia da vida dos zagueiros da Technip um verdadeiro pesadelo. Leonardo Belaciano descontou para a Technip. Veio o segundo tempo e Pedro Magalhães fez mais um para o PMP. Como tinha um time mais novo e mais leve, tudo levava a crer que a fatura estava decidida e que os meninos de Vitor Lira conseguiriam uma goleada. Acontece que os Tiozões da Technip, puseram a faca nos dentes e foram atrás do resultado. Num segundo tempo irretocável onde anulou a principal arma do PMP, Pedro Magalhães, Rogério Abreu ainda fez 2 gols e empatou a partida. Nesse momento a bola queimava nos pés dos Consorciados que já não tinham a mesma criatividade de antes, a technip criava oportunidades e parava nas mão do goleiro Américo. Leonardo Belaciano era o principal articulador da Technip e todas as bolas passavam pelos seus pés. No lance capital da partida, um bate rebate dentro da área e Jorge Souza, que entrara no segundo tempo entrou de carrinho para decretar a vitória da Technip e levando os jogadores ao delirio com uma virada sensacional.
Destaque: Rogério Abreu da Technip
Gols:
Technip: (2) Rogério Abreu, Leonardo Belaciano e Jorge Souza
PMP: (2) Pedro Henrique e Daniel Reis
TECHNIP
 
CONSÓRCIO PMP
 
 
Pelo grupo 2, Estaleiro Mauá e Hemisul.Scet se enfrentaram em um jogo muito polemico. Uma partida muito competitiva e ânimos exaltados. Daniel Uemoto fez 1x0 para o Hemisul. O Mauá com aquele mesmo esquema de jogo com marcação forte e as jogadas sendo criadas por Gleison. O Mauá virou para 3x1. Passaram a ocorrer algumas jogadas mais ríspidas e o arbitro Marcelo teve muito trabalho para conter os ânimos. O Hemisul Scet botou a bola do chão e reagiu empatando a partida em 3x3. Porém prevaleceu a experiência e a competitividade do Mauá que fez 4x3. No último lance do jogo Daniel Uemoto ainda teve a chance do empate mas chutou pra fora.
Destaque: Daniel Uemoto do Hemisul.Scet
Gols:
Mauá: Leonardo Malafaia, Marcone, Thiago e André Luiz
Hemisul.Scet: Daniel Uemoto, Marcio Fiorani e Rodrigo Dias.
 
ESTALEIRO MAUÁ
 
HEMISUL.SCET
 
Na última partida a Engevix, única equipe invicta na fase de preparação não tomou conhecimento da equipe da Intertechma que trajava um vistoso uniforme inspirado na segunda camisa do Real Madrid. O uniforme não foi o bastante para inspirar a equipe de Felipe Lois, repetindo os erros da fase de preparação, a equipe se lançava desordenadamente ao ataque e errava passes em seu campo, a equipe da Engevix, muito experiente e comandada com braço de ferro pelo seu presidente Sidnei Mondego, aproveitava esse erros e fazia seus gols. Quando a Inter conseguia furar a defesa, era frustrada por uma grande atuação do arqueiro Luiz Fernando da Engevix em noite muito feliz. José Antonio, ao melhor estilo centro-avante, finalizava da maneira que a bola vinha e quase todas na direção do gol. Ele quase pediu a música, fez 4 e seu companheiro Renato, 3. Eles são os artilheiros da Engecopa até o momento. Final 8x5 Pra Engevix e pintou um favorito ao título. Quem conseguirá quebrar essa invencibilidade?
Destque: José Antônio da Engevix.
Gols:
Engevix: (4) José Antônio, (3) Renato Lopes e Leonardo Augusto.
Intertechma: Felipe Lois, Evandro da Silva, Vitor Gabaglia, Eldo e Marco Mesquita.
 
ENGEVIX
 
INTERTECHMA
  
 
RESULTADOS:
CHEMTECH 2 X 4 PROMON
TECHNIP 4 X 3 CONSÓROCIO PMP
ESTALEIRO MAUÁ 4 X 3 HEMISUL.SCET
INTERTECHMA 5 X 8 ENGEVIX

 

 

CLASSIFICAÇÃO:
GRUPO 1
1º - PROMON – 3pts - SG+2
2º - TECHNIP – 3 pts – SG+1
3º - PMP – 0 pts – SG -1
4º - CHEMTECH – 0pts – SG-2
GRUPO 2
1º - ENGEVIX – 3 pts – SG+3
2º - MAUÁ – 3 pts – SG+1
3º - HEMISUL.SCET – 0pts – SG-1
4º - INTERTECHMA – 0pts – SG-3
 
ARTILHARIA:
José Antônio – ENGEVIX – 4 GOLS
Renato Lopes – ENGEVIX – 3 GOLS
Rafael Sloboda – PROMON – 2 GOLS
Pedro Magalhães – PMP – 2 GOLS
Rogério Abreu – TECHNIP – 2 GOLS
0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

CARTOLA FC4/5/2010

Nesse fim de semana estava atualizando meu cadastro no cartola fc já que o brasileirão já começa semana que vem.

Me ocorreu a idéia de criar uma liga ENGENHARIA FC no cartola. Então eu a criei. Vamos esquentar outra disputa dentro desse blog. Caso haja alguma dúvida, o nome da minha equipe é RIO ROMA FC.

1 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

APAGÃO28/4/2010

 

O jogo entre Chemtech e Promon foi interrompido ontem a 3 minutos do fim por falta de energia, o tempo restante será jogado na próxima rodada do grupo 1. O jogo estava 4x2 para a equipe Promoniana.

Como já se imaginava, foi um grande jogo. Uma estreia que podia ser muito bem a final do campeonato. Chemtech e Promon travaram uma batalha de tirar o fôlego. Depois de um primeiro tempo de muitas chances perdidas e que ficou no 0x0, no segundo tempo o jogo ganhou em emoção, a Chemtech abriu o marcador com Hildo, de cabeça e fez 2x0 de novo com Hildo em um rápido contra ataque. O goleiro Carlos Mari em noite inspiradíssima frustrava as tentativas promonianas e o zagueiro Marcos anulava os atacantes. A Promon que na primeira etapa havia perdido várias oportunidades nas jogadas aéreas, no segundo tempo começou a acertar. Raphael Freitas e Rafael Sloboda fizeram gols de cabeça e empataram a partida. Em outra jogada aérea Sloboda fez 3x2. Num lindo lance com direito a chapéu no meio campo Rafael Pina sofreu pênalti que Diego bateu e fez. No último lance antes do apagão Ivan partia livre na direção ao gol e foi derrubado por Guilherme por trás, falta e cartão vermelho para o jogador da Chemtech. Nesse momento caiu a energia e o campo ficou as escuras.

Destaques: Marcos, Carlos Mari e Hildo da Chemtech e Rafael Sloboda e Raphael Freitas para a Promon.

Gols:

Chemtech: (2) Hildo

Promon: (2) Sloboda, Diego e Raphael Freitas

Já o jogo entre Technip e Consórcio PMP, a organização está estudando a melhor maneira de fazê-lo, porém qualquer que seja a decisão nada mudará as datas dos jogos já marcados. O grupo 2 jogará normalmente nesta terça.

 

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

CARTAS NA MESA26/4/2010

Sairam as listas dos inscritos de cada equipe da Engecopa. Confiram os nomes: 

CHEMTECH

 

Hildo Vignoli Muniz Filho                            

Renato José Pinha Jourdan

Carlos Eduardo Mari

Gustavos Martins Concer

Geovani Coutinho de Oliveira

Isael Calistrato Jacome

Raphael Liborio de Oliveira

Guilherme Vieira

Thiago de Freitas Santos

Diego de Oliveira Neves

Marcos Werneck Machado

 

PROMON

 Rafael Domingos da Silva Pina

Leonardo Moraes Puerari      

Maurício José Azevedo Pinto dos Santos

Vinicius Loback

Rafael Vianna Sloboda

Luiz Diego Teixeira Lopes

Ivan Curvello Martins de Souza

André Alves Ribeiro

Carlo Penteado Genzani

Raphael Silva Pinto Freitas

Rodrigo Leitão Punaro Baratta

 

TECHNIP

Bruno Vigoder

Fabiano Pereira

Felipe Souza

Jorge Souza

Leonardo Belaciano

Rafael Quinto

Ricardo Costa

Renato Laranjeira

Roberto Lima

Rogério Abreu

Rogério Gonçalves

Victor Duarte

 

CONSÓRCIO PMP

 

Marcelo Firmino Andrade

Américo Fernandes Braga

Marco Aurélio Tófano

Everton Barbio Novaes

Sandro Perri Spinelli

Daniel Reis Barcellos

Robson de Oliveira Schemiko

Luiz Felipe Maia Friedheim

Vitor Lira V. Gomes

Luiz Fernandes Fonseca

Bruno Xavier Pires

Pedro Magalhães

Leandro Pinho de Oliveira

Diego Costa Mendes

Deivid Christian Mourão

 

ESTALEIRO MAUÁ

André Santos Cavalcante

Bráulio Cezar Correa Ferreira

Daniel Elias

Emerson Araújo Gomes

Felipe Cardoso de Azevedo

Gleison Batista da Silva

Leonardo Malafaia de Caiado Castro Moraes

Luis Claudio Ferreira

Marcone Stefano Dias Ramalho 

Rômulo Tarouquella da Silva Rocha

Thiago da Conceição Ramos dos Santos

Vitor Coelho dos Santos

 

HEMISUL.SCET

LUCIANO ARAGÃO DE MENDONÇA

DANIEL ANDRADE UEMOTO

MICHEL DA SILVA VIEIRA

ALEXANDRE OCTÁVIO FACCINI DE SOUZA

MÁRCIO DE OLIVEIRA FIORANI

BERNARDO NUNES PIRES

RONALDO VILLAS BOAS DOS SANTOS

EDUARDO KLOH RABELLO

JÚLIO VIANA TAVARES

RODRIGO FERREIRA LIMA DIAS

DANILO GONÇALVES DO PRADO CARNEIRO

MARCELO MONTEIRO SOARES DA COSTA

CARLOS EDUARDO REIS

JORGE DOMINGUES

RAUL SOUZA

DANIEL RODRIGUES

ÂNGELO PLOZZER

DYEGO QUINTAS

MARCOS AURÉLIO

WAGNER FREITAS

 

INTERTECHMA

Felipe Lois

Kildere França

Rennan de Oliveira

Evandro da Silva

Vitor Gabaglia

Eldo da Silva

Marco Mesquita

Felipe Silva

Fabio Ribeiro

Rodrigo Guaraná

André Bento

Cleber Jacques

Hercules de Lima

Daniel Silva

 

ENGEVIX

1- José Carlos Andrade

2 - Renato Lopes

3 – Sidnei

4 - Tiago Cunha

5 - Leandro Oliveira

6 - Gustavo Teixeira

7 - Marcelo Fonseca

8 - Filipe Alves

9 - Thiago Bagatoli

10 - José Antonio Machado Junior

11 - Ricardo Cardoso

12 - Rogerio Gonçalves

13 - Tacitus Luiz Marinho Gomes

14- Carlos Alberto Correia P. Filho

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

ULTIMOS AMISTOSOS20/4/2010

Última rodada de amistosos preparatórios no campo do Agrião. No primeiro jogo, o Hemisul.Scet fazendo seu terceiro amistoso preparatório e buscando sua primeira vitória, enfrentou a IESA que estreava no Agrião. O que se viu foi um show de bola da IESA em cima de um Hemisul.scet desorganizado e com os nervos a flor da pele. O time do Hemisul.Scet até começou bem, teve as primeiras oportunidades na partida mas falhava muito na marcação. A IESA abriu 2x0 em dois contra ataques em que seus atacantes saíram de frente para o goleiro. O Hemisul.Scet até tinha mais posse de bola, mas não conseguia transformar essa posse em oportunidades de gols. A IESA se aproveitava da fragilidade defensiva do adversário e aproveitava para fazer seus gols. A equipe de Pedro Voto respeitou o tempo todo seu adversário e se preocupava em marcar mais tentos. Destaque da equipe, o canhoto Jorge Nery comandava as jogadas ofensivas da IESA e com chutes precisos marcava seus gols. Fim de jogo, 8x1 para a IESA, uma estreia brilhante de uma equipe que não participará da Engecopa, mas que com certeza dará trabalho em competições futuras.

Destaque: Jorge Nery da IESA.

Gols

Hemisul.Scet: Rodrigo

IESA: (3) Jorge Nery, (2) Rodrigo Nery, (2) Daniel Calazans e Rafael Brito.

 

Na segunda partida um duelo de duas grandes equipes. O Consórcio PMP que venceu sua ultima partida sobre a Technip e vem evoluindo jogo a jogo, contra a até então invicta Promon. As duas equipes atuaram desfalcadas o que não diminuiu o brilho do espetáculo. O jogo ficou 0x0 por muito tempo até Vitor Lira abrir o Placar para o PMP. A Promon tinha mais posse de bola, atacava mais, porém as melhores chances eram do ataque do PMP, o Goleiro da Promon, Rafael Pina, foi obrigado a fazer 2 defesas cara a cara. No segundo tempo, num erro de passe da Promon, Luiz Felipe fez o segundo.  Num belo lance, Ivan deu um chapéu no meio campo e tocou para Guilherme que driblou 2 e jogou no canto para diminuir para a Promon 2x1. Luiz Felipe fez mais 1. Aí veio o lance da partida, bola lançada pelo alto por traz da zaga promoniana para Daniel Reis, Rafael Pina sai para cortar fora da área, mas toma um drible de corpo incrível, ao melhor estilo Pelé na copa de 70 contra o Uruguai, só que diferentemente do Rei, o Reis pegou a bola do outro lado e fez o gol, golaço! Digno de bola cheia. 4x1 para o Consórcio. O gol abalou a equipe da Promon que em nenhuma partida anterior esteve atrás no placar. Em 2 faltas frontais a área, Rafael Sloboda fez 2 gols e diminuiu para 4x3. Já no fim do jogo, Luiz Felipe recebeu de frente para o goleiro e deu números finais a partida.

Destaques: Luiz Felipe e Daniel Reis do Consórcio PMP

Gols

Consórcio PMP: (3) Luiz Felipe, Daniel Reis e Vitor Lira

Promon; (2) Rafael Sloboda e Guilherme Assis.

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

TABELA DEFINIDA15/4/2010

 

Nesta terça-feira, dia 13 foi realizado o sorteio dos grupos da Engecopa com a presença de representantes de 6 das 8 equipes do torneio. O grupo 1, já batizado nos bastidores como o grupo da morte, é composto por Chemtech, Promon, Technip e Consórcio PMP. Já na primeira rodada 2 reedições de amistosos realizados anteriormente, Chemtech x Promon e Technip x PMP, nos encontros anteriores Promon e PMP saíram vencedores. No Grupo 2, Estaleiro Mauá, Hemisul.Scet, Intertechma e Engevix, se enfrentarão por 2 vagas nas semi-finais.

Pelo que pude ver nos amistosos, posso falar sem politicagem, o nível está muito equilibrado. Lógico que tenho meus palpites e não vou contar,  vamos ter briga boa!

 

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

MAIS AMISTOSOS14/4/2010

A Technip vem se especializando em fazer grandes jogos, ontem não foi diferente, só que dessa vez ela encontrou pela frente uma parada dura, a equipe do Consórcio PMP, apontada por mim como uma das favoritas ao título da Engecopa, apesar de ainda não ter mostrado todo o seu futebol. O jogo começou e o PMP partiu pra cima do adversário com o intuito de resolver a partida, só dava PMP. Numa bola lançada para a frente, Bruno Vigoder gira e chuta forte no canto para fazer 1x0 para a Technip, no primeiro ataque de sua equipe. Não demorou e o PMP empatou com Everton Novaes. Num chute forte, Leonardo Belaciano fez 2x1 para a Technip, Deivid Mourão deixou tudo igual novamente, numa falha do goleiro da Technip. Inspirado, Leonardo Belaciano fez mais 1 em outro chute forte de fora da área, também contando com a colaboração do goleiro do PMP. Sozinho, Luiz Felipe empatou novamente tocando na saída do goleiro. Leonardo Belaciano fez mais 1 e Pedro Henrique empatou denovo. Numa tentativa desesperada, a Technip coloca sua referencia no ataque, Bruno Vigoder, como goleiro. Começa o segundo tempo e o jogo ficou mais amarrado, nem parecia aquele primeiro tempo agitado, Vitor Lira, dava instruções a sua equipe e ia a loucura com cada lance perdido. De Pênalti, Marco Aurélio, o zagueiro artilheiro, coloca o PMP pela primeira vez a frente no placar.5x4. EM mais um chute forte de longe, Leonardo Belaciano fez seu quarto gol na partida e empatou novamente. Nesse momento o PMP buscava mais o gol e a Technip tentava contra atacar, em boa troca de passes, Bruno Pires recebeu no meio e fuzilou o goleiro para decretar a vitória do PMP. 6x5.

Destaques: Bruno Pires do PMP e Leonardo Belaciano pela Technip

Gols:

Technip: (4) Leonardo Belaciano e Bruno Vigoder.

Consórcio PMP: Everton Novaes, Deivid Mourão, Luiz Felipe, Pedro Henrique, Marco Aurélio, Bruno Pires

  TECHNIP

CONSÓRCIO PMP

O segundo jogo não há muito que comentar, o jogo estava arriscado a não acontecer por imprevistos dos atletas da Intertechma, mas devido a determinação de Felipe Lois, que estava com seu time desmontado e correu atrás de quem pudesse completar, o jogo aconteceu. Acontece que Felipe selecionou uma molecada que jogava campeonatos juntos e corriam uma barbaridade, o jogo foi desigual, a equipe da Hemisul.Scet se desdobrava em campo mas não acompanhava a molecada. Seguraram bem o resultado, mesmo desfavorável, até o meio do segundo tempo em 2x1 mas depois a porteira se abriu e foi uma chuva de gols. Final 7x3 para o time “turbinado” da Intertechma. Mais uma vez o Hemisul.Scet não conseguiu testar realmente seu time, na primeira oportunidade foi um dilúvio que atrapalhou a equipe.

HEMISUL.SCET

INTERTECHMA

0 Comentários | Incluir Comentário | Permalink

Página 1 de 2
Última Página | Próxima Página
Jogos Gr�s
Contador de Visitas