Madame Sinestésica

"Já cansei de propostas,dar respostas e ter que dar certo"

 

 

SE TEM UMA COISA QUE EU ODEIOOOOOO NO MUNDO É SENTI MEDO.Eu odeio sentir medo.Você pode dizer que  odeia também,mas eu vou dizer que eu odeio mais ainda medo.Porque eu simplismente sinto medo e isso é complexo.

Variações de medo,medo do futuro,medo das pessoas,medo do que minha mãe diz,medo de alguns parentes,medos familiares são os melhores.Ou piores.

Tô no trabalho,e por mais que eu escreva demais,senti a necessidade de registrar no blog que estou com medo.

Cauculo futuro,o que eu vou fazer,o que as pe ssoas vão pensar o que elas estão pensando,se devo seguir os conselhos,se devo renovar conceitos,tô de saco cheio de tudo isso.

Preciso de uma fórmula e váuvula só minha.

Putz GRILA!!

 

04:18 PM - 1/8/2011 - comments {0}

Eu de mau com o mundo ¬¬

 Hoje eu estou extremamente/especialmente mal.Quer dizer,mau.

Desde a madrugada de ontem que eu tô estressada,mas nesta manhã,tudo se agravou.

O carregador não funciona,o celular não liga,chantagens emocionais, e a porra toda.Vontade de explodir o mundo.Me parece que quanto mais próxima uma pessoa é,mas ela te agoura te dejeja o mal,por querer seu bem e coisas assim.

Já perdi o controle da situação.SÓ SEI QUE ISSO AFETA O MEU CORPO E EU NEM CONSIGO RESPIRAR DIREITO.;

Minha irmã chegou tomar um susto ao chegar da escola.

Me vê sempre tão de boa.

To irritada,muito irritada.

E não há nada que faça aliviar.

Meu colega me recomendou uma caminhada.

E é o que eu vou fazer.Depois que eu fazer  todas as matérias pro site que eu trabalho vou caminhar...nem que seja madrugada.

Agora,deixa eu voltar pro meu caos mental,e viver tudo de ruim que há nisso tudo.

Arrrrg! ¬¬

12:49 PM - 13/7/2011 - comments {0}

Meu amoooooooooor''

 

 

UMA DAS MINHAS MELHORES CANÇÕES....

05:00 AM - 8/7/2011 - comments {0}

Ahora

 

 

Hoje mentalmente eu fiz um texto lindo.Pensei numa longa reflexão sem interferência alguma enquanto olhava fixamente os meninos empinando pipa e a Lola,uma cachorrinha de uns mano do gueto daqui da rua.

Bom,é madrugada e eu não sei onde ele (Dario) está agora.

Acho que com o Kenzo,espero.

Pintei as unhas de laranja mas em cada mão pintei só um dedo de outra cor,no caso,vermelho.Dei de pintar de laranja por causa do comercial do Itaú.Tudo assim,orange...fiquei com inveja de uma propaganda.

Hoje comprei uma nova escova de dentes.Levei 10 reais pra comprar uma mais ou menos,mas acabei comprando uma

nem-sei-que-escala-de-ruim por 1,75 R$ nessas lojas de vasilha de plástico e urso da china. Acontece que era roxo e laranja (minhas cores preferidas) e baratinha.Não resisti.

Outra coisa que eu também não resisti foi ao carro de sorvete que passa em "sua ruaaaaa!" . Fiz o moço trocar 50 conto,pra gastar só dois reais,e me ferrei pq quando ele abriu o porta-malas de sorvete,só tinha de cupuaçu.Cupuaçu é baum,mas quem faz tanta confusão por sorvete de cupuaçu? Na vinheta disse que tinha de maçã verde,chocolate,morango,essas coisas....tô chateada com o moço.De mal mesmo.

Ah,quando eu digo hoje,eu digo ontem.Café,aí já viu né?

Tô escutando Kate Parry agora graças a Deus.,É  que o computador travou bem na hora que tava tocando um axé.Agora cê pense,lá no meu msn,todo mundo vendo eu escutando Swingão da Bahia,é de se matar né não?

Não sei porque meu namoro é tão dissecado pelas pessoas,é tudo  tão impressionante! ¬¬ Aff!

Me deixem,meu povo! 

Ai peraê! Vou fiscalizar se minha mãe já dormiu,e pegar mais café! 

Tadinha...ela tá sofrendo tanto com a minha mudança de cidade e maisummondecoisa que nem vou escrever aqui.Mas seria mas fácil se ela acreditasse em mim,assim,em vários sentidos.

Tá,agora eu vou lá,perae!

(....)

Ihhh,ela tá acordada!

02:07 AM - 8/7/2011 - comments {0}

Pequeno texto retardado.

 A evolução do homem se fez ao longo do tempo e construindo-se pouco a pouco.

Viemos de um Big bem ou da criação divina?

Perguntas eternas.

Todavia, sabemos que a humanidade tem a necessidade de evoluir cada vez mais.

Meios de comunicação, transportes...

O não-ideal contribuindo para um mundo cada vez mais globalizado,precocee doente.

05:43 PM - 6/7/2011 - comments {0}

Causo III

#Quando o domingo começou surdo

 

Nem vi as horas quando eu acordei. Só sabia que foi no período da tarde.

Tarde esta que está indo embora agora.

Levantei, fui ao banheiro, percebi que meu pé esquerdo estava sem a meia que pus na madrugada e que meu ouvido direito estava completamente tapado. Ainda está um pouco.

No meu quarto tem uma única janela, que eu cubro com uma cortina floral, na qual eu nunca toco.

Quase nunca abro a janela.

Ás vezes acendo a luz.

Minha mãe está bem com o marido dela. Isso é raro e muito breve.

 

Imagino o que ele faz agora, numa hora dessas deve estar procurando

saber o horário de seu vôo de amanhã.

Não quero sair deste cativeiro até a turbulenta e estagnada segunda-feira chegar.

Gosto muito deste Sòu do Camelo. Faz-me Companhia, me exclui das confusões externas.

Não quero socializar.

Mas confesso que é coisa impossível quando a fome me bate a porta, e quando a tenente chama meu nome.

Falando nela, após o almoço, ao por meu prato sujo na pia, recebi indiretas que não gostei.

 Ela me prende, faz com que eu mostre que é bom o que ela me obriga.

Dá-me a impressão que eu nunca vou sair desta, e talvez eu não saia mesmo. Se eu crer que coisas se transformam, vou crer automaticamente que nada passa.

Então talvez seja conveniente crer o contrário, e crer que tudo passa, logo me dá informações sobre o meu futuro, onde hora eu fico feliz,e hora fico absolutamente triste.

Não sei  julgar a vida,não tenho noção de tempo,e desconfio do meu espaço.

Este espaço dado, doado, doído.

Sou uma casa vazia.

Uma casa complexa.

 Bonita até.

E esta casa foi feita para receber uma visita, que eu insisto em despistar, atrasar sua chegada.

E esta casa se mantém com o que já veio no pacote.

Leio mais um pouco. Conseguirei então adquirir todo o conhecimento necessário?

Conhecimento. Este que será o meu Jesus particular, a visita que fará de mim a sua morada.

Para quem estou escrevendo?

Hoje ao ligar o computador me dei conta que alguém um dia pode ver isso, e já me vi sem as respostas para o que imagino que me perguntarão.

Sonhos já nem cabem mais no meu cativeiro.

Fico somando o tempo todo, tentado agir dentro desta prisão.

Minha irmã bateu na porta, pediu um lápis, reclamou de mainha.

Enquanto eu reclamo fechando a porta, ficando muda, vivendo sozinha.

Agora, vou dar uma revisada nas matérias escolares.

Amanhã é dia de escola.O que era tortura,hoje é distração.

Na verdade,uma coisa não abortoua outra.

Tô indo agora.

Vou ter que acender a luz, não vai ter jeito.

Mas estou dando um tempo.

Minhas pernas adormeceram.

Esse texto não quer acabar.

Desculpe a estrutura, mas o fim agora é este.

 

Lorhane Leite, 22 de maio de 2011 

05:15 PM - 6/7/2011 - comments {0}

Frio e casos de outras causas

 

#Quando um dia foi leve

 

O dia foi tranqüilo, bom e calmo, mas o encerrei com

uma pequena discussão com minha mãe.

Ela me obrigou ás 01h56min da manhã, lavar a louça do jantar,

só porque não comi quando ela mandou.

Tá. Parece besteira, eu sei.

Mas eu não gostei disso. Senti-me ofendida.

Hoje vou escrever muito não.

Estou com falta de disposição extrema.

Mas no mais, foi só um sábado bom, almoçamos em família,

ouvimos música, trocamos abraços, lembranças...

Falei ao telefone com ele, que é sempre dócil e gentil.

Sai um pouco com minha irmã, tomamos uma chuva no meio do caminho,

ficamos abraçadinhas até cessar o frio e seu pé d’gua.

Neste momento recebo pequenas ligações. Que me fazem sorrir.

Ele perguntou o que eu estou fazendo agora.

Respondi. Que  estava escrevendo, e ele pediu que eu lesse alguma coisa para ele ouvir.

[...]

Então eu o  li o Causo I e ele achou lindo..

A ligação acabou.

Eram umas quatro e pouca da manhã.

Chovia muito.

E o outro dia começou assim.

 

Lorhane Leite,21 de Maio de 2011

 

 

05:09 PM - 6/7/2011 - comments {0}

Causo II

Quando tudo se misturou

 

 

Ele, ela, tudo num mesmo balaio. Não.Eu não quis dizer que são iguais,mas eu os ingeri na mesma fração de segundo,tendo um misto de sensações,onde só garrafas de café puderam me acompanhar.

Busquei minha irmã no colégio. Já fui ao centro e voltei.

Ir ao centro agora já indica que usei aquele orelhão.

Quando ele atendeu, eu já estava aos berros, nas mil palavras por minuto, mas ele derrubou meu coração, como uma criança tentando vencer uma onda forte no mar.

E  de voz baixa disse “Ló...Tô com saudade demais docê”

Como continuo a brigar? Não tenho como!

Contei então outros causos. Um pouco de tudo.

Ele me deu boas novas. Mês que vem, talvez eu me apresente com a banda.

Semana que vem o vejo novamente, talvez eu viaje também.

Daqui a pouco ajudarei minha mãe faxinar a casa.

A nossa paz se faz do silencio vindo do cansaço das ofensas, pequenos intervalos.

Estou comendo muito, minhas presas não param de trabalhar.

A  pouco instante tive uma discussão com ela.

 A  ofendi e a mantive mais distante de mim.

Sabe como é, né? A vida é assim,dando,recebemos, num ciclo ocioso.

E agora eu fico por aqui, sem perspectivas adicionais.

 Esta noite vou pra escola.

Já que não consigo concentrar na leitura, vou comer.

Mas só mais um pouquinho, ok?Volto a ativar a teoria de Diega.

Tudo isso explica,mas não justifica,o caos mental que me atormenta e me faz querer fugir.  

 

        Lorhane Leite,20 de maio de 2011

 

04:58 PM - 6/7/2011 - comments {0}

Quase outro causo

#Quando eu perdi a paz que não existia

 

 

Ela chegou. O que eu não queria.

E neste exato momento ela me fala o quanto sou péssima filha, que só a decepciono, que levo uma vida inútil, envergonhando-se de mim.

Eu tenho raiva é desse medo que eu sinto, é desses braços que tremem, só por olhar a imagem dela.

Meu coração bate mais forte.

Sinto vontade de correr. Não tenho nenhum lugar mais para ir.

Não faz vinte minutos apenas que ela retornou. Gritou meu nome, passou direto. Falou com Diega.

Tranquei-me no quarto.

Ela abriu a porta e começou falar.

Reclamou da roupa que não lavei e pôs-se a esbravejar falando todas as coisas citadas acima.

Ela me amedronta, queria vencer esta barreira. Mas não consigo: ou falo muito, ou não digo absolutamente nada.

Já chegou aos telefonemas, prometendo aos sorrisos, voltar.

Ela não me visitava, quando eu morava lá.

Ela não me telefonava a não ser para brigas ou pedir algum favor.

Não quero ser boa samaritana, preciso ter essa culpa também.

Diálogo?

Agora, nem é preciso, não é verdade?

Meus vinte anos doem demais.

Não quero mais conversa.

Hoje eu durmo só. No escuro.

Sem querer mais nada.

 

 

 

Lorhane Leite, 19 de Maio de 2011.

 

04:39 PM - 6/7/2011 - comments {0}

Causo I

 #Quando eu não tive um orelhão portátil

 

 

 

Tudo começa a partir de agora. Hoje é primeiro dia de daqui pra frente.

É eu sei que é clichê.

Então...

O dia fica vago sem ele no telefone escutando tudo o que eu faço.

Falta um pedaço sem ele dormindo do outro lado.

Falta a música do tom daquela voz.

Vesti-me de noite, enoiteci meus olhos, pedi a companhia da minha irmã até

o único orelhão ok da cidade, lá no centro,e fui ao encontro dele.

Contei da chuva, o que fiz,quanto dormi,que senti saudade,

ouvi suas histórias e agora estou aqui.

Já com a falta.

Morre-se desse amor?

É preciso dividir, mas isso já me pesa.

Tá  frio, talvez em todos os sentidos.

Diega  foi dormir, agora escuto música, minha mãe não está na cidade.

Hoje pensei no meu pai, nos filhos de meu pai, e de repente me vi dentro de um  porta-retrato numa mesinha perto da cozinha, no estado do Rio de Janeiro.

É tudo o que eu posso estar.

Talvez precisasse do meu nome em baixo, como efeito de foto. Como lembrete.

 Mas agora, todos são réus.

Preciso de algo bom pra distrair os juízes do futuro, volto a pensar no primeiro citado.

Esta noite eu durmo em paz.

Isso me tranqüiliza.

Lembro do sonho que tive esta tarde.

Minha irmã e eu dormimos todo o período vespertino.

Então perdi a hora, todas as horas.

Pausa até a cozinha. Senti fome.

O sono chegou.

Talvez seja a falta das ligações.

Cansei de sonhar, agora eu vou dormir.

Tento reavivar novamente o celular.

Eu só precisava daquele orelhão, mas perto de mim.

 

 

Lorhane Leite,18 de Maio de 2011.

 

 

 

 

 

04:15 PM - 6/7/2011 - comments {0}

 quarta-feira, 16 de março de 2011

(Contando aki pq estou com preguiça de escrever no diário,então desculpae a ausencia dos enigmas,ok?) Sonhos'

 


Essa noite eu sonhei com um lugar que em sonho eu já fui lá 3 vezes.
O engraçado,é que é muito real,conversei com uma moça,e lembro que no sonho eu me lembrei que ja havia pisado la outras vezes ,mas que na ultima vez  teria ido na rua de baixo.
Muito engraçado e estranho isso.
Não vou narrar o sonho,lógico,a preguiça é maior que eu,mas de qualquer forma muito estranho vc ir no mesmo lugar mais que uma vez nos seus sonhos e ainda conhecer mais que uma rua..praças,pessoas que eu nunca vi,conversar com elas,olhar nos olhos...
É um lugar que representa ,creio que inconscientemente o  Pelourinho,pois está sempre ligado á Tv pelourinho,uma moça negra,e eu querendo ir na Tv pelourinho,sempre assim..mas desta vez foi mas estranho.
Tá,vou narrar mais ou menos.
Primeiro sonho eu havia viajado com o Felippe Tomaz pra lá,lembro perfeitamente de nóis dois no onibus,eu observando as coisas das ruas,andando nas ruas,lembro que no sonho parei em frente a UFBA,só caminhei pelas ruas ,no outro sonho acho que eu estava com Claudio,subimos um morro,e eu fui pra casa de uma familia,sempre negra,era uma casa de azulejo e paredes brancas,não me  recordo o que conversei mas eu pedi a essa pessoa que me levasse pra conhecer  a tv pelourinho e essa pessoa me levou só que eu não cheguei a chegar lá direito,acho que no sonho eu entrei na Tv pelô e depois ja estava anoitecendo e eu estava morando de aluguel numa casa perto de uma praça,na qual andei a noite e vi Claudio rindo,e no sonho desta noite,eu tava no mesmo lugar,só que na rua de cima,conversei com  uma aluna nova olhei bem pra ela,se  ela existir mesmo,eu reconheço,ela contou de que curso era,nemm lembro,ela se arrumou todinha pra me levar láa na Tv pelourinho,mas aew acordei,todos tem as mesmas caracteristicas ,eu sempre neste lugar pedindo a aho que a mesma pessoa pra me levar  na tv pelo,ou algo do tipo,parece besteira né? 
Mas sonhando é maas lokooo.
Enfim,não sei o que quer dizer,mas acho que representa mais a vontade de estar la na Tv Itamaraju,trabalhando ,produzindo,indica o que eu quero realmente fazer,dividir meus sonhos e por aí vai,triste tempo perdido,ainda não sei bem o que fazer ou dizer mas meu sentimento é um só e é verdadeiro e que ninguém duvide disso.
Hoje conversei com Josan e Alexandre, bate uma nostalgia nervervosa viu?
Oh meu Deus,o que será do meu futuro,deveria eu,deixar sonhos morrerem? Deveria eu,deixar tudo isso passar e me assistir ir pelo  ralo?


(Poema roubado do blog da minha tia )

 
"Minha vida 
Indecisa 
Maluca 
Precisa 
Mais do q nunca 
Reconhecer um nexo 
Estabelecer um lexo 
A qualquer custo                                      
Mudar de contexto

Tudo o que se ganha nessa vida é pra perder?
Tem que acontecer?
Tem que ser assim?
                                                                   Nada permance inlaterado até o fim..." 

03:41 PM - 6/7/2011 - comments {0}

 rça-feira, 22 de março de 2011

.

 

Olha,eu não quero ofender,mas é que há sempre bem mais do que a gente não entende.
Não quis ofender,não quis machucar,nem ser grossa ou indiferente como sempre diz que sou.
Mas os motivos são meus e deles eu entendo,mas ainda assim acho que não há tanto para tanto...
Confesso que estou cansada.A respeito daquilo tudo que a gente conversou...
Mas você chora e pra mim,fica mais dificil.
Parece até que foi o fim,e você sabe que não tem haver com isso.
É só uma escolha,uma coisa que adiei.
Mas você não é sincero comigo,por algum motivo se cala diante de mim,omite ou não quer dizer o que realemente pensa.
E isso toma forma e ja se torna outro motivo,outro problema.
Pense comigo:
Você irá suportar?
Eu,apenas observo.
Amo-te.
Sem mais.


1 comentários:

AK disse...

Eu te amo minha linda além de qualquer desavença, te amo

 

03:36 PM - 6/7/2011 - comments {0}

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Tigresa ~;

 
 
 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Do passado.

 
Daqui a pouco estara dando 3 hrs da manhã,eu até tenho algum sono ,mas faço questão de não dormir.
Só pra remoer meus problemas,tudo aquilo que eu não sou capaz de mudar,melhorar,resolver.
As vezez eu sinto vontade de me estragar em qualquer erro,de desistir das grandes coisas,trazendo assim as grandes decepções,grandes derrotas,só pelo comodismo do medo,só pelo prazer de assistir remorsos,pessoas amarguradas,como sempre acontece.
Mas nesse caminho mau andado,eu é que me entristeço.
Ando tão triste,e hoje quase que peço passagem para o Rio...
As vezes eu penso que vai ser para sempre assim,e lá vem mais um ano amargo de desejos varridos pra debaixo do tapete.
E eu vou desistindo,desistindo...cada vez mais,apenas para viver em harmonia,sob um medo de não agradar,sob um medo de não ser grata,a quem não quis me deixar totalmente só um dia.
Mas ningúém nesta hora vai me ouvir.
Nossa,estou me repetindo né...Mas eu não quero ir dormir.
Lá fora,há frio e o meu canhorro sentindo esse frio.
Mas e o frio q esta em mim,fixado,encolhendo palavras?:
é preciso realmente conversar com alguém.
Abrir mão da música é algo dificil pra mim.
é como se eu estivesse vivendo paso a passo a musica que eu fiz há um tempo,no caso uma profecia....Em algum passado distante,lembrando de tudo isso aqui.,
 
 
a gente nasce todo dia,pra viver melhor"
 
De repente ela mudou comigo.Já se fechou num silêncio de quem acompanha alguém pra forca.
De repente,ela se calou como se me dissese "está errada,Lorhane".
E eu já nem tenho forças pra lutar,pra querer,entrego meus pulsos á uma faca amolada,que me talha e me mata com palavras grotescas.
Meu direito,e minhas chances,minha vontade,meu sonho,tudo se resume á uma escolha.
Aí eu percebi que o domingo uma hora chega e que neste dia,nada será tão quanto antes.
Vou me diminuir.
E eu tinha até acordado feliz,tão feliz...
E agora,ninguém crê,e sempre,quem crê?
Preciso ligar,falar qualquer coisa,mas o silêncio é maior,e agora,todos os anseios sou eu.
O que dói,é sempre o que me culpa,o que me ofende é sempre o que me ama.
E eu preciso ir,já preciso ir pra longe,bem longe daqui,das pessoas pra ver se fujo de mim.
Mas aí há tanta raiva,e tantos incômodos,acômodos,e quase nada no fim.
E hoje eu quis conversar,apenas conversar.
Porque me parece que minha vida toda será de desgostos q todos os medos que me movem sempre para trás.
Um desespero,despero que só eu sei...
Ninguém vai me ajudar,ninguém vai me entender,e morrer nem quero.
Mas "a gente nasce todo dia,pra viver melhor" 
Mas a gente tenta esqucer pra ver se faz algum sentido se esconder.
Pra ver se faz algum sentido errar tanto.
Adeus.
A noite hojé é tão fresca,não possso abortar isso,só porque estou triste.
Tô indo pro quarto agora.
Só saio de lá quando amanhecer agora. 
 

sábado, 5 de fevereiro de 2011

20 vezes nada

 
Cheguei da rua a pouco instante.São exatamente 2: 47 da manhã.Sai de casa 10 horas da manhã de ontem.É uma longa historia,mas o que importa é que hj é meu aniversário.Até o caminho de casa peguei uma chuva daquelas mas nem me sequei direito pq queria falar com o meu amor.E é estranho essa pq a gente acaba ficando dependente mesmo.Liguei o computador mas não o encontrei.Sei lá.Sozinha como sempre mas ainda assim vale a pena esperar.
O mundo la fora não me importa.
Confesso a você que estou com saudade da minha mãe e doida para voltar pra casa,já que por aqui as gravações não teem dado certo.
Eu queria mesmo estar diferente,pq é ruim sofrer por amor,mas eu estou tão triste por estar longe e podem rir se quiser,mas isso dói,principalmente num dia comoo esse.
Mas eu preciso me bastar,sair dessa de precisar tanto de alguém p me sentir melhor.Quem sabe a solidão não seja insuportável.
Mas ai ele não está online e ngn dorme numa madrugada de sabádo.
Onde ele esta o que faz eu não sei.
E prefiro nem saber,já que coloquei minha cara a tapa e apostando tudo o que eu tenho sem medo de perder (esse amor).
Mas eu estou com tanto sono e agora já tenho 20 anos ,e isso é tão meu,tão não compartilhado,sem ninguém pra entender,nem eu.
 

03:23 PM - 6/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

 

 A do horrorrr ,A de horrorrrrr ♫

 
Tem uma garota muito estranha que mora aqui em casa,desde quando retornei.Ela não me convence,dificilmente me engano com as pessoas.
Tô com muita sede,bebi muita agua mais continuo com sede e com a sensação de ressaca pós-choro,mas,eu não chorei.
No trabalho hoje foi estranho,de uma estranhesa normal..Fiquei durante um tempo na porta da loja a observar uma pessoa totalmente cega tentando se locomover.Um homem passa e  atravessa a rua,o cego continua lá.O homem depois olha novamente para o cego,e diante de tanto egoísmo eu me pergunto,oque ele se perguntou ,sera que foi algo como "mas será que ele é cego mesmo?"
Mas olha como é a vida,minha vidraça anda tão suja...e eu além de não ir ajudar o cego,fiquei a julgar o outro rapaz..

Dentro de dois dias,fui demitida e reencontradada,pela mesma patroa..Hoje fiz dois meses de namoro.Ele tá longe como sempre.As vezes,eu tenho medo disso,pois se ele não convive,não sabe como eu sou no dia dia,pode se decepcionar,posso não ser tão assim como ele pensa,mesmo agora,após dois meses e tantos laços ente nóis.
Tô morrendo de sono,mas hj eu tô tão telespectadora.
Assisti o ultimo capitulo da novela,to assistindo big brother...
Sabe,eu trabalho numa loja romantica,onde também passa mensagens,e ha dias (como hj) que toda  akela melosidade gruda na minha cabeça,perturma meu silêncio mental.
Eu desisti de participar do concurso relâmpago da prefeitura.Me dei ese luxo de desisti por um momento.
Toda vez que venho pra cá,fico incrivelmente feia. Tudo que tinha perdio,ganhei novamente e não consigo voltar ao regime.
Hj fui no Centro de cultura,lá é um templo pra mim. Tenho muita SAUDADE do Ed Aquino as vezes,todo dia quando vou pro trabalho passo por ele,tão mudo dentro de sua cova (aaa é que eu moro perto do cemitério onde ele esta).
Hj eu não vi a minha mãe ainda,me lembrei automaticamente da minha pré adolecencia,onde eu passava  semanas sem vê-la,morando na mesma casa.
Tô com vontade de viajar,acho que vou fazer isso no meu aniversario,sair,esparecer...
Desde quando voltei pra cá não sai para absolutamente lugar nenhum,e no domingo vou tentar ir visitar meu namorado,na cidade vizinha.Vizinha- tenho alergia a esse nome .Quando eu cheguei o meu vizinho estava de cueca,foi me receber na porta,apertou a minha mão e disse "e aew,vai tocar que horas? e eu disse _daki a poko_ ele: e cantar? /eu: tbn,daki a poko /ele:vem cantar aki em casa mais tarde" eu disse "não,muito obrigada,eu só faço o que eu quero".Ele é muito estranhoooo.Na verdade,akela familia inteira é estranha.QUERO DISTÂNCIA.
Ainnnn,tô cansada de escreverr.
Vou pararrr.Vou tentar falar com omeu amor nu msn que parece que tá fazendo greve.Num quer falar nada. :p
Tchaooooo,bjo p quem leu aew.
 
 

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

As vizinhas da frente invadiram a minha casa.Elas são legais,apesar de turbulentas.São três crianças,mas a que eu mais me simpatizei foi a Ruthi.Ela é meia doidinha tem 8 anos,joga capoeira e me contou o quanto que ela gosta de cortar a cabeça das bonecas,admirou meu cabelo e disse que é legal pq desliza,fofa demais,emprestei meu violão pra ela,nem sei o que será do meu charlie. 

Hoje foi um dia estressante no trabalho,acabei discutindo com umas colegas,as chamei de preconceituosas.
Como posso eo,sem nem me conhecer direito ter um pré-conceito sobre alguém?  Isso é tão ridiculo.
Pessoas simplismente não aceitam diferenças. 
Enquanto outras,nem se mostram.
Mas é emprego né?!,e por mais que todo dia no horário do meu almoço eu vomite todos os sapos engolidos,to assistindo um filme na globo,nãoconsigo me concentrar nu post,mais,feliz ano novo,eu e minha solidão! bjos hahaha  
 
 
 
 

 

 

02:59 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 terça-feira, 23 de novembro de 2010

    É osso.

 
Hoje eu pensei...amor,solidão,distância,e todos esses sentimentos que me cercam.
 morrendo de sono,e juro que quase fiz outr blog hj! 
Ele, saiu do msn há um tempo,tem trampo e tudo mais e eu aki no vício da internet.
Bom,meus olohos estão
trocando de lugar e eu acabei de lembrar que minhas coisas de escola esta nu quarto e minha prima esta dormindo la nu meu quarto comigo,ée =(Tô assistindo agora "O mais vendido- Mombojó' no youtube,jajácompartilho com vcs! Graças a deus,o ano esta terminando,e neste ano e evolui tanto...! AGRADEÇO A DEUS SEMPRE! ESPERO ESTAR CAMINHANDO PRA MELHOR,AGORA VAMO DE Mombojó,pq essa banda é boa,e esse clip melor ainda! 


 

02:56 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 sábado, 30 de outubro de 2010

Bom diaa tristeza ! (é noite eu sei,mas to ouvindo Adoniran)

 
 
 
Não sei mais eu não me sinto bem,sabe.Eu não consigo acreditar em algo bom,não sei ser melhor,não consigo evoluir.
Minha mente pesa,e pra ficar leve busco válvulas de escape.Bem que eu não queria entender.
Mas do que me adianta seu eu volto ao que eu era,pior,mais amarga e mais triste.
Toda vez que começo a sonhar,vou la e me busco,me arranco dos braços do desejo de qualquer coisa.
Sei que não existe amor e eu ja nem faço questão.Já nem consigo reclamar quando me tratam mal.É tudo tão normal.
Meu corpo esta cansado,assim,cansado mesmo,daqui a pouco vou tomar um banho pra aliviar.
Cumpro tarefa,sorriso mecanizado.
Sem alegria,mas sem a falta dela.
Eu sei que não vou ter alguem,mas não me conteto com pouco,na verdade,eu me contento com  nada.Me afasto,nem olho,nem gosto,não me apaixono.Pelo menos tento.Para que acreditar? Pra ter o que pensar antes de dormir? Como,se eu nem durmo?
Não sei,não sei.
Faço barulho,mais dentro de mim há ruas vazias,daquelas tristes num dia de domingo.É o meu olhar por fora,procurando e não se enquadra.
Preciso fluir,ir pra longe,voltar a sorrir,quem sabe volto a dormir e até tenho um sonho bom?
Nesta noite não posso ficar na varanda.
Se não petrifico por lá,na alegria dos outros.
E Minha voz fala verdade quando não diz.
 

Uhum.

 
Tá.Eu tô tentando me distrair.
Mais nada me tira vc da cabeça,nada me faz tirar esse ódio e amor que sinto.
Já pensei até em não ir mais pra essa festa,mais eu quero esfregar a realidade na minha cara pra ver se o ódio toma conta de vez e eu pare de viajar em vc.
 
Toda vez que vou ligar pra alguém,digito os números do seu celular,e se vou estudar,parece reza,leio akele texto que me escreveu.
Mais a mentira é algo muito sedutor querido,e vc menti muito bem.Eu te amo.MAIS ESSE AMOR JÁ TEM HORA MARCADA!
Daqui a 15 dias eu confirmo que vc realmente não passa de um menino inseguro que precisa enganar pra se autoafirmar.
Porque por enquanto,todos os dias eu tento te deixar só no pensamento,tentando negar em mim essa vontade tão doida de estar perto de alguém,que nem existe na verdade,bom ,pelo menos pra mim não.
fICO POR AQUI, é que eu prometi não dedicar muita coisa pra vc.
Vc não me rece minha atenção ou dedicação.
Aliás,vc não me  mererce por inteira.
Teu mundo se contenta com pouco,mais o meu está além,talvez um dia quando amar de verdade,possa entender.
Boa sorte com teu brinquedo!
 
Ps: Até nossos brinquedos podem voltar-se contra nóis,e seu castelo perfeito pode se despedaçar,sabia?!
Aguarde só pra ver.É só uma questão de tempo.Te amo seu  !
 
 

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Se não fosse minha tia,eu juro que nem postaria agora.rss Dá até dó deste blog!

 
 

sábado, 2 de outubro de 2010

Tem horas que eu penso que realmente não vou mais suportar.

 
 

02:49 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 quinta-feira, 21 de outubro de 2010

 

  Eu e o meu Dona Estranha. =)

 
 
Eu gosto de blog sabe?! Mais do que orkut.
Mas acontece sempre uma coisa engraçada de mesmo as pessoas gostando muito da vida dos outros,nunca vão á blogs,nem o de pessoas famosas.
Tá eu sei que que o orkut está ficando cada vez mais interessante,mas ,num dá tédio não?
Bom,tive essa idéia pra divulgar ,mais eu axho que se alguém visitar mesmo,vou até achar esquisito.
ahaushaushua
Mas,Oh,pra galera q fica me perguntando o que tanto eu faço que demoro pra responder no msn,esse é um dos motivos (ddc ao Nunes kkk').
Rs.
Parei.
Quem leu,passa na recepção que ganhou plesente.
Aff.
Bjos.
Inté.
 
 

Lorhane, eu prefiro o blog também. Uso o Orkut até para divulgar o blog, uso também o twitter, o MSN, o Facebook, o tempo livre... [sorrio]. Adoro blog. Visito uma média de 5 ao dia. Bem, agora eu quero lhe perguntar uma coisa: Meu presente? [sorrio]. Abraço!

http://jefhcardoso.blogspot.com 

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

02:47 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 


sábado, 25 de setembro de 2010

'Um filme do close pro fim"

 
 
Putz.Aquelas confusões passaram,mas o silêncio permaneceu.É punk. Gostaria muito de ser otimista agora,mas as ondas inconstantes do meu temperamento me deixa mal e cansa.Queria fugir.Assim sozinha.Dei uma volta no quarterão do centro,fui a duas praças,assim,igual á um cachorrinho que precisava defecar.Voltei pra casa mais tarde. Vi um 'amigo (?) . Consegui finalmente finalizar o vídeo no Movie Maker. Uma merda.Ah,eu ja havia contado né?! 
Mas por incrível que pareça,hoje eu estava tão tranquila.
Exceto na hora que Shia quase fez o cara que eu amo ter ódio letal de mim,né?Com aquele atrevimento louco todo dela,mas mesmo assim,a amo muito! Amiga de anos..  Fiquei até com medo quando ele disse que queria falar comigo ,mas era só pra dizer que me ama..rs,espero sinceramente que ele me ame amanhã também ! .hehehe Pow,hj comi um pastel,rs.Sei lá,sai do regime por um instante.
Enchi o saco de um amigo,fiz um teste de áudio (fui bem até a hora que gritei :putz fudeuu) e tipow,a gravação rolando..Finalmente finalizamos elenco,direção,produção e local do meu filme! Estou tão feliz em relação á isso! Na madrugada passada chorei muito,e na madrugada retrasada também..Ando muito chorona sabe? Sei lá,meus sentidos já não suportam tanto.Acho que tô ficando velha.Rss 
Minha tia assiste a novela.Eu não suporto tv,mais é segredo.KKKKKK
Fiz uma aposta com o porteiro lá do curso: Se eu conseguir ficar uma semana sem ligar pra o "moço" é porque eu realmente ja amadureci,me tornei mulher,e esses coisas bregas..rss eu vou tentar né?! Tô meia psicopata mesmo.
Eu não aguento mais taantas perguntas ao meu respeito.
Odeio responder a perguntas.Já me exponho tanto e eles sempre quererm mais,como diria a banda Mórficos,rss.
Falando nisso, Mórficos me lembra Morfic Fest,Morfic Fest me lembra haloween e haloween me lembra que terei que tocar,tipo avenidabesiando por aí sabe? Talvez eu nem vá na festa do meu amigo Mauu. =( 
Hoje eu ri muito de um pastor na tv,mas ele me passou uma frase legal " seu passado pode ser escuro,e seu presente pode até ter manhcas,mas o seu futuro está intacto" 
É,vivendo ,nem sempre aprendendo.
Já estou cansada.
Resolvi divulgar o blog,mas ciente de tudo,ngn gostando,ngn entrando,ngn lendo.As vezes é até melhor mesmo.
Enfim,vou parar agora pq ainda preciso de pique pra escrever em meu diário.
Lá eu não floreio pra disfarçar tristeza ou algo do tipo.
Chega.Meus dedos não param.Rs.
Tá agora é sério.
Parei.
 
 

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ИΑ мΑdЯugΑ bØlΑdØИΑ"

 
 
 
Putz,eu já não aguento mais tantos pesadelos ,já virou rotina.
É fim de semana,e eu nem dei por conta,só quando fui pra sacada e vi a praça lotada...Pow,nem fiz questão,nem percebi que não me fez diferença.
Mas estar na rua ou não,não altera fatos,não me traz afeto.
É tudo igual e como sempre.
Fiz um vídeo pra postar aqui ,mas esqueci de salvar,pc travou,reiniciei e perdi todo o trabalho.Uma merda.
Pow,mas tá de boa,nem quero dormir mais também.
O que acha d'eu divulgar este blog?
Pra que née?
Ah,sei lá.
Enfim,só.


 
 

Qual é a de Dona Estranha? "Zuleide,Zuleide,larga esses livros e vem assistir tv pra ter um pouco mais de cultura"

 


Rapaz,foi uma charge que eu fiz em 2008 ,em homenagem a minha família.Porque eu fui reparando que toda vez que eu estava lendo alguém sempre comentava algo como "a gente tem que começar a vigiar pq essa menina lê tanto,será que é putaria? ela nem assiste tv" Ou então: " só fica trancada no quarto,fica lendo e lendo ,parece que tem depressão" Vai entender ,né??! Se eu não lesse eles reclamariam.. E um Blog Chamado Dona Estranha,é como se eu estivesse entendendo que em mim,também há um pouco deles,que há coisas que eu compreendo,e outras que até me ridicularizam por eu não saber.
Dona Estranha - Tema Livre, explicando e confundindo a si mesma.Alguém leu até o final ?
 

02:41 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 sábado, 25 de setembro de 2010

'Um filme do close pro fim"

 
 
Putz.Aquelas confusões passaram,mas o silêncio permaneceu.É punk. Gostaria muito de ser otimista agora,mas as ondas inconstantes do meu temperamento me deixa mal e cansa.Queria fugir.Assim sozinha.Dei uma volta no quarterão do centro,fui a duas praças,assim,igual á um cachorrinho que precisava defecar.Voltei pra casa mais tarde. Vi um 'amigo (?) . Consegui finalmente finalizar o vídeo no Movie Maker. Uma merda.Ah,eu ja havia contado né?! 
Mas por incrível que pareça,hoje eu estava tão tranquila.
Exceto na hora que Shia quase fez o cara que eu amo ter ódio letal de mim,né?Com aquele atrevimento louco todo dela,mas mesmo assim,a amo muito! Amiga de anos..  Fiquei até com medo quando ele disse que queria falar comigo ,mas era só pra dizer que me ama..rs,espero sinceramente que ele me ame amanhã também ! .hehehe Pow,hj comi um pastel,rs.Sei lá,sai do regime por um instante.
Enchi o saco de um amigo,fiz um teste de áudio (fui bem até a hora que gritei :putz fudeuu) e tipow,a gravação rolando..Finalmente finalizamos elenco,direção,produção e local do meu filme! Estou tão feliz em relação á isso! Na madrugada passada chorei muito,e na madrugada retrasada também..Ando muito chorona sabe? Sei lá,meus sentidos já não suportam tanto.Acho que tô ficando velha.Rss 
Minha tia assiste a novela.Eu não suporto tv,mais é segredo.KKKKKK
Fiz uma aposta com o porteiro lá do curso: Se eu conseguir ficar uma semana sem ligar pra o "moço" é porque eu realmente ja amadureci,me tornei mulher,e esses coisas bregas..rss eu vou tentar né?! Tô meia psicopata mesmo.
Eu não aguento mais taantas perguntas ao meu respeito.
Odeio responder a perguntas.Já me exponho tanto e eles sempre quererm mais,como diria a banda Mórficos,rss.
Falando nisso, Mórficos me lembra Morfic Fest,Morfic Fest me lembra haloween e haloween me lembra que terei que tocar,tipo avenidabesiando por aí sabe? Talvez eu nem vá na festa do meu amigo Mauu. =( 
Hoje eu ri muito de um pastor na tv,mas ele me passou uma frase legal " seu passado pode ser escuro,e seu presente pode até ter manhcas,mas o seu futuro está intacto" 
É,vivendo ,nem sempre aprendendo.
Já estou cansada.
Resolvi divulgar o blog,mas ciente de tudo,ngn gostando,ngn entrando,ngn lendo.As vezes é até melhor mesmo.
Enfim,vou parar agora pq ainda preciso de pique pra escrever em meu diário.
Lá eu não floreio pra disfarçar tristeza ou algo do tipo.
Chega.Meus dedos não param.Rs.
Tá agora é sério.
Parei.
 

02:40 PM - 5/7/2011 - comments {0}

(Memorial Dona Estranha)

 

http://blog.clickgratis.com.br/lorhaneleite/

 
Este Blog me acampanhou até mês passado,é  o Madame sinstésica.Apesar de ser um dos blogs que eu mais gostei,não consigo mais postar nele.Tinha relações muito diretas com algumas pessoas,e que agora estão estagnadas,e o blog foi nessa também.Tá.Eu não quero mais sair abrindo blogs pra não sustentá-los no final.Por isso o  DØпǺ €کTЯǺпЋǺ vai ser menos pessoal.Capitou Capitu? Na proxima postagem esplico o porque de "DØпǺ €کTЯǺпЋǺ " ,e etc..Enfim,postagem seguinte: saudações iniciais! Aê!
 

02:33 PM - 5/7/2011 - comments {0}

Última Página Próxima Página
Perfil


«  November 2017  »
MonTueWedThuFriSatSun
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930 

Home
Perfil
Arquivos
Amigos

Últimos Posts
- "Já cansei de propostas,dar respostas e ter que dar certo"
- Eu de mau com o mundo ¬¬
- Meu amoooooooooor''
- Ahora
- Pequeno texto retardado.

Amigos