TELEVISÃO COMPUTADOR TELEFONE

Home - Perfil - Arquivos - Amigos

você fala, ajoelho e beijos tuas palavras

Postado em 22/3/2014 em 04:29 PM

 

 

Creme de veneno de cobra

sobre o macarrão de palavras,

não de letrinhas...

apenas repetindo

um termo que ouvi num comercial de televisão

"creme de veneno de cobra"

para arranjar um mote,

um motivo para puxar um navio,

um assunto, uma onda,

uma bolha de literatura,

uma piscadela para Clarice Lispector

sentado no trono do rei Arthur,

do principe saci,

da odalisca centopéia

 

( você fala, ajoelho e beijos tuas palavras)

 

Armado de caneta,

lápis, pincel, teclado alfa numérico...

vou traçando esse algo

que você possivelmente chamará de poema,

de Jack Kerouac caminhante,

de grilo pousado na lua de março,

caótico escrito de merda,

de ouro, areia e sangue, de cuspe,

de vento perdido, de obra genial,

de discurso torpe,

de pétalas de rosa e flores de morango

 

         ( edu planchêz )


« Última Página :: Próxima Página »