TELEVISÃO COMPUTADOR TELEFONE

Home - Perfil - Arquivos - Amigos

Nas lâminas da montanha intocada

Postado em 31/3/2014 em 02:33 AM


 

Casas abandonadas de um povo instinto,

fincadas nas lâminas da montanha intocada,

abrigam meu espírito e o espírito de minha mãe,

os olhos de todos os que choram,

os olhos dos que avançam por dentro dos rios,

dos que como eu,

empunham a clava da felicidade,

a diamante espada do nunca fim

 

Mãe, hoje estou orgulhoso,

orgulhoso de ti,

da delicadeza quem em mim deixaste,

das artes que espalho pelos olhos peles ouvidos

 

Hoje estive nos meandros de Porto Alegre,

sem precisar mover um único artelho,

cruzei as linhas dos mares

e encontei Artaud

se deliciando com os gazes da bebida azul,

estive no absinto e o absinto está em mim

 

                ( edu planchêz )



« Última Página :: Próxima Página »