TELEVISÃO COMPUTADOR TELEFONE

Home - Perfil - Arquivos - Amigos

Amigo, não vou falar teu nome

Postado em 8/7/2014 em 03:50 AM



 

 

Caras minhas, caras tuas,
os que partiram estão nas alturas
da mágna sensibilidade
da gota do orvalho,
nos dedos da brisa mãe
Para que lado caminhar após tua partida?

Os meus dias de menino...
continuam dias de menino,
pássaros que carregam pedrinhas
em seus bicos

No dia de ontem,
estávamos na vida da fogueira lindos e jovens,
o vinho era da cor de nossas vozes,
navios repletos de flores,
o céu, nossos olhos,
o reino das ervas
nos cantos de Déo Lopes e Dercio Marques

Nem noite nem dia,
a arte do barro,
as mãos, os cabelos,
os cães, os gatos,
a pimenta,
o pão recheado de poemas
catados ao nada por nossas idades,
a fome de cobrir o infinito
com nossos corpos de estrelas
Amigo, não vou falar teu nome
porque você agora possue todos os nomes
e nenhum nome

( edu planchêz )

 


« Última Página :: Próxima Página »